Oba! É tempo de Jabuticaba!

Geléia de Jabuticaba

Geléia de Jabuticaba Este post já estava pronto há uns dias, esperando quando poderia abrir a geléia e devorá-la com um pedaço de pão para tirar a foto. Hoje, não resisti!!! Até porque daqui a pouco não daria para escrever mais esta matéria, né?! Pausa no regime…. nhac! Que cor, que sabor!!!

Quando chega Outubro, já vou ao mercado mais ansiosa, pois é quando começa a época de Jabuticaba. Mas o que eu gosto mesmo é quanto vou para BH ou para fazenda, pois lá posso colher e comer jabuticaba fresquinha. Huuuummmm…. Que delícia! Depois de comer um punhado (e coloque punhado nisso!) de jabuticaba do pé, ajudo minha mãe a colher o que sobrou para preparar alguns quitutes: geléia, compota, licor… assim, este momento mágico pode durar mais um pouquinho durante o ano.

Que tal, selecionar umas jabuticabas e preparar uma geléia super especial para utilizar em lanches ou até mesmo acompanhar uma bela carne de porco?

Receita de Geléia de Jabuticaba

– 2 litros de Jabuticaba

– 1 litro de água

 – cerca de 250g de açúcar (no modo de preparo vc verá como saber a quantidade certa)

– caldo de 1 limão

Modo de preparo:

Lavar as jabuticabas. Colocá-las no tacho, arrebentá-las com a ajuda de um socador. Acrescentar a água e deixar ferver em fogo baixo por cerca de 20 minutos ou até tomar a cor de “vinho intenso”. Desligar o fogo. Coar o caldo, pressionando levemente as jabuticabas para extrair todo o suco. Medir o suco extraído (em copo, xícara ou medidor de líquidos). Volte o suco para a panela e acrescente 1/4 da medida do caldo de açúcar (se vc mediu 1 litro de caldo, utiizará 250ml de açúcar). Levar ao fogo baixo e deixar cozinhar por cerca de 40 minutos ou quando estiver gelatinoso (teste com uma colher, mergulhando-a na geléia e deixar pingar. Se a gota custar a cair, está na hora). Acrescentar o suco de limão, misturar e desligar. Colocar em potes de vidro, previamente fervidos em água e secos.

Fase light… mas com sabor! Gnocchi de ricota e espinafre

Gnocci de Ricota com Espinafre - Receita

Gnocci de Ricota com Espinafre - ReceitaPassei uma semana no Rio. Essa cidade é maravilhosa mesmo! Como é bom ter aqueles dias ensolarados, brisa do mar… é impossível não se animar a dar uma passeada no calçadão, a comer uma comidinha mais saudável…

E para completar tudo isso, minha sogra resolveu me dar de presente uma semaninha de spa urbano, com direito a malhação, massagens e comidinhas maravilhosas planejadas pela Pique o espinafre bem miudinho. Pegue a ricota, de uma espremida com a mão para sair um pouco de soro e misture ao espinafre. Acrescente noz moscada, sal e pimenta do reino (eu pus bastante noz moscada). Molde bolas (como almôndegas) de cerca de 2 – 2,5cm de diâmetro e coloque em forma untada com um pouco de óleo. Com o dedo faça um buraco (um vale na verdade) no centro de cada bolinha, coloque um pedacinho de tomate em cada gnocci, salpique pistache e o queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido em 180 graus. Deixe assar por uns 15 minutos ou até o queijo dar uma leve dourada.

Servir imediatamente. Para cada prato, colocamos ao fundo um pouquinho do molho, por cima cerca de 7 – 8 bolinhas de gnocchi.

Maravilhoso!

Mais para a garotada!

Uma querida amiga me recomendou este site e eu não poderia deixar passar esta excelente oportunidade para escrever aqui uma notinha para o Dia das Crianças.

Vejam que coisa mais deliciosa. Os blogueiros criaram uma categoria especial para a molecada que cozinha e ainda por cima desenha a sua prórpia receita! Não é uma delícia??? E você pode conferir que não são grandes obras de arte para os olhos dos mais puristas, mas são lindos desenhos onde o teu filho deixa a criatividade fluir. E o mais bacana de tudo isso é ter a oportunidade de ver o trabalho de teu pequeno exposto, depois! Imagine a felicidade dessa criaturinha?!?!

Que tal por as mãos a obra hoje e deixar o seu registro lá no Kids Draw and Cook??

Mas seja bem sincero, hein?? Se o desenho for teu, ele entra na categoria They Draw and Cook, ainda que pareça ter sido feito por uma criança de 5 anos!!!

Mac and cheese do Pedrinho. A receita completa (!) está aqui.

Dia das crianças com atitude de gente grande!

Eu sempre comemorei o dia das crianças em restaurantes fast food, parques, cinema. Mas desde que fiquei grávida imaginava comemorar esta data com um grande feast ajudada pelo meu pequeno. Bem, nem sempre foi assim… Muito bebê, meu filho nem sabia do que se tratava esta data. Para ele era uma comida como outra qualquer aqui em casa.

Mas este ano resolvi fazer diferente. Com muito entusiasmo contei a ele sobre a data festiva e que deveriamos preparar o menu que ele quisesse  com muita guloseima e mãos a obra. E qual foi minha surpresa! Ele escolheu entrada, prato principal, sobremesa e guloseima. Então resolvi postar aqui o que uma criança que sabe das coisas (!) gosta de comer no dia das crianças. E o melhor é que todas as receitas são super fáceis de fazer e a garotada pode ajudar! Só lembre-se que a parte de cortar, cozinhar e assar deve ser feita por um adulto e nunca deixe sua cria sem supervisão numa cozinha!

Canudinhos de salmão defumado (serve 4)

100gr de salmão defumado em finas fatias

cream cheese

pepino

abacate

salsinha ou ciboulette para decorar

Descasque o pepino e retire as sementes. Corte-os em cuadrinhos. Faça o mesmo com o abacate. A partir daqui seu filhote pode colocar a mão na massa! Mescle o cream cheese com o pepino e o abacate. Unte o salmão com a pasta de cream cheese. Enrole e amarre com a ciboulette ou polvihe com salsinha picadinha. Eu ainda fiz umas firulas com o bico de confeitar! Afinal, estamos celebrando!

Maccaroni and cheese (serve 4)

*Perdão, mas este mac and cheese é simplesmente delicioso e super gourmet! Não há adulto que resista!

50gr de manteiga

50gr de farinha de trigo

300ml de leite

1/2 cebola

1 folha de louro

60gr de queijo gruyere ralado

40gr de queijo parmesão ralado

140gr de queijo mascarpone

sal, pimenta e noz moscada a gosto

400gr de maccaroni

Coloque o leite para ferver com a cebola e a folha de louro. Numa panela de fundo grosso prepare um roux; derreta manteiga e adicione a farinha cozinhando por alguns minutos a fogo baixo, até que tenha uma consistencia de areia de praia molhada.

Adicione o leite fervido descartando a cebola e o louro. Cozinhe por 5 a 6 minutos mexendo sempre até que tenha um creme liso e sem grumos. Você acaba de preparar um molho bechamel! Adicione os queijos gruyere e parmesão até que derretam. Salpimente e adicione noz moscada ao seu gosto. Misture o queijo mascarpone. Reserve.

Cozinhe a pasta em abundante água salgada que esteja fervendo. Eu uso a esta proporção. Quando estiver al dente escorra e sirva com o molho de queijos. Hmmmmmm!

Barcos de gelatina de camomila e frutas (faz 16 barquinhos)*

4 laranjas grandes

300ml de chá de camomila frio

400ml de suco de fruta (eu usei de melancia)

6 folhas de gelatina sem sabor

1 colher de chá de suco de limão siciliano

Açucar a gosto – eu não usei

16 palitos de churrasquinho

4 folhas de papel de arroz

Corte as laranjas pela metade. Retire toda a polpa e a membrana branca. Reserve. Ou deixe que seu pequeno se delicie, como aconteceu aqui!

Hidrate a gelatina em um pouco de agua fria por uns 5 minutos. Aqueça 100ml do chá de camomila, mas não deixe ferver. Esprema o excesso de água das folhas de gelatina e misture no chá quente. Dissolva completamente a gelatina e adicione o restante do chá frio, o suco de fruts e o suco de limão. DICA: não adicione a gelatina dissolvida ao líquido pois a tornará fibrosa!

Divida a mistura de gelatina nas metades de laranja. Deixe na geladeira durante toda a noite. No dia seguinte quando estejam firmes, corte as meias laranjas em quartos. Para facilitar aqueça uma faca em água quente.

Corte o papel de arroz em triangulos e passe o palito por eles. Espete nos “barquinhos” fazendo uma vela. Eu não tinha papel de arroz e usei papel sulfite. Só não deixe os pequenos comerem!!!

* Foto: http://www.stockfood.com/

Cookies de 3 chocolates  – Afinal é dia das crianças! (40 cookies)

125g manteiga pomada
1 xícara de açucar mascavo 220gr
1/4 xícara de chocolate em pó, peneirado
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 ovo
1 1/4 xícara de farinha de trigo

1 1/2 xícara de gotas de chocolate semi amargo e branco

Aqueça o forno a 170 graus. Em uma tigela  grande misture a manteiga, o açucar, o chocolate em pó, fermento, bicarbonato e o extrato de baunilha. Bata a massa até que obtenha uma massa homogenea e lisa. Adicione o ovo e bata até mesclar.

Adicione a farinha e as gotas de chocolate e continue batendo  até que se misture. Não bata demais. A massa terá uma aperencia de grumos. Assim é para ser!

Com uma colher de sorvete retire porções de massa e coloque em uma assadeira untada com manteiga ou forrada com papel manteiga.

Deixe espaços entre suas bolas de cookies pois eles se expandirão ao assar.

Asse no forno pré-aquecido por 12 a 15 minutos. Ao retirar os cookies do forno você sentirá que ainda estão suaves. Assim que devem ser!

Deixe na assadeira por 5 minutos e depois transfira-os para uma gradinha para esfriarem completamente (se você conseguir esperar! ).

Não coma quente. Dá dor de barriga! Hahaha!! Isto dizia a minha avó!

Agora algumas dicas para os seus pequenos comerem como o meu:

– Não escondam nem disfarcem os alimentos. Ao contrário. A comida fica muito mais interessante se a criança souber o que está comendo. Não só as vitaminas e nutrientes contidas num ingrediente são importantes, mas também a consciência do paladar.

– Prepare um prato atraente. Comemos primeiro com os olhos.

– Dê o exemplo. Muitas vezes a criança não come pois não vê os pais comerem determinado alimento ou rejeitam pelo mesmo motivo.

– Leve o seu pimpolho para o mercado com você e deixe que ele escolha as frutas e verduras. Depois em casa lave, descasque, brinque com os alimentos junto com seu filho.

– Se o seu pequeno já passou desta fase e já não quer saber de comer berinjela, por exemplo, prepare-a e coma na sua frente. E deixe a disposição para que ele tenha o interesse em experimentar.

Alguns livros e sites que adoro!

http://www.annabelkarmel.com

http://www.bbc.co.uk/cbeebies/bigcooklittlecook/makes/cookbook/

http://kitchenforkids.com/welcome/about.htm

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=753295&sid=92161312412109815022250374&k5=11BFF272&uid=

E a garotada se divertiu muito fazendo e COMENDO os cookies!!!

Um dia mais leve – Receita Salada Morna de Quinoa, Camarão e Lula

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarão e Lula

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarão e Lula

Depois dos abusos gastronômicos do fim de semana, eu – e mais 90% da população feminina – tento começar a semana com umas comidinhas mais leves… nem sempre consigo, mas sigo tentando e experimentando. E se levar em conta meus quilos a mais, acho que sigo experimentando mais que tentando… ; )

Uma destas receitas, que particularmente adoro, é a Salada Morna de Quinoa com Camarões e Lula. Vale a pena experimentar!

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarões e Lula

– 250g de Quinoa

-2 xic. de água (ou conforme indicação do produtor)

– 200g de camarão sem casca

– 200g de lula em anéis

– 10 vagens francesas cozidas “al dente” no vapor

– suco de 2 limões

– 1 cebola picada em cubinhos

– 1/2 xic. coentro e cebolinha picado miudinhas

– 1 dente de alho

– 1/2 pimenta dedo de moça sem semente

– 1 col. de sopa de molho de ostra

– 1 col. chá de óleo de gergelim

– sal e pimenta do reino à gosto

– 1 colher de óleo de girassol

Modo de preparo:

Limpar os camarões: fazer corte na parte superior e retirar o fio preto. Limpar as lulas (mesmo que vc já as compre em anéis, retire os pedacinhos de de cartilagem que fica). Em um pilão, socar o sal, alho, pimentas, e metade do coentro e cebolinha. Em seguida, acrescentar o suco de 1 limão. Jogar esta mistura no camarão e lula. Reservar.

Colocar a água para ferver. Quando levantar fervura, adicionar a quinoa, cozinhar como arroz até o grão ficar macio. Reservar.

Em uma frigideira, colocar o óleo de girassol. Quando estiver quente, acrescentar, a cebola. Em seguida, adicione o camarão e logo depois a lula. Esperar esbranquiçar e adicionar a quinoa e a vagem picada com cerca de 3 cm. Desligar e passar para uma vasilha, onde está misturado o molho de ostra, óleo de gergelim, o resto do coentro e da cebolinha e limão. Servir ainda quente.

Dica: Vale servir com uma salada de agrião.

Bom apetite!

Gnocchi della Fortuna

Ontem foi dia 29 e diz a crença que se deve comer gnocchi nesta data para aumentar a sua “fortuna”.

E eu adoraria estar em São Paulo para comer o gnocchi do Zena Caffe, na minha modesta opinião, o melhor que já comi em minha vida feito por alguém que não fosse eu! E olha que as mãos do Chef Carlos Bertolazzi são sagradas para esta tarefa. Apesar que agora devem estar ocupadas entre fraldas, chupetas e mamadeiras com a chegada do pequeno Bertolazzi! Parabéns, papai!

E se você ainda não foi ao Zena, vá. Com toda a certeza sairá de lá satisfeito. Eu estou lejos e a vontade não poderia esperar a minha próxima excursão a terra da garoa.

Então, fui convocada pelo amigo Luis (fui recriminada por chamar meus amigos de “fulano” nos meus posts. Eu só queria preservar a identidade!) e reunimos uma turma para dar uma forcinha a mais a nossa fortuna.

Preparei tudo ao estilo do Zena. Gnocchi e 3 molhos para a escolha do freguês: ragu de vitela, pesto e um espetacular e quase impossível de acreditar tomate aglio i olio.

Antes mesmo de comer as minhas 7 almofadinhas de massa de batatas que se derreteriam na minha boca, olhei ao meu redor e vi a casa cheia de amigos felizes desfrutando de um momento muito espacial. Nem precisei colocar nenhuma nota de dólar, de real ou de pesos mexicanos debaixo do meu prato. A minha fortuna já estava ganha!

Mas confesso que não foi fácil preparar 6 kilos de gnocchi. Principalmente porque este gnocchi é pura batata! A farinha que ponho é só para dar liga, quase nada! E depois as bolinhas de gnocchi, que parecem umas esponjinhas, derretem na boca! Ai! Menos de 24 horas e  já estou com vontade de comer de novo! Falta muito pro próximo dia 29??

Gnocchi de Batata

A receita eu retirei idêntica do site do Bertolazzi. Eu calculei 2 batatas grandes por pessoa.

“Preparar bons gnocchi não é brincadeira, mas é preciso queimar a mão pra valer. Um dos maiores segredos para fazer gnocchi leves e principalmente com gosto de batata é utilizar a batata logo após seu cozimento. Para isso cozinhamos ela com casca e descascamos tão logo estejam prontas. Passamos imediatamente por um espremedor ou passa-verduras e misturamos com a farinha.

A quantidade de farinha a ser utilizada pode variar um pouco mas uma boa regra é separar a massa de batata em quatro partes, retirar uma e preencher com a mesma quantidade de farinha, conforme ilustrado abaixo.

Retorne a batata que foi retirada e misture a massa acrescentando um pouco de sal, pimenta e noz moscada.

Após enrolar e cortar os gnocchi cozinhe-os em bastante água fervendo até que subam à superfície e sirva com o molho de sua preferência.”

Segredinho: caso você tenha que cozinhar muuuuuita batata como eu fiz, não se desespere! Cozinhe toda a sua batata e passe pelo espremedor. Eu ainda passei por uma peneira pois DETESTO grumos no gnocchi. E fui fazendo os gnocchi aos poucos. Vá esquentando o purê no microondas conforme você for utilizando. Assim sua batata estará sempre quente e absorverá menos farinha!