Rabanadas Natalinas

Eu estou dizendo que meu Natal está todo confuso este ano… O que será?? Ainda ando atrasada, mas hoje resolvi me adiantar um pouco e ir além da noite de Natal. Já preparei o café da manhã do dia 25 de Dezembro!

Me lembro que quando era pequena passei alguns natais na casa de meus tios em Caraguatatuba e uma das melhores coisas que me lembro de comer por lá eram as rabanadas cheias de açucar e canela. E esta delícia era devorada a noite antes de irmos dormir!!!

E não sei porque me deu uma vontade louca de comê-las quentinhas do jeito que faziamos na casa da Tia Ivone. Ah… Era tão bom! Na verdade era uma chácara e me lembrava muito o Sitio do Pica-Pau Amarelo!!! Subíamos em árvores, atravessavamos riachos, desviavámos de cobras e sapos e a noite um leitinho e fatias de rabanada!

Mas fiquei imaginando que o sabor destas rabanadas vinham acompanhando deste momento da minha infância. Não adiantaria que nunca eu conseguirei reproduzi-lo. Melhor assim… Fica na memória e nunca perderá seu lugar.

Por isso, as rabanadas que fiz aqui foram incrementadas com um louco desejo de comer doce e com um toque mais natalino. Além de serem fáceis, podem ser feitas juntamente com sua ceia e somente assadas na manhã seguinte!

Rabanadas natalinas (serve 6)

6 fatias de pão francês amanhecido, duro de 3cm (eu usei brioche porque tinha na minha despensa)

160 gr de açucar

75 gr manteiga sem sal, mais para untar

120 ml creme de leite fresco

5 ovos inteiros

1 lata de creme de leite sem soro

1 colher de chá de baunilha

2 colheres de chá de Grand Manier ou qualquer outro licor que te agrade

1/2 colher de chá de sal

50 gr de nozes pecan picadas

Cerejas frescas para servir

Primeiro prepare um caramelo. Esta receita é maravilhosa e básica para todas as preparações de molho de caramelo. E pode ser guardada na geladeira por até 2 semanas.

Em uma panela de fundo grosso derreta o açucar em fogo moderado mexendo sempre com um batidor de arame ou uma colher de pau. Quando começar a borbulhar pare de mexer e assim que todos os cristais de açucar  estiverem derretido acrescente a manteiga e bata vigorosamente. Assim que a manteiga derreter e se incorporar ao açucar retire a panela do fogo, conte até 3 e coloque o creme de leite fresco batendo novamente com o batedor de arame até que obtenha uma mistura homogênea. Reserve.

Unte uma travessa que possa ir ao forno com manteiga  e coloque metade do caramelo. Coloque sobre o caramelo as fatias de pão em uma camada única. Não sobreponha. Coloque as nozes por cima. Numa tigela bata os ovos, o creme de leite, a baunilha o licor e o sal. Regue as fatias de pão com esta mistura e reserve na geladeira, coberto com plástico, por, no mínimo 8 horas (o melhor é fazer na noite anterior).

Na manhã seguinte pré aqueça o forno a 180 graus. Retire seu refratário do refrigerador e deixe atingir temperatura ambiente enauqnto seu forno esquenta. Retire o plástico e asse por 35 a 40 minutos, ou até que estejam douradas.

Sirva quente com cerejas e o restante de molho de caramelo.

Com certeza você verá estrelas e até mesmo o Papai Noel enquanto come esta delícia!

O Natal já está na esquina… E eu ainda estou de pijamas!

Afff. Sexta-feira já é noite de Natal. E este ano estou super atrasada. Tanto que não postei nada, ou quase nada, além do tronco, aqui no blog.

Sempre fui muito organizada e a esta altura já tinha feito minhas compras de Natal, decidido o menu, encomendado flores, ingredientes e tudo mais para fazer da festa natalina um grande sucesso. E este ano, confesso que ainda estou na dúvida do único presente que tenho que comprar, do menu, da decoração… O que será que aconteceu? Muito trabalho? Sim, tive muito trabalho, mas nos anos passados eu trabalhava muito mais e tudo era mais fácil. Acho que estou ficando folgada! Ou mais prática e diminuindo minhas prioridades. Mas no final das contas… fica essa bagunça!

Mas para não dizer que não preparei nada para o Natal este ano, alguns cupcakes e pirulitos já foram entregues e algumas assessorias de menus já foram dadas. Nossa, me sinto inútil! hahaha – ou seria hohohoho?!

Enfim, este textinho aqui é mais um desabafo para não guardar comigo essa culpa de estar sentada teclando enquanto deveria estar as voltas com minha ceia, presentes, decoração, etc. Mas acho que vou ao cinema e na volta juro que me preocupo com isso!

P.S. Para as “receitas” dos pirulitos de rena veja aqui. E os cupcakes adaptei da receita da Letícia. Mas fácil, só comprando pronto!!

Home alone!

O espírito do Natal chegou aqui em casa somente hoje.

Andei um pouco ocupada com eventos e festas e massagens!!!

E hoje, sozinha em casa, resolvi montar a arvore de Natal, colocar os enfeites e preparar um Tronco de natal (ou o tradicional Bûche de Noël).

Uma querida amiga peruana é super festeira e celebra todos os dias festivos do calendário. Hoje nos convidou para fazer uma Posada em sua casa. Cada família deveria providenciar algo para comer e brinuqedos para colocar na piñata. Eu logo me lembrei do Tronco de Natal até porque é super fácil de preparar e a receita já foi colocada aqui pela Leticia. Eu usei a mesma receita e só alterei a forma de decorar.

Tronco de Natal.

Receita de Rocambole Facil de Tia Bete

Cobertura de ganache

225 gr de chocolate semi amargo para cobertura

180 ml de creme de leite fresco (double cream)

20 gr de manteiga sem sal

Aqueça o creme de leite e a manteiga en uma panela. Coloque o chocolate picado en uma tigela e assim que o creme levante fervura jogue sobre o chocolate. Deixe descansar por 3 minutos e depois misture vigorasamente até que o chocolate derreta.

Para montar o Tronco de Natal

Antes de enrolar o rocambole cortar uma das extremidades do rocambole no sentido do comprimento no tamenho de 7 cm e depois cortar na metade para fazer os galhos do tronco. Enrole todos as partes do rocambole. cortar os galhos na diagonal para poder encaixa-lo bem no tronco principal.

Colocar o ganache em um saco de confeiteiro e ir cobrindo o tronco. Este processo facilita pois o pão de ló é muito suave e se usar uma espátula poderá quebrá-lo. Deixe descansar por 10 minutos. Com um garfo faça umas riscas no ganache para parecer um tronco.

Decore com cerejas e folhas de menta. Se quiser tamb´m pode polvilhar açucar de confeiteiro para pareceer neve!

E se tiver coragem coma esta delícia! Ou pode deixá-lo decorando a sua mesa!