Mais um casamento saudável, torta com salada!

Faz muito tempo que provei este casamento perfeito,  foi no restaurante Gula Gula no Rio Janeiro e se tornou parte do cardápio de casa.  Este prato tem carboidratos, proteína ( recheio da torta é frango) e vitaminas, uma refeição completa. A torta é de liquidificador, simples a beça de fazer, mas o pulo do gato são os ingredientes! A salada é de folhas com lascas de manga – deliciosas nesta época do ano!

Comida saudável é variar o máximo de macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras) e micronutrientes ( vitaminas e minerais), então como a gente conhece uma infinidade de receitas com farinha de trigo, que tal usar outras farinhas/flocos na hora prepará-las? As possibilidades são quase infinitas: amido de milho, fécula de batata, fécula de mandioca, farinha de milho, fubá, flocos de aveia, de quinoa de amaranto e vai longe! O que acontece é que o trigo contém glúten e ele ajuda a deixar a massa uniforme, não esfarelar! Pra começar, você pode trocar parte da farinha de trigo por outras farinhas, o resultado é surpreendente. Pra começar a mudança, esta receita tem além do trigo integral, outras farinhas, mas se quiser, pode incluir outras que tiver no armário da cozinha, arrisque-se!

Receita da Torta de Frango,  Acelga e Alho-poró.

Para Massa

1 xícara de farinha de trigo integral

1/2 xícara de fécula de batata

1/2 xícara de fubá

1/2 xícara de óleo de milho

1,5 xícaras de caldo frango ( feito no cozimento do peito do frango do recheio)

3 ovos caipiras ( se usar ovos de granjas grandes, pode usar apenas 2)

1 colher de sobremesa de fermento em pó

1 colher de chá de sal

1 colher de chá pimenta da Jamaica (pode trocar por outra de sua preferência)

Para o recheio

10 ou 15 folhas de acelga picadas

1 alho-poró fatiado ( a parte branquinha, as folhas verde use no caldo do frango)

1 peito de frango ( de preferência caipira ou criado no milho)

2 e 1/2 xícaras de água

sal a gosto

1 colher de chá de curry

 

Modo de fazer

Cozinhe o peito de frango com a água, sal e a parte verde escuro do alho-poró .  Frango cozido, desfie e reserve o caldo para a massa. Em uma panela, refogue o alho-poró com um fiozinho de azeite de oliva. Acrescente a acelga, o frango desfiado, tempere com sal e curry. Cozinhe apenas para “murchar” a acelga, misture bemSAM_0355 e reserve.

Bata no liquidificador todos os ingredientes da massa. Em uma assadeira untada, despeje metade da massa coloque o recheio e cubra com o restante da massa. Leve ao forno pré-aquecido 180º por 40 minutos (depende do seu forno).

Sirva com folhas  de alface americana e rúcula, lascas de manga. Tempere com azeite de oliva, aceto balsâmico e sal. Hummm, já me deu fome a essa hora !

 

Bolo de laranja com mel para adoçar o fim de semana!

Bolo de Laranja e mel 2

Bolo de Laranja e MelEstou aqui na expectativa da chegada da minha filhota. Hoje começaram algumas contrações. Vamos ver se é agora ou se é alarme falso… Darei notícias em breve.

Para adoçar este fim de semana que promete, divido com vocês uma receita que adorei. Ainda mais porque sou apaixonada pela forma que usei para fazer o bolo. Nesta forma, não dá para ser diferente, o bolo tem que ser de mel ou ter mel…

Testei algumas receitas, mas esta foi a que ficou mais legal na forma. O bolo é simples, mas o sabor o sabor é especial.

Receita de Bolo de Laranja, Farinha de Amêndoas e Mel:

– 2 laranjas bahia, sendo 1 com casca (sem semente) e outra sem casca (e obviamente sem semente)

– 3/4 de xícara de óleo de canola

– 3 ovos

– 1 xícara de açúcar

– 1/2 xícara de mel

– 1 pitada de sal

– 1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

– 1 e 1/2 xícaras de farinha de amêndoas

– 1 colher de sopa de fermento em pó

Para a calda:

– 1 xícara de mel

– 3 colher (sopa) de suco de laranja

– 1 colher (sopa) de suco de limão

– 1 pau casino online de canela

– 2 cravos

 

Bolo de Laranja e mel 2Modo de Preparo:

1- Pré-aquecer o forno  a 180 graus.

2- No liquidificador, bater todos os ingredientes, exceto farinhas e fermento, até formar um creme homogêneo.

3- Peneirar farinhas e fermento em um bowl e reservar.

4- Despejar a parte líquida sobre as farinhas e agregá-las cuidadosamente. Despejar em forma untada e enfarinhada e levar para assar por cerca de 30 minutos ou até ficar dourado e o palito sair limpo no teste do palito.

5- Deixar esfriar para desenformar.

6- Enquanto isso, fazer a calda: levar todos os ingredientes ao fogo médio até reduzir pela metade. Regar o bolo já desenformado com esta calda.

 

Bom apetite!

Bolo de aniversário para quem fez a nossa vida mais florida!

bolo flores de m&m

bolo flores de m&mDepois de um post super saudável, chego eu com minhas receitinhas rock ‘n roll para animar o fim de semana!  Val, segunda preciso de uma dica detox! ; )

Nesta semana, foi aniversário da minha filhota. Como estou na reta final da gravidez, esperando a chegada de mais uma integrante da família a qualquer momento, combinamos que comemoraríamos mais para frente. Porém, não dava para passar totalmente em branco. Então, acertamos que levaríamos um bolo à escolha dela para escola.

Qual foi sua decisão? Este delicioso vasinho de flores de M&Ms (impossível de resistir, né?…)

Como postei a foto em uma rede social, várias pessoas entraram em contato comigo pedindo dicas de como fazer, o que é realmente bem simples.

O legal deste bolo é que as crianças podem ajudar em sua montagem.

Confiram aqui!

Receita (ou melhor dicas) do Bolo de Flores de M&Ms:

O Bolo:

Você pode fazer o bolo de sua preferência e assar em uma forma redonda de 25cm de diâmetro. O importante é ser alto o suficiente para recheá-lo. Fiz um bolo de chocolate à base de iogurte, cuja receita você encontra aqui.

O Recheio:

Fiz um recheio de brigadeiro branco com côco – escolha da garotinha.:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de manteiga (30g)

– 2 gemas

– 50ml de leite de côco

– 1 xícara de côco ralado

Modo de preparo: levar tudo, exceto o côco, ao fogo baixo, misturando sempre até soltar do fundo da panela. Acrescentar o côco e misturar.

Antes de rechear o bolo, gosto de umidecê-lo com um pouco de calda ou com guaraná, no caso de bolo infantil. Mas neste utilizei leite de côco apenas para ficar menos doce.

Dica: Depois de recheá-lo, recomendo congelá-lo por cerca de 4 horas o bolo para ficar mais fácil modelá-lo com a cobertura. Quando for fazer a cobertura, retirá-lo do congelador um pouco antes. Assim, ficará perfeito para aplicar a cobertura de brigadeiro (se for fazer ganache, não precisa congelar…)

A Cobertura:

Para a cobertura, recomendaria uma ganache de chocolate. Pois é melhor para dar forma ao bolo. Além de ser menos doce que brigadeiro. Mas como a petit chef era quem mandava, tive que cobrir com brigadeiro de chocolate:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de chocolate em pó

– 2 colheres de sopa de manteiga

 Modo de preparo: Levar todos os ingredientes ao fogo baixo, misturando sempre soltar do fundo e, em seguida, cobrir o bolo com o brigadeiro ainda quente.

A Decoração – esta parte que as crianças amam!:

– 1 pacote grande de M&M (ou vários pequenininhos – pode-se usar outras marcas similares, mas as cores do M&M são as mais bonitas)

– palitos de biscoito com cobertura de chocolate (podem ser substituídos por Bis, KitKat, Tubettes de chocolate etc)

Modo de preparo: separar os m&ms por cores. No centro do bolo, colocar como o miolo de uma das flores, um m&m amarelo. Em volta dele, coloque 6 m&ms de outra cor. A partir do meio, alternar as cores das flores até chegar na borda. Em seguida, colocar os palitos de chocolate em volta do bolo, um bem ao lado do outro.

E, se quiser, para finalizar amarre uma fita de cetim em volta do bolo.

Boa festa!

Arroz e feijão é o mais brasileiro dos pratos e um dos mais saudáveis também! Que tal revisitá-lo?

Arroz com Feijão Releitura

“Hoje tenho o prazer de apresentar a mais nova coluna do nosso Blog: Vida Saudável. Nela, uma grande amiga e parceira profissional de longas datas escreverá receitas e dicas para termos uma alimentação deliciosa e extremamente saudável. O seu desafio será mostrar-nos que comida saudável é saborosa e que podemos incluí-la no nosso dia-a-dia, sem perder o prazer! Arroz com Feijão Releitura

Seja bem-vinda, Valéria Rubio. Como é bom trabalhar com pessoas amigas e do bem! – Letícia Villela”

Todo mundo tem sua preferência na hora de comer este duo maravilhoso, não só em termos de sabor, mas nutricionalmente falando. Uns gostam do feijão com caldo, outros sem, com arroz queimadinho, com farofa, com banana, com laranja, enfim de muitos jeitos. Pena que o brasileiro está abandonando este prato e o trocando pelos industrializados! Para inaugurar a minha participação no blog destas meninas fantásticas, vou dividir uma receita muito saudável que revisita este clássico, fazendo uma homenagem ao arroz com feijão .

Vocês conhecem o feijão azuki? É rico em proteínas, fósforo, cálcio, ferro, potássio, zinco, fibras solúveis e vitaminas do complexo B. Tem uma característica interessante, pois fermenta menos do que os demais tipos de feijão. Além de auxiliar na formação dos ossos, ele é indicado para quem sofre de problemas renais, hipertensão e diabetes. Além disso, o seu sabor é suave perfeito para variar o cardápio.

Substituindo o arroz convencional, o  branco, faço um mix de grãos ( arroz integral, centeio em grão, trigo em grão, aveia, arroz vermelho, quinua) que a quantidade de fibras, vitaminas e minerais não dá pra comparar no caso do arroz branco. Acompanhando couve picadinha refogada e ovo poché. Que tal? Boa ideia, né?

Vamos as receitas:

Receita de Feijão Azuki com Mix Multigrãos, Couve e Ovo Poché

Para o Feijão Azuki:

– 1 xícara de feijão,

– 2,5 xícaras de água,

– 2 dentes de alho,

– 1 folha de louro e sal.

Este feijão cozinha mais rapidamente, este o único cuidado. Pra finalizar, regue o feijão com um fiozinho de azeite de oliva extravirgem hummmm!

Modo de fazer:

Cada um tem uma receita pra fazer feijão, esta é a minha : deixar o feijão de molho por algumas horas. Eliminar a água e cozinhá-lo com temperado com alho, folhas de louro e sal.  Em panela de pressão, 5 minutos depois da pressão, desligar e deixar a pressão naturalmente. Na panela comum, mínimo de 20 minutos. Quanto mais cozinha, mais o caldo engrossa!

Para os grãos:

O mix você pode comprar pronto ou montá-lo, comprando os grãos a granel e misturando a gosto.

– 1 xícara de grãos

– 1/2 de cebola picada

– sal a gosto

Modo de fazer:

Cozinhe os grãos como macarrão, porque cada grão tem um tempo de cozimento, se você esperar secar a água ou um grão poderá ficar duro demais e outro papa. Em uma panela ferva  4 ou 5 vezes a quantidade de água, acrescente meia cebola picada e sal. Quando a água borbulhar, acrescente os grãos, cozinhe em fogo baixo até que estejam macios. Você pode usar a água da fervura para fazer um caldo.

Para couve:

– um maço de couve,

– 2 dentes de alho,

– meia colher de chá de pimenta jalapeño e sal.

Modo de fazer:

Cortar a couve em fatias finas. Ferver duas xícaras de água, em um recipiente coloque a couve e regue a água quente sobre ela. Deixe por alguns minutos e descarte a água. Temperar com pimenta e sal. Em uma panela refogue 2 dentes de alho em azeite de oliva extravirgem ( um pouco mais que uma colher de chá), acrescentar o couve misturar bem e refogar por 2 ou 3 minutos.

Para o Ovo poché:

Pra quem não tem o acessório culinário, ensinarei uma solução caseira. Cubra um prato fundo com uma quantidade de filme plástico que deixe uma pequena parte para fora. Unte com azeite de oliva extravirgem. Quebre o ovo no centro do prato e com as pontas do plástico, faça uma trouxinha. Em uma panela ferva uma quantidade de água tal para cobrir a trouxinha, adicione sal, quando estiver borbulhando, mergulhe a trouxinha por 4 minutos (melhor usar um cronômetro) e fique mexendo o tempo todo, por 2 motivos: 1 pra não doer/queimar a mão e pra que a água aqueça o ovo todo! Dá trabalho, mas fica tão gostoso e bonito que vale a pena!

Pronto, uma receita antiga com cara de nova, nutritiva que dá pra manter a forma! Espero que gostem, tenho muitas receitas mais pra compartilhar!