Arroz doce, arroz de leite ou mesmo arroz de festa?

Arroz Doce Brulée

Arroz Doce BruléeEu sempre amei esta época de festas juninas. Adorava ir às festas das paróquias de BH, dos condomínios, dos clubes. Gosto do clima, da animação da turma e principalmente das comidas!!!! Aqui no blog já postamos algumas receitas tradicionais desta época. A de hoje porém nem acho que é só de festa junina. Na verdade, há muito tempo planejava escrever sobre este doce tão tradicional e comum na nossa vida… Vc pode esta com aquela cara: arroz-doce????? Não dava para arrumar coisa melhor????

Mas acho o arroz doce uma sobremesa que aquece a alma, claro que se bem feito. Quase nunca fazia em casa. Mas nas minhas últimas viagens, sem mais nem menos, trombava com o que? Arroz doce! Com isso, fui descobrindo que o arroz doce faz parte da cultura e paixão mundial. E aí, não resisti, neste período de “molho”, tive que pedir para fazerem para mim. O pior é que arrumei uma concorrente de peso, que devorou tudo!

Antes da receita, algumas curiosidades: você encontra arroz doce praticamente no mundo todo. Esta receita é de origem turca. Lá, em alguns restaurantes, você encontra o arroz doce como uma das opções de sobremesa. Foi em um deles que comi a versão que mais gostei, brulée e com sorvete e xerém de pistache.

Na Grécia, também é comum encontrá-lo, mas servido como opção de café da manhã. Na Itália, é uma opção mais caseira, para o dia a dia, como aqui no Brasil.

Enfim, pode-se chamar, arroz doce, arroz de leite, risoto doce, como preferir… o importante é que é bom demais da conta!

Receita de Arroz Doce:

– 200g de arroz (1 xícara)

– 500ml de água

– 1,25 l de leite integral

– 4 gemas

– 10 colheres (sopa) de açúcar (160g)

– casca de 1/2 laranja bahia

– 1 canela em pau

– 2 cravos

– 2 cardamomos

Modo de Preparo:

Em uma panela ferever o leite com a casca de laranja. Reservar. Em outra colocar o arroz, a água e as especiarias para ferver. Quando levantar fervura, adicionar o leite (dica da vovó: colocar um pires emborcado – virado para baixo – dentro da panela para o leite não entornar). Deixar ferver até o arroz ficar macio.

À parte, enquanto cozinha o arroz, bater à mão, as gemas com o açúcar até esbranquiçar. Adicionar uma concha do caldo do arroz à gemada e virar esta mistura ao arroz já cozido (este processo é importante para evitar grumos). Deixar ferver novamente. Desligar e colocar em vasilhas individuais ou em uma única de sua preferência.

Variações:

– Você pode servir o arroz doce brulée. Para isso, salpique açúcar sobre o pote e doure com ajuda de um maçarico. Fica moderninho e delicioso.

– Para uma versão mais mineira, acrescente uma colher de doce de leite por cima.

– Outra opção é como eu comi na Turquia, sirva quente com uma bola de sorvete de pistache por cima e salpique pistaches quebrados… Divino!

Apaixone-se!

 

Waffle com chocolate quente, enquanto penso…

Waffle

WaffleÉ impossível passar indiferente a estas duas últimas semanas no Brasil. Para mim, que ando impossibilitada de fazer muita coisa, está sendo uma ótima oportunidade. Pois não tenho feito outra coisa além de estudar, pensar, planejar e começar a agir.

Com um tema relevante assim em voga, estou como pinto no lixo… agora o fundamental é partirmos para ação real. Cada um fazendo sua parte, mudando sua comunidade, seu ambiente, respeitando o outro e o bem público. Votando diferente. Cobrando. A gente é o nosso próprio herói. Não espere dos outros o que você não faz por você, pelo seu ambiente. Ok, aqui não é o fórum, mas não consegui deixar de registrar que estou otimista e farei a minha parte.

Em homenagem a todo este clima e para acompanhar dias tão intensos, não melhor que um delicioso waffle e uma boa xícara de chocolate quente mais que especial.

Receitas de Waffle

Uma das minhas pesquisas durante este período vem sendo de receitas saudáveis para fazer com as crianças. Esta é uma delas. Aqui em casa, quando chega fim de semana, se a gente não vai para cozinha fazer waffle, é dia de protesto!

Vou deixar aqui 2 receitas de waffle, uma mais tradicional e outra (a que fiz neste dia e minha preferida) com algumas farinhas diferentes. O modo de preparo é igual.

waffle modo de fazer waffle modo de fazer waffle modo de fazer

 

 

 

 

 

Ingredientes de Waffle Tradicional

– 2 ovos

– 2 xíc de farinha de trigo

– 2 xic de leite

– 2 col (sopa) de amido de milho

– 2 col (café) rasa de fermento em pó

– 1 col (sopa) óleo

– 1 col (sopa) açúcar mascavo

– 1 pitada de sal

– manteiga para untar

 

Ingredientes de Waffle Especial

– 2 ovos

– 1/2 xíc de farinha de trigo

– 1/2 xíc de aveia em flocos

– 1 xíc de farinha de côco

– 2 xic de leite

– 2 col (sopa) de amido de milho

– 2 col (café) rasa de fermento em pó

– 1 col (sopa) óleo

– 1 col (sopa) açúcar mascavo

– 1 pitada de sal

– manteiga para untar

 

Modo de Preparo

Misturar todos os ingredientes (pode ser à mão ou no liquidificador). A sua textura deve ser de um mingau mole. Você pode verificar a textura correta ao pegar uma concha, do seu lado contrário, mergulhar na massa e passar o dedo. Se a linha se mantiver, está no ponto. Coloque a massa no aparelho de waffle (ou frigideira) pré-aquecido e untado para dourar.

Sirva imediatamente com os acompanhamentos da sua preferência: mel, geléias, frutas, iogurtes, requeijão etc. Eu servi com iogurte, mel e morangos frescos.

Para finalizar, a receita do chocolate quente especial que acompanhou esta orgia gastronômica…

Receita de Chocolate Quente Especial

– 500ml de leite

– 50ml de creme de leite fresco

– 30g de chocolate em pó (3 col de sopa)

– 5g de amido de milho (1/2 col de sopa)

– 50g de chocolate amargo (em raspas)

– 1/2 col (chá) de bicarbonato em pó

– 1 canela em rama

– noz moscada à gosto

– opcional: açúcar mascavo a gosto

 

Modo de Preparo:

– Dissolver o amido de milho e chocolate em pó em um pouco de leite. Reservar. Colocar o leite para ferver com o creme de leite, especiarias (canela, noz moscada). Quando levantar fervura, acrescentar a mistura de amido de milho. Por último, retirar a canela e acrescentar o chocolate amargo e bicarbonato. Servir imediatamente.

Variações: você pode retirar o creme de leite e o chocolate amargo para fazer um chocolate mais leve. Mas vale a pena estas calorias a mais. Eu não adoço, mas se preferir adoçar, utilize o açúcar mascavo que completa o sabor!

Bon apetit e um Brasil melhor para todos nós. Faça a sua parte!

Começando a semana com sopa de batata baroa: ou seria melhor dizer…

Sopa Cremosa de Batata Baroa

Sopa Cremosa de Batata BaroaBatata Salsa, Baroa, Mandioquinha, Cenoura Amarela… qual outro nome este delicioso e multifacetado tubérculo tem aqui no Brasil?

Difícil achar quem não goste dele com qualquer destes nomes e em suas mais variadas preparações. Aqui em casa todo mundo é fã do seu sabor levemente adocicado e textura suave.

Por isso, para curtir este frio, no melhor estilo comida que nos faz bem, nada melhor que fazer uma sopa cremosa de… – minha parceira paulista que me perdoe mas vou chamar de batata baroa, pode ser?

Receita de Sopa Cremosa de Barata Baroa

– 1 kg de batata baroa

– 1l de água

– 500ml de caldo de frango (eu faço o caldo em casa com os ossos do peito de frango)

– algumas folhas de salsão (10 unidades, pode ter um talinho tb)

– 3 dentes de alho

– sal e pimenta do reino a gosto

– fio de azeite

– Para finalização: um pouco de creme de leite fresco ou requeijão e cebolinha picadinha

Modo de Preparo:

Descascar e cozinhar as batatas em panela com água. Na panela onde será feita a sopa, refoque o alho picado com um fio de azeite. Assim que estiverem levemente dourados, acrescente as batatas (não jogue a água fora, reserve) para refogar um pouco. Acrescente o caldo e quando levantar fervura, desligar. Transferir o conteúdo da panela para o liquidificador e bater até ficar um creme homogêneo.

Aquecer novamente a panela, colocar um fio de azeite e retornar com o creme e rofogá-lo. Se o creme estiver muito grosso, acrescente um pouco da água que cozinhou a batata baroa. Coloque as folhas de salsão e deixe cozinhar um pouco. Ajuste o tempero com sal e pimenta do reino. Retire as folhas de salsão.

Na hora de serví-la bem quente, coloque-a nos pratos e finalize com uma colher de creme de leite fresco (ou requeijão – ambos funcionam bem) e um pouco de cebolinha finamente picadas.

Aqueça-se! Bon apetit!

 

 

Bolo de Maçã para ganhar um sorriso!

0-2Dizer que minha vida é uma montanha russa seria redundante aqui. Acho que em dos 50 posts que escrevi 49 falam disso!

Estou numa loucura sem fim, prestes a realizar mais um projeto. Dentro de 1 mês devo inaugurar uma loja de produtos gourmet, o Romã Armazém Gourmet. Comidas deliciosas, práticas e prontas para levar, preparadas por mim e minha sócia Manoela e mais um monte de coisinhas bacanas para qualquer apetite voraz. Por isso o sumiço… Ser empreendedor no Brasil, atualmente, é uma questão de amor, garra e vencer obstáculos! Ninguém vira empreendedor para ganhar dinheiro. É por puro amor, mesmo! Mais para frente conto mais detalhes!

E claro que isso tudo gerou muitas crises de insônia e estresse. Ontem acordei no meio da noite para vasculhar o livro de receitas da minha mãe, que agora é meu, para procurar uma receita de biscoitinhos que ela me pediu. Foi aí que dei de cara com uma receita de bolo de maçã que me lembrou a infância!… Ô memória boa! Senti até aquele cheirinho de açucar e canela perfumando a casa!

Lendo a receita com cuidado percebi o quanto ela é simples e rápida. Aqueles bolos de mãe, sabe? Prá ganhar um sorriso no meio da tarde e sentar com uma xícara de chá jogando conversa fora!

 

Bolo de maçã

3 maçãs gala grandes com casca sem sementes cortadas em 8 (eu adoro este utensílio!!!!!!) apple_slicer_01

1 xícara de açucar demerara

1 xícara de óleo de girassol

1 xícara de amendoas inteiras

3 ovos grandes, de preferência orgânicos

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher de sopa de fermento em pó

1 pitada de sal

Açucar e canela para polvilhar

 

Aqueça o forno a 180 graus e unte com manteiga e farinha uma forma para bolos de buraco no meio.

No liquidificador bata as maçãs, o açucar, o óleo e as amêndoas até virar um purê grosso (eu, particularmente gosto de textura no bolo; então deixei os pedaços de maçã e amêndoas com cerca de 0,5 cm). 0-1

Acrescente os ovos e continue batendo por mais 1 minuto.

Em uma tigela grande peneire a farinha, o fermento e o sal. Misture o creme de maçãs com a farinha e coloque na forma.

Leve ao forno para assar por 40 minutos até dourar.

Deixe esfriar sobre uma gradinha. Desenforme ainda morno e polvilhe o açucar e a canela.

 

Você pode acrescentar uvas passas, cravo e canela moídos na massa, usar açucar mascavo… Crie. O céu é o limite! Só não se esqueça de anotar no teu caderno de receitas a tua versão!

0