Fim de semana relax com suflê de bacalhau!

souflê de bacalhau

souflê de bacalhauSabe aquele mês que é uma loucura? Pois é, acabei de passar por um… muito trabalho (tks god!), minha ajudande de férias, eu e minha filha pegamos 1 semana de gripe, início de férias da pequena, viagem pra lá, viagem pra cá… loucura, loucura, loucura!!!! Mas, nada de lamentação, foi um mês bom demais da conta (fora a gripe que ninguém merece!!!!). Só estou mais elétrica que nunca!!!!

É só parar um pouquinho que apago! Sabe quando acaba a bateria de algum brinquedo? É assim que estou ultimamente. Por isso (é aí que vc e o nosso blog entram na história), quando chega o fim do dia ou o fim de semana, quero comer coisas gostosas, mas quero sossego…

Esta receita é para estes momentos! Muitas vezes a faço como prato único, apesar de ser uma excelente entrada ou acompanhamento. Mas nestes dias corridos é só ela e uma saladinha verde!

Perfeita! Se a sua semana estiver como a minha, vale o teste!!!

PS: Este suflê fica super alto, bem bonito, mas no dia da foto, quando já estava colocando-o na forma, minha ajudante pediu um só para ela, então tive que retirar um pouco da massa. Não quis esperar mais para dividí-la com vcs… então perdoem-me pela foto!!!

Receita de Suflê de Bacalhau

Serve 4 porções

Ingredientes:

– 70g de manteiga sem sal

– 70g de farinha de trigo

– 500ml de leite

– 4 gemas

– 4 claras em neve

– sal e pimenta à gosto

– noz moscada à gosto

– 400g de bacalhau dessalgado

– 50g de azeitonas pretas em rodelas

– cheiro verde a gosto

Modo de Preparo:

1- Fazer um molho bechamel, colocando em uma panela a manteiga e a farinha, refogá-la até virar uma massinha de cor dourada clara (roux).

2- Em seguida, acrescentar o leite aos poucos enquanto mistura para formar um creme. Temperá-lo com sal, pimenta e noz moscada. Deixar esfriar.

3- Com o molho bechamel já morno, acrescentar as gemas misturando sempre.

4- Em seguida acrescentar o bacalhau, azeitonas e cheiro verde.

5- Bater as claras em neve. Acrescentar 1/3 dela à mistura do souflê, mexendo suavemente até incorporá-la por completo.

6- Acrescentar o resto das claras e repetir o processo até ter um creme uniforme.
7- Colocar em uma forma untada (encher até ¾ da forma). Levar para assar em forno pré-aquecido a 220 graus por cerca de 10 a 15 minutos.

8- Servir imediatamente!

Bom apetite e ótimo fim de semana!

Para um ano novo mais leve.

Saladinha de Cenoura

Saladinha de CenouraCaros amigos, como foram de festas? Ficamos um período longe de vcs, mas foi por bons motivos: viagens, cursos, celebrações  e mudanças, muitas mudanças…

Hoje, resolvi fazer uma pausa na abertura de caixas para deixar uma receitinha deliciosa, leve e fácil de fazer.

Esta receita me foi dada quando ainda estava grávida da minha filha, pela nutricionista que me acompanhou na reta final, Renata Chaves (do Renutre). Logo me apaixonei e virou parte da minha rotina. Hoje, a escrevo aqui em homenagem ao meu irmão que está fazendo uma dieta super restrita para um tratamento de saúde.

Hermano: Parabéns pela força de vontade e perseverança. O objetivo final vale muito a pena!

Chega de papo e vamos a receita. Mas não sem antes desejar um feliz ano novo a cada um de vocês que tem nos acompanhado nesta trajetória deliciosa da cozinha para o blog. Que vocês tenham um ano de muito equilíbrio, paz e bem – e uma boa pitada do seu tempero predileto! Beijo no coração!

Saladinha de Cenoura com Passas e Cominho

– 2 cenouras raladas

– 1/2 cebola roxa cortada à julienne bem fininha

– 1/2 colher de sopa de grãos de cominho

-1 colher de sopa de passas brancas secas (reidratadas)

– 3 colheres de sopa de vinagre ou limão

– 1 colher de sopa de azeite

– Sal e pimenta à gosto

Modo de preparo:

Picar a cebola e deixar de molho em água gelada por 15min. Deixar também as passas de molho em água morna por 15 min. Ralar a cenoura. Reservar. Pegar os grão de cominho e colocar em uma frigideira quente (sem óleo nem nada) por 2 minutos (apenas para exalar o seu aroma). Misturar todos os ingredientes e levar a geladeira. Está pronto!

Projeto verão em plena ação!

Quibe de Quinua e Legumes

Quibe de Quinua e LegumesApesar do tempo ainda estar maluco e eu continuar oscilando entre meus doces testes doces e meus pratos lights, continuo firme e “mais ou menos” forte no meu projeto verão. Ele está surtindo efeito, o que é bom…

E, para equilibrar estas duas realidades preciso de comidinhas deliciosas… ou caio em tentação e fico só na parte 2.

Como prometido por uma das nossas leitoras especiais nos comentários do post Fase light… mas com sabor!, recebi uma receita que testei e adorei! Perfeita para esta fase: nutritiva na medida certa, desitoxicante e super saborosa.

Vale a pena experimentar!

Receita de Quibe de Quinua e Legumes (receita da Chef Valéria Rúbio  do Parada Saudável)*

– 2 xíc. de quinua  pode ser branca, preta vermelha ou todas misturadas- fica bem bonito)

– 4 xíc. de água

– 3 xíc de abóbora japonesa cozida e espremida (medida após espremida)

– azeite, sal e noz-moscada a gosto

– 1/2 xíc. de brócolis picado

– 1/2 xíc. de ervilhas frescas

– 1/2 xíc. de alho-poró picado

– 1/2 xíc de shitake picado

– 1/2 cebola picada em cubos

– 20ml de sakê

Modo de Preparo:
Ferva a água e cozinhe a quinua, conforme orientação do produtor. Quando pronta, misture com a abóbora e tempere com a noz-moscada, sal e azeite. Reserve.

Refogue a cebola, o alho-poró, acrescente os demais legumes e o shitake. Flambe-os com o sakê e deixe-os
o mais al dente possível. Monte em um pirex, colocando metade da mistura de quinua, depois o recheio, cobrindo com o restate da quinua. Coloque no forno pré-aquecido a 200 graus por cerca de 15 minutos, para a massa secar um pouco.

Pronto, delicioso e super saudável!

 * Receita adaptada de original da Tatiana Cardoso do restaurante Moinho de Pedra (São Paulo)

Parada Saudável

Tel: +55 15 3282-3769

email: valeriamrubio@yahoo.com.br

 

Fase light… mas com sabor! Gnocchi de ricota e espinafre

Gnocci de Ricota com Espinafre - Receita

Gnocci de Ricota com Espinafre - ReceitaPassei uma semana no Rio. Essa cidade é maravilhosa mesmo! Como é bom ter aqueles dias ensolarados, brisa do mar… é impossível não se animar a dar uma passeada no calçadão, a comer uma comidinha mais saudável…

E para completar tudo isso, minha sogra resolveu me dar de presente uma semaninha de spa urbano, com direito a malhação, massagens e comidinhas maravilhosas planejadas pela Pique o espinafre bem miudinho. Pegue a ricota, de uma espremida com a mão para sair um pouco de soro e misture ao espinafre. Acrescente noz moscada, sal e pimenta do reino (eu pus bastante noz moscada). Molde bolas (como almôndegas) de cerca de 2 – 2,5cm de diâmetro e coloque em forma untada com um pouco de óleo. Com o dedo faça um buraco (um vale na verdade) no centro de cada bolinha, coloque um pedacinho de tomate em cada gnocci, salpique pistache e o queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido em 180 graus. Deixe assar por uns 15 minutos ou até o queijo dar uma leve dourada.

Servir imediatamente. Para cada prato, colocamos ao fundo um pouquinho do molho, por cima cerca de 7 – 8 bolinhas de gnocchi.

Maravilhoso!

Um dia mais leve – Receita Salada Morna de Quinoa, Camarão e Lula

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarão e Lula

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarão e Lula

Depois dos abusos gastronômicos do fim de semana, eu – e mais 90% da população feminina – tento começar a semana com umas comidinhas mais leves… nem sempre consigo, mas sigo tentando e experimentando. E se levar em conta meus quilos a mais, acho que sigo experimentando mais que tentando… ; )

Uma destas receitas, que particularmente adoro, é a Salada Morna de Quinoa com Camarões e Lula. Vale a pena experimentar!

Receita de Salada Morna de Quinoa com Camarões e Lula

– 250g de Quinoa

-2 xic. de água (ou conforme indicação do produtor)

– 200g de camarão sem casca

– 200g de lula em anéis

– 10 vagens francesas cozidas “al dente” no vapor

– suco de 2 limões

– 1 cebola picada em cubinhos

– 1/2 xic. coentro e cebolinha picado miudinhas

– 1 dente de alho

– 1/2 pimenta dedo de moça sem semente

– 1 col. de sopa de molho de ostra

– 1 col. chá de óleo de gergelim

– sal e pimenta do reino à gosto

– 1 colher de óleo de girassol

Modo de preparo:

Limpar os camarões: fazer corte na parte superior e retirar o fio preto. Limpar as lulas (mesmo que vc já as compre em anéis, retire os pedacinhos de de cartilagem que fica). Em um pilão, socar o sal, alho, pimentas, e metade do coentro e cebolinha. Em seguida, acrescentar o suco de 1 limão. Jogar esta mistura no camarão e lula. Reservar.

Colocar a água para ferver. Quando levantar fervura, adicionar a quinoa, cozinhar como arroz até o grão ficar macio. Reservar.

Em uma frigideira, colocar o óleo de girassol. Quando estiver quente, acrescentar, a cebola. Em seguida, adicione o camarão e logo depois a lula. Esperar esbranquiçar e adicionar a quinoa e a vagem picada com cerca de 3 cm. Desligar e passar para uma vasilha, onde está misturado o molho de ostra, óleo de gergelim, o resto do coentro e da cebolinha e limão. Servir ainda quente.

Dica: Vale servir com uma salada de agrião.

Bom apetite!