Vai Brasil, mas vá saudável rs!

  Passamos para as quartas, mas até aonde iremos? Não sei não, mas temos mais um jogo na sexta. Mais um dia de confusão, de cerveja e de petiscos. Oba!

  Essa foto é a vista da ponte do rio tietê ( lindo, né? poluído, mas lindo), do lado do supermercado que agora vende cogumelos frescos aqui na cidade! Viva, viva, viva! Agora o céu é o limite para as minhas receitas com cogumelos! E com shimegi fiz esta receita perfeita para acompanhar saudavelmente as cervejas nestes tempos de copa.

   Só pra lembrar, o shimeji é o terceiro cogumelo comestível mais cultivado no mundo. Nos países orientais, acredita-se que a espécie também possui propriedades relativas à redução do colesterol e à prevenção dos problemas hepáticos. Ele também fornece ergosterol, um precursor da vitamina D.

  Enfim, vamos em frente, não dá nem pra imaginar qual será a nossa situação no próximo post. O melhor é aproveitar a alegria agora, porque time do Felipão é assim mesmo, deixa a gente sofrer até o fim!

Ah, você pode fazer a berinjela do post passado e esse patê que até os mais carnívoros vão aprovar! Beijos e até mais.

tiete

Patê de Cogumelos Frescos
Print
Ingredients
  1. 200g de cogumelo shimegi picado
  2. 2 dentes de alho
  3. 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  4. um punhado de salsinha picada
  5. um raminho de alecrim fresco
  6. um punhado de orégano fresco
  7. suco de meio limão
  8. sal marinho a gosto
Instructions
  1. Leve o azeite ao fogo mais baixo possível. Acrescente o alho, deixe "soltar" o sabor por alguns minutos. Acrescente o shimegi picado deixe cozinhar por outros 2 ou 3 minutos. Desligue o fogo e acrescente as ervas frescas. Depois de frio, processe no liquidificador com o suco de limão. Pronto pra servir com torradinhas ou legumes cortados em bastõezinhos.
Notes
  1. Essa receita você pode usar qualquer cogumelo, desde que seja fresco. As ervas podem ser substituídas pelas as que você tiver e pode caprichar na quantidade, caso seja do seu gosto.
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Antepasto de berinjela em homenagem à Itália!

  Ontem, me desculpem, não consegui escrever, o jogo do Brasil, a correria, a emoção e além do mais, ninguém estaria interessado rsrs! Eu adoro Copa. Fiquei puta com a Fifa, com o governo e principalmente com a roubalheira sacramentada que foi cantada aos quatro cantos quando fomos “eleitos” para ser a  sede de 2014. Mas, o momento é para de curtir o evento,  na minha opinião, devemos protestar nas urnas em outubro, lá sim é o lugar certo!

  Assisto todos os jogos que posso, acompanho TODOS os programas da ESPN e quero ser especialista rsrs!

  A cozinha está a mil e pra assistir esse jogo da AZZURRA que se empatar, classifica,  fiz este antepasto de berinjela leve, saudável para acompanhar quem não deve faltar no jogo: cerveja, hummm!

Como a maioria das minhas receitas, esta é fácil e rápida e lembrando que “a berinjela é um legume que contém vitamina B5 e sais minerais como cálcio, fósforo, ferro e fibra solúvel. A niacina (vitamina B5) protege a pele e ajuda a regularização do sistema nervoso e aparelho digestivo. Enquanto os minerais cálcio, fósforo e ferro contribuem para a formação dos ossos e dentes, construção muscular e coagulação do sangue.  Poucas pessoas sabem, contudo, que ela é um vegetal com poder de diminuir o colesterol e reduzir a ação das gorduras sobre o fígado. Seu suco é utilizado nas inflamações dos rins, bexiga e uretra como poderoso diurético.  Palavras do  Prof. Dr. Edson Credidio,  médico nutrólogo.

Juntemos então o útil ao agradável neste saboroso aperitivo!

Vai Brasil!!!!!!!Beijos e até o próximo!

Antepasto de berinjela
Print
Ingredients
  1. 3 berinjelas orgânicas com casca cortadas em rodelas
  2. 10 tomatinho cereja orgânicos cortadas em rodelas
  3. 1 dente de alho picado
  4. 50g de queijo de cabra
  5. 3 colheres de azeite extra virgem
  6. 2 pimentas cumari do Pará picadas
  7. Orégano fresco
  8. Sal marinho a gosto
Instructions
  1. Em uma frigideira bem quente e sem óleo, grelhe as fatias de berinjela e reserve. Dê uma salteada nos tomatinhos. Em outra frigideira com fogo baixíssimo coloque o azeite, o alho e a pimenta e deixe por 5 minutos até "soltar" bem o sabor do alho e da pimenta. Deixe esfriar. Misture bem todos os ingrediente e sirva com torradas ou piadina.
Notes
  1. Se você não gosta de pimenta forte, use a de sua preferência. Se não tiver orégano fresco, use o seco. Você pode substituir o queijo de cabra por queijo cottage ou iogurte de consistência firme.
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Mel e gengibre, um santo remédio!

  Há muitos anos, trabalhei na editora Abril. Foi uma fase profissional importante e divertida. Como sempre gostei de cozinhar, ganhava as revistas Claudia Cozinha. O bacana das receitas daquela revista, que hoje em dia é apenas uma sessão da própria Revista Claudia, era o fato de  todas receitas serem testadas, como aqui! Naquele tempo era comum você comprar revistas que apenas traduziam de revistas importadas e quando você tentava fazer uma delas era bem difícil dar certo. Eu tenho uma coleção enorme de Claudia Cozinha, já estão todas velhinhas, algumas faltam a capa. Ah, inclusive minha mãe deu uma receita para a sessão “receita de família” ( faz mais de 20 anos uiah!), uma sopa baresa que fazemos no Natal, quem sabe no próximo, eu dê a receita da minha versão saudável!

   Com a missão de fazer um pão de mel pro Marcos ( marido),  tinha quase certeza que encontraria nas minhas relíquias. Não achei o pão de mel, mas esse muffim  de mel e gengibre muuuuito fácil. Você não precisa usar nenhum eletrodoméstico! A minha versão é bem mais nutritiva, porque troquei a farinha de trigo por integral, e usei, também flocos de quinoa e farinha de mandioca. A combinação de mel e gengibre além de saborosa é um santo remédio pra esses dias de tempo esquisito  que insistem em nos deixar gripados/resfriados.  Ficou bem bom! Experimentem! Beijos e até a próxima!

Muffins de mel e gengibre
Print
Ingredients
  1. 1/2 xícara de farinha de trigo integral
  2. 1/2 xícara de farinha de mandioca
  3. 1/2 xícara de flocos de quinoa
  4. 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  5. 1 colher de sopa de gengibre em pó
  6. 1 pitada de sal
  7. 2 ovos caipiras pequenos ( parece óbvio, mas agora já encontramos grandes)
  8. 6 colheres de sopa de mel
  9. 1/2 xícara de óleo de girassol
  10. 6 colheres de sopa de açúcar mascavo
Instructions
  1. Aqueça o forno a 200°. Numa tigela misture as farinhas, flocos, bicarbonato e gengibre. Reserve. Em outra vasilha misture os ovos e mel até formar uma pasta. Acrescente o óleo e o açúcar, misture bem. Junte as duas misturas homogeneamente. Coloque em forminhas de muffins até 3/4 da superfície para não correr o risco de derramar. Eu uso as de silicone, são ótimas para desenformar e lavar!
Notes
  1. Cuidado esta massa assa rapidinho, preste atenção, dependendo do forno, pode assar em menos tempo!
Adapted from Revista Claudia Cozinha
Adapted from Revista Claudia Cozinha
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Uma sopa de cebola que virou ensopado de grão de bico!

 

Quem cozinha todo dia e gosta, acerta muito, mas erra bastante também! Pois é, a gente se empolga às vezes…

  Eu queria fazer uma sopa de cebola (as cebolas são muito ricas em cromo, um mineral que ajuda as células a responderem à insulina, além de vitamina C, flavonoides e mais notavelmente, quercitina) para uma noite fria e comecei a fuçar as minhas receitas. Olha daqui e revira de lá, de todas fiz um mix e pronto. Lá estavam 500g de cebola em rodelas e pimenta dedo de moça picada em quantidade exagerada  no azeite em fogo baixíssimo  por uns 15 minutos. Sem caldo nenhum no freezer, bati no liquidificador a água, especiarias e ervas frescas. Então o resultado final foi uma sopa de cebola picantéééérima. Ai que dó! O marido tentou tomar, tadinho o amor é lindo, mas não foi possível. Não, não vou jogar fora.  Tirando o excesso de pimenta, estava bem saborosa! E ai me veio uma vontade repentina de grão de bico, huuuum adooooro grão de bico ( já perceberam que eu adoro muita coisa rs). Pronto, cozinhei o grão de bico, acrescentei  a sopa e finalizei com escarola picada. Ficou muito bom!  Então minha gente, a sabedoria popular reza: se a cozinha te der uma sopa picante de cebola, faça um ensopado de grão de bico rsrs! Você pode servir com arroz ou quinoa ou sozinho mesmo. Espero que gostem! Até a próxima!

Sopa de cebola que virou ensopado de grão de bico
Print
Ingredients
  1. Para sopa de cebola
  2. 500g de cebolas picada
  3. 600ml de água
  4. 1 colher de sopa de mix de especiarias
  5. Um ramo de alecrim fresco
  6. 2 galhinhos de orégano fresco
  7. um punhado de salsinha
  8. um pedaço PEQUENO de pimenta dedo de moça picadada rs
  9. 1/4 de xícara de azeite de oliva extra virgem
  10. 1 colher de chá de sal
  11. Para o ensopado
  12. 1 xícara de grão de bico ( deixar de molho na água durante uma noite)
  13. 3 xícaras de água
  14. Folhas bem verdes de escarola picada ( de um pé, separe as folhas menores do miolo para uma salada e use as bem verdes para o ensopado)
  15. 1 colher de café de sal
Instructions
  1. Em uma panela, coloque o azeite, a cebola e a pimenta dedo de moça ao fogo baixíssimo por uns 15 minutos. Enquanto isso, bata no liquidificador a água, as especiarias, as ervas e o sal. Reserve. Quando a cebola estiver macia, espere esfriar e coloque na água no liquidificador e processe mais uma vez. Reserve. Cozinhe o grão de bico, descarte a água do cozimento. Em uma panela, coloque a sopa e o grão de bico e deixe no fogo médio até levantar a fervura. Desligue o fogo, acrescente a escarola tampe a panela. Depois de 2 minutos pode ser servido!
Notes
  1. Se vc não tiver o mix de especiarias com pimenta rosa, pimenta preta, cardamomo, noz moscada, cravo e canela, use outra ou coloque as especiarias que tiver em casa, vai ficar bom, com certeza!
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/