Camarão na abóbora para celebrar a vida!

Camarão na Abóbora

Camarão na AbóboraOs últimos dias foram difíceis, de surpresas desagradáveis, mas de aprendizado enorme (momento pollyana). O que tirei de mais importante dos acontecimentos deste período foi realmente temos que aproveitar a nossa existência ao máximo e não deixar que as horas, dias, semanas se percam na loucura do dia-a-dia. Quero sempre me questionar, tipo pesquisa de revista: o que eu fiz nas últimas 24 horas valeu a pena? Foi inesquecível? Se na maior parte dos dias a resposta for sim, ótimo! Se não, “bora” rever isso aí!

Pós avalanche, veio a alegria! Hoje, celebramos os 80 anos de vida do meu pai. Uma data como esta não podia deixar passar em branco. E para comemorar e paparicá-lo muito, em primeiro lugar, importei a família pra cá. Com todos reunidos, restava pensar no menu (casa de ferreiro, espeto de pau – tudo sendo feito na correria…). Resposta do meu pai foi imediata: camarão na abóbora e bolo de côco.

Correria para preparar tudo, divisão de tarefas feita… mãos à obra! Ufa! Deu tempo para curtir todo mundo…

Para surpresa de todos, não fui eu que fiz a sobremesa. Minha sobrinha se ofereceu para fazer o bolo, segundo ela, o mais fácil do mundo – depois posto a receita aqui! E para mim, sobrou o camarão na abóbora… hummmm… ficou bom demais!

Divido aqui a receita e o desejo que tenhamos ainda muitos mais aniversários para comemorar a vida e reunir a família e amigos! Cheers!

Receita de Camarão na Abóbora (serve 10 pessoas)

– 1 abóbora de mesa (aquelas tipo haloween) inteira

– 1,5 kg de camarão graúdo sem casca

– 8 camarões graúdos com casca para enfeitar

– suco de 2 limões

– 6 tomates pomodoro

– 1 cebola grande picada

– 2 dentes de alho

– 1 xícara de molho de tomate

– 200 ml de leite de côco

– 200g de catupiry ou requeijão cremoso

– cheiro verde a gosto

– azeite de dendê a gosto

– sal e pimenta a gosto

– 3 colheres de sopa de farinha de trigo

-óleo de canola suficente para untar a abóbora

 

Modo de Preparo:

1- Cortar a tampa da abóbora (fica mais bonita se cortar em zigue-zague). Retirar toda a semente, deixando a sua cavidade limpa mas com sua polpa.

2- Passar óleo em toda sua casca, inclusive na tampa. Levar ao forno já pré-aquecido a 225 graus até a moranga ficar ao dente (teste colocando um garfo em sua polpa. Se afundar, ams ainda tiver um pouco de resistência é o ponto). Reserve.

3- Limpe o camarão sem casca, fazendo um corte leve na sua curva exterior e interior e retirando os fios pretos (intestino). Colocar o suco 1 limão e sal para temperar. Reservar.

4- Temperar o camarão com casca da mesmo forma. Reservar.

5- Picar a cebola e alho em cubinhos miudinhos. Reservar

6- Retirar a semente do tomate e bater com um pouco de água. Reservá-la junto com o molho de tomate. Cortar o restante dos tomates em cubinhos miúdos. Reservar.

7- Em uma panela grande, colocar o azeite de dendê, refogar a cebola. Quando estiver transparente, acrescentar o alho. Em seguida, o tomate. Após cerca de 3 minutos, acrescentar o sal, a pimenta e a farinha de trigo e mexer. Acrescentar o molho de tomate, deixar levantar fervura, mexendo sempre. Acrescentar o leite de côco.

8- Por último, acrescentar o camarão sem casca e misturar rapidamente. Testar e ajustar o tempero. Se estiver com muito caldo, acrescentar mais farinha de trigo torrada. Desligar a panela com o camarão, ainda parcialmente cozido. Acrescentar o cheiro verde, reservando um pouco para enfeitar na hora de servir. Colocar a mistura na abóbora, acrescentar o requeijão e legar ao forno já quente até começar a fazer borbulhas.

9- Enquanto isso, em uma frigideira com um pouco de azeite de dendê, refogar o camarão com casca até ficar rosa.

10- Na hora de servir, salpicar o cheiro verde e enfeitar com o camarão com casca.

Bom apetite!

 

Folia de reis!!! Prometo ser a última das próximas semanas….

Galette des Rois 2, Torta de reis, Bolo de Reis

FELIZ ANO NOVO!!!!! Espero que tenham tido celebrações maravilhosas, cercada de amigos, boa conversa, boa bebida e, é claro, comidinnhas sensacionais! Vocês fizeram a lentilha da Patrícia? Eu fiz. Sucesso total!

Bem, sei que é a primeira promessa que não cumpro (desta vez bati o recorde – 6 dias foi o que durou…), mas foi por uma ótima causa. Hoje, dia de Reis, acabo de receber a visita especial de 2 amigos que amo e de sua filha amada. Fala que não merecem uma super recepção?

Por isso, resolvi fazer um bolo de reis. Mas a primeira dúvida surgiu: faço a versão luso-brasileira ou a versão francesa. As duas deliciosas, mas completamente diferentes. Na verdade um bolo e o outro uma torta.

Resolvi fugir um pouco das frutas secas e partir para a versão francesa: Galette des Rois.

A brincadeira nas duas é bem parecida. Basta esconder uma fava ou qualquer outro item que possa ser descoberto (sem nenhum acidente, please) no meio da torta. E quem comer o pedaço premiado será o rei do dia.

Só que, siceramente, esta torta vale a pena ser feita em qualquer dia do ano! E é super fácil!

 

Gallette des Rois (Torta de Reis)
Print
Ingredients
  1. - 3 discos de 25 cm de massa folhada (como estava na correria, usei massa pronta)
  2. - 200g de manteiga
  3. - 200g de açúcar
  4. - 200g de farinha de amêndoas
  5. - 4 ovos
Instructions
  1. Em uma batedeira, bater a manteiga até ficar em forma de pasta. Com a batedeira ligada, acrescentar aos poucos o açúcar, farinha e ovos. Levar à geladeira enquanto corta os discos de massa.
  2. Em uma forma de 25 cm, untada, colocar a primeira massa, a metade do recheio, com cuidado para não espalhá-lo até a borda (deixar 1 cm). Seguir com novo disco de massa, mais recheio e último disco. Fechar as bordas como um pastel (grudando-as com um pouco de água com maizena ou manteiga ou mesmo água) e fazer pequenhas ranhuras com o lado sem corte de uma faca sobre o disco, para enfeitar. Use a criatividade: flores, estrela, arabescos. Mas cuidado para não furar!
  3. Levar ao forno pré-aquecido à 180 graus por cerca de 35 minutos ou até dourar.
  4. Deixar esfriar e se acabar nesta folia de Reis!
Notes
  1. PS: Faça uma coroa e coloque sobre a torta para a brincadeira ser completa. O Rei tem que usá-la é claro... A minha ficou bem feia e por isso não deu o ar da graça aqui.
  2. PS2: Nem preciso dizer que fiz a simpatia da romã...
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/