Gostosuras e travessuras: Palha Italiana com Cereja e a Festa de uma Princesa

Bombom de Palha Italiana com Cereja

Festa princesa - detalhe decoraçãolembrancinhas da princesamesa docesA minha tão esperada pequena chegou no início deste mês, depois de 40 (quase 41) semanas de espera e paciência. Em meio a toda a alegria desta chegada, tive também que cumprir uma promessa feita à minha outra filha: organizar uma festinha de aniversário atrasado para ela poder trazer os coleguinhas de escola aqui em casa. Detalhe importante: tinha que ser uma festa de princesa, ter bolo de castelo e a festa aconteceu menos de 20 dias depois do nascimento da minha segunda filhota. Aaaaaaahhhhhhh! Mais um viva ao parto natural!!!

Não posso negar, esta foi uma promessa muito prazerosa. Afinal, voltei a colocar a mão na massa e organizei tudo com muito carinho. Cuidei da decoração e dos docinhos. O resto contratei na maior correria… Uma amiga nos presenteou com o bolo (tks god!) e popcakes! mesa de doces e minha ajudantemaçãzinhas da branca de nevebrigadeiros com raspas de chocolate belgaOutros amigos vieram ajudar a enrolar docinhos, arrumar decoração etc… Minha mãe, a aniversariante e meu marido também botaram a mão na massa e o mutirão valeu a pena!

O sol nos presenteou com sua presença ilustre, apesar de todas as previsões de tempo indicarem um dia frio e chuvoso. Enfim, tudo perfeito para celebrar a vida e os amigos!

Como a aniversariante ama cereja, em sua homenagem resolvi postar a receita deste docinho que sempre faz o maior sucesso! Confira abaixo:

Bombom de Palha Italiana com CerejaReceita de Bombom de Palha Italiana com Cereja:

– 1 lata de leite condensado

– 1 colher de sopa de manteiga

– 1 gema

– 175g de biscoito maizena

– 150g de cereja em calda (sem a calda) picada

– açúcar refinado para confeitar as bolinhas e papel celofane para embrulhar.

Modo de preparo:

1- Fazer o brigadeiro branco, em uma panela de fundo grosso levada ao fogo baixo com o leite condensado, a manteiga e a gema. Misturar até desprender do fundo, fazendo o ponto de enrolar. Deixar esfriar.

2- Acrescentar o biscoito quebrado em pedaços pequenos e a cereja. Misturar bem na massa do brigadeiro. Reservar.

3- Com as mãos untadas, fazer bolinhas, passar no açúcar refinado e enrolá-las no papel.

É só servir para a garotada de todas as idades!

 

 

 

 

Você conhece bifum, já comeu?

Bifum em chinês significa  ’’massa seca de arroz’. Sabe aquela proposta de usar menos o trigo, então bifum pode substituir o macarrão. Olha que beleza! Existem várias marcas no mercado deste tipo de massa, porém a mais tradicional é a empresa  Bifum, fundada por uma família chinesa há 50 anos. Esse que eu usei nesta receita, chama-se macarrão oriental é bem fininho e cozinha muuuuito rápido. Inclusive, não é para fazê-lo como o tradicional. Basta tirá-lo da embalagem, colocá-lo em um recipiente, cobri-lo com água fervente. Para esta receita deixe por 1 minuto e meio, depois despreze a água.

O bacana é que esta massa tem baixíssimas calorias, e por isso pode ser consumida na segunda-feira, dia internacional da desintoxicação!

Aqui vai a minha receita, mas você pode se lançar e provar novos sabores!!!!

Ingredientes:

1 pacote de bifum/macarSAM_0370rão oriental 200g

1 cebola média picada em cubos

1 xícara de brócolis cortados em florzinhas e os talos em fatias

1 abobrinha italiana pequena cortadas em cubinhos

1 colher de chá de gengibre em pó

1 colher de chá de harissa (mistura de temperos arábe)

1 colher de chá de tempero de limão e ervas (opcional)

sal a gosto

Modo de Preparar

Se você tem uma panela wook , agora é hora de usar! Refogar a cebola em um fiozinho de azeite, acrescente o brócolis, salpique a harissa, depois de 2 minutos acrescente a abobrinha, salpique o gengibre, refogue por mais 2 minutos. Agora é hora de adicionar o bifum, feito como eu expliquei acima, misture todos os ingredientes na panela, o calor vai continuar a cozinhar a massa, então cuidado com o ponto! Finalize salpicando o tempero de limão /ervas e sal.

As ervas, temperos e especiarias dão sabor especial aos pratos, principalmente aqueles que não adicionamos gorduras! Então, o que você está esperando, vá até uma loja especializada da sua cidade e com calma, conheça o mundo de opções!!! Tenho certeza que você vai adorar! Até a próxima!

 

O Sexo e a Cozinha – Hummmmmm!

sex and theDepois que entrei para o mundo da gastronomia conheci muita gente interessante. Na sua maioria ex-alguma coisa que um dia se encheu da vida corporativa e foi seguir o rumo das panelas. São várias histórias, algumas bem similares à minha outras nem tanto.

Tem gente que abandonou a profissão tem outros que foram abandonados! Depois de muito insistir não teve jeito; a gastronomia era o caminho a seguir.

Mas nem todos acabam atrás de um fogão!

Alessander Guerra, blogueiro do Cuecas na Cozinha é um exemplo disso. Ele criou o blog, escreveu o livro Escola de Maridos e Afins – Ed. Cooklovers, para auxiliar homens não muito talentosos com receitas fáceis e agora lança seu novo livro “Sex and The Kitchen – O Sexo e a Cozinha” – Ed. Melhoramentos

O livro fala da história de  um casal que se une pela gastronomia! Vejam só este trechinho que roubei do Ale (com autorização, claro!):

“G ficou ensandecido. Sentir aquilo, vê-la e enxergar nos olhos dela o profundo desejo de provar até a última gota da calda, servida em lugar mais do que apropriado, segundo seu ponto de vista, foi uma sensação quase orgástica.”
Jantar das Arábias.

Recheado de receitas maravilhosas de chefes convidados o livro é prazer do começo ao fim! Na página oficial do Facebook também tem a trilha sonora do casal! Amei!!

“Havia muita vontade, muito desejo pairando no ar. (…) A seleção musical, que tanto os inspirou até o momento, levando-os inclusive a um delicioso e excitante sexo, já havia acabado. Agora ‘All I Want is You’ [U2 – Rattle and Hum] teria para sempre outro significado em suas vidas.” (Trecho do capítulo “Às vezes transamos rock, às vezes transamos blues”

Agora se tudo isso não te animou, veja a receita que postamos abaixo. Quente e frio… Macio e crocante… Doce e azedo… Ui! De arrepiar!

 

 

Apple Crumble Pie (para 8 tortas individuais)

2 kg de maçã verde
200 g de açúcar
9 g de canela em pau
90 g de manteiga sem sal
2 ml de suco de limão
150 g de manteiga
150 g de farinha de trigo
150 g de farinha de amêndoa
75 g de açúcar
60 g de amêndoa laminada
sorvete de creme
Descasque as maçãs, retire as sementes e pique em cubos de tamanho médio.
Polvilhe o açúcar, junte a canela e deixe repousar por cerca de 2horas.
Em uma panela, derreta a manteiga, acrescente o suco de limão e a maçã e cozinhe até que esteja macia. Reserve.
Em um recipiente grande, misture a manteiga, as farinhas de trigo e de amêndoa, o açúcar e, por último, a amêndoa laminada.
Coloque o recheio de maçã nos ramequins até um pouco acima dametade. Complete com o crumble, cobrindo toda a superfície e formando pequenas bolinhas com o auxílio das mãos. Leve ao forno a180°C por cerca de 15 minutos, para dourar a superfície e aquecer o recheio. Sirva a torta quente com uma bola de sorvete de creme por cima.

Rápido, gostoso e saudável! Dois vivas para os refogados!

SAM_0365  Segunda-feira, depois que o Lucas foi pra universidade e se mudou pra Bauru , aqui em casa é o dia internacional da desintoxicação. Como todo o fim de semana, “enfiamos o pé na jaca”, segunda o cardápio é SEMPRE levíssimo. Quando não faço uma sopa,  faço um  refogado, ótima opção de prato rápido. Neste tem mandioquinha (batata baroa), couve, cenoura, couve-flor,  repolho e cogumelo portobelo (contém uma quantidade considerável de fósforo, quantidade razoável de proteínas e menos de 5% de gorduras), aliás sempre que puder, use cogumelos em suas receitas é muuuuuuuito saudável! É tão simples e rápido que eu fiz dois refogados, um com os legumes e outro só com o cogumelo, mas você pode fazer um só, apenas acrescentando o cogumelo na primeira receita.

Para o refogado dos legumes:

500g de mandioquinha cortadas em rodelas

2 folhas de couve cortadas em tirinhas

200g de cenoura cortadas em rodelas

200g de couve-flor em florzinha miúdas

uma cebola média corta em fatias

1/4 xícara de vinho branco

150 ml de água

um punhado de salsinha picada

um punhado de cebolinha picada

um raminho de alecrim

sal a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de fazer

Em uma panela refogue a cebola com um fiozinho de azeite, acrescente a mandioquinha, em fogo baixo coloque o vinho e a água. Tampe e deixe secar metade do liquido. Acrescente a cenoura e o couve-flor, refogue por cinco minutos ( se escolheu fazer um refogado só, é hora do cogumelo, também). Acrescente o repolho e a couve por mais dois minutos. Fazendo assim, a mandioquinha fica mais tenra e os demais mais ao dente. Tempere com sal e pimenta.

Para o cogumelo

200g cogumelo portobelo ( pode ser outro, de preferência fresco, se na sua cidade não tem, o cogumelo seco é uma solução, mas precisará mais liquido e tempo de cozimento)

2 dentes de alho

1/4 de xic de água

3 colheres de sopa de molho shoyo ( prefira as marcas que não contenham glutamato e monossódico, fabricado pelo processo natural de fermentação).

Modo de fazer:

Um fiozinho de azeite e o alho refogado ( cuidado, alho queima muito rápido). Acrescente o cogumelo,o shoyo e a água e cozinhe por cinco minutos)

Bem levinho, né? Bom apetite!

 

 

Releitura 80’s: Pavê de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas VermelhasHá alguns dias, recebi alguns amigos queridos para almoçar aqui em casa. Com uma barriga de 9 meses, a preguiça ataca e a gente acaba querendo muita praticidade.

Para combinar com o sol e a piscina, optei por um galeto de televisão de cachorro (é…eu tenho uma e AMO!!!!!!) com legumes -mini batatas, cebolinhas, cenoura e beterrabas orgânicas – dourados na gordura e no tempero do próprio galeto com raminhos de alecrim. Foi só colocar no forno e curtir os amigos.

Para acompanhar este almoço, queria uma sobremesa leve e frugal. Lembrei-me de uma receita que aprendi no meu primeiro curso de culinária, aos 9 anos de idade… nem vou comentar quanto tempo faz.

Convidei minha filhota para fazer comigo e dei uns toques mais atuais. Foi o maior sucesso!

 

Receita de Pavê de Frutas Vermelhas – Releitura do Pavê de Morangos:

– 2 pacotes de biscoito champanhe.

– 2 caixas de morangos frescos

– 200g de framboesas congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis e bem mais caras…)

– 150g de amoras congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis…)

– 3/4 de xícara de açúcar mascavo

– 40ml de licor de laranja (Cointreau por exemplo)

– 500ml de creme de leite fresco

– 1/2 xícara de açúcar de confeiteiro

– raspas de uma laranja bahia

Modo de Preparo:

1- Macerar as frutas já limpas e picadas grosseiramente, com o açúcar mascavo e acrescentar o licor. Reservar.

Pave de frutas vermelhas preparo2- Na vasilha que você servirá o pavê, dispor o biscoito, cobrindo o fundo, colocar um pouco das frutas, com o caldo sobre estes biscoitos, cobrindo-os cuidadosamente. Repetir o processo, deixando 2 camadas de cada. Reservar.

3- Na batedeira, bater o creme de leite em ponto chantilly, acrescentando o açúcar branco aos poucos para incorporá-lo bem.  – Nota: Cuidado para não virar manteiga – é só bater bem velocidade média até ficar firme. Acrescentar as raspas de laranja.

4- Dispor o chantilly sobre o pavê. Você pode colocar uma camada uniforme ou, como eu, utilizar um saco de confeitar com bico pitanga. Fica a seu critérios…

Voilá! Leve para a geladeira até a hora de servir e vá curtir seu dia!