Um jantar das Mil e Uma Noites (marroquinas)!

spices marrakesh

Rever fotos antigas é uma atividade que eu simplesmente adoro. Me traz à lembrança coisas já deixadas num cantinho da memória, mas que nunca foram esquecidas!

Eu sou muito displicente com minhas fotos, confesso. Raramente faço download das fotos, nem ao menos deleto as fotos ruins… Não tenho uma câmera fotográfica, nem nunca tive, além das Kodak comuns no mercado. Sempre foi um sonho. Mas pensar em carregar aquele instrumento por todos os lados? Não é comigo… Além do que viajo muito leve, muitas vezes com uma mochila tamanho bebê onde cabe uma garrafinha d’água e o celular. E é este que sempre me socorre nestas horas. Com a tecnologia atual confesso que meu celular captura fotos muito melhores que minha antiga câmera…

Tudo isso para dizer que passei horas na frente do computador revendo fotos de viagens, fotos do meu bebê, quando ele ainda era bebê(!), e, claro, fotos de comida. As minhas memórias gastronômicas!

Numa dessas me deparei com a nossa viagem a Marrakesh. Um lugar exuberante, exótico e que desperta muito nossa imaginação e criatividade. Revi as coloridas fotos dos souks, do mercado de comidas na praça central Jama’a El Fna, e de um prato que já estava naquele cantinho da minha memória.

Num restaurante lindo, um antigo Riad , localiza-se o restaurante onde comi pela primeira vez o Tajine de Frango com Limão em conserva. Um prato de sabor marcante, cheio de especiarias e aromas do Marrocos. Uma delícia que qualquer um pode reproduzir e transformar um jantar comum nas Mil e Uma Noites!

 

Tajine de Frango com especiarias e Limão em Conserva

0-1

4 sobrecoxas de frango

1/4 de colher de chá de canela em pó

1/4 de colher de chá de gengibre em pó

1/4 de colher de chá de cúrcuma

1/4 de colher de chá de pimenta do reino

1 cebola média ralada

2 dentes de alho ralados

azeite de oliva, o quanto baste

600 ml de caldo de frango

1 limão em conserva*

1/4 de xícara de azeitonas verdes sem caroço

sal a gosto

1 colher de sopa de salsinha picada

1 colher de sopa de coentro picado

1/4 de xícara de amêndoas laminadas

* o limão em conversa não é um item fácil de se encontrar nos mercados comuns. Alguns empórios especializados e no Mercado Central de São Paulo já encontrei. Mas é muito mais fácil prepará-lo! Só precisará de tempo para ele marinar.
6 limões sicilianos bem lavados
1/4 de xícara de sal grosso

lemon preserve

Cortar as pontas do limão e depois cortá-lo em 4 no sentido do comprimento sem cortar até a base, deixando os quartos unidos.
Colocar sal nos limões e colocá-los em um vidro esterelizado. Aperte bem para que caibam todos e para que os limões soltem seu sumo. Caso não haja sumo suficiente para cobrir os limões esprema mais alguns. O vidro deve estar cheio até a borda para que quase não haja ar. Feche bem e guarde em local protegido do calor e da luz por 2 semanas. Quando abrir o pote de vidro deverá liberar um aroma ácido e cítrico. Guardar na geladeira por vários meses.

Temperar as sobrecoxas de frango com a canela, gengibre, cúrcuma, pimenta do reino, cebola e alho e deixar marinar. Quanto mais tempo ficar na marinada melhor (12 horas é o ideal), mas se você estiver com pressa 15 minutos darão.

Em uma panela tajine ou uma panela de fundo grasso coloque um fio de azeite e deixe esquentar a fogo alto. Colocar as sobrecoxas e tampar a panela. Deixar fritar por 5 minutos e virar os pedaços de frango. O ideal é que o frango fique bem dourado até mesmo um pouquinho queimado.

Coloque o caldo de frango e deixe levantar fervura. Assim que ferver, tampe a panela abaixe o fogo e cozinhe por 30 minutos. Após esse tempo coloque os limões em conserva. Os limões deverão ser lavados para retirar o excesso de sal e o bagaço descartado, utilizando somente a casca que estará bem macia. Deixe a panela destampada, e cozinhe por mais 15 minutos. Se necessário adicione mais caldo para não queimar. 0

Acrescente as azeitonas verdes, desligue o fogo e tampe a panela por 5 minutos. Prove o sal levando em conta que as azeitonas são salgadas.

Ao servir polvilhe a salsinha, o coentro e as amêndoas laminadas.

Este prato é tipicamente servido sobre couscous (semolina), mas também pode ser servido com arroz branco.

 

souk marrakesh spices marrakesh mkt marrakesh goat marrakesh

 

Vida que começa a voltar ao normal e receita de pão de calabresa

pão de linguiça calabresa

Depois de mais de 2 meses sem sair da cama, começo a poder fazer pequenas caminhadas e estripulias. Consigo ficar sentada por mais tempo e por isso voltar a escrever. : D… Finalmente! Ainda não posso cozinhar, por isso conto com a ajuda de pessoas muito queridas que estão fazendo minhas vontades… grávida já dá trabalho normalmente, se ela está de cama, então…

Antes de falar sobre a receita, gostaria de agradecer por todo carinho que venho recebendo de vocês. Cada mensagem, cada visita, cada guloseima recebida, preencche meu dia de alegria e carinho. OBRIGADA!

Voltando ao que interessa, esta receita de hoje faz o maior sucesso aqui em casa. É um pão de linguiça calabresa. Sua base é uma massa de brioche, portanto bem amanteigada e macia… indescritível! Você pode fazer este pão com outros recheios da sua preferência, como, queijo e presunto, espinafre com requeijão, ou até puro… é bom demais.

Receita de pão de linguiça calabresa (base: brioche) pão de linguiça calabresa

Ingredientes:

– 90ml de leite

– 30 g de fermento fresco de pão

– 500g de farinha

– 60g de açúcar

– 10g de sal

– 4 ovos grandes e 1 gema para pincelar

– 100g de manteiga em temperatura ambiente.

Recheio (sugestão):

– 4 lingüiças calabresas grandes fatiadas fininhas

– 1 cebola fatiada fininha

– Cheiro verde a gosto

– Orégano a gosto

– 20 a 25 pimentas biquinho.

 

Modo de fazer:

1- Amornar o leite (temperatura do corpo), dissolver o fermento.

2- Acrescentar farinha, ovos, açúcar e sal. Misturar até incorporar tudo.

3- Em seguida, amassar por cerca de 5 minutos. Durante este processo, acrescentar a manteiga aos poucos.

4- Cobrir com papel filme e deixar crescer por cerca de 1h.

Durante este período, prepare o recheio:

5-  Refoguar a calabresa e a cebola fatiadas bem fininhas (a minha da foto não está tão fininha. Quanto mais fina, melhor…) Retirar o excesso de óleo e, com a panela já desligada, acrescentar o cheiro verde, orégano e pimenta biquinho. Deixar esfriar para colocar no pão…

Voltando ao pão:

6- Depois de 1h, amassar por mais 1 minuto e abrir a massa em uma superficie enfarinhada (dica: com a mão untada de óleo ou enfarinhada / dica 2: você pode esticar a massa com as prórias mãos). Ela deve ficar bem fininha, pois crescerá depois.

7- Espalhar o recheio sobre a massa. Enrolar como rocambole e colocar em forma untada e enfarinhada (eu gosto da forma com furo no meio – pudim grande, mas pode escolher a que achar melhor).

8- Deixe crescer em ambiente sem corrente de ar (pode por papel filma para ajudar) por mais 30 a 40 minutos ou até dobrar de volume. Pincelar uma gema sobre o pão e assar em forno préaquecido a 200 graus por cerca de 40 min.

Experimente… É bom demais!