Pudim de pão com chocolate branco e calda de frutas vermelhas

Pudim de pão com chocolate brancoOntem, eu e minha irmã de coração fomos a um bistrô de uma tradicional loja de departamentos aqui na Flórida. O nosso objetivo era claro: comer a “white chocolate bread pudding” deles, O toque do chocolate branco com frutas vermelhas, a torna ainda mais convidativa…

A Jú é apaixonada por esta sobremesa e por isso já havia experimentado e testado as melhores daqui.

Ela já fez e testou esta receita que pode ser feita e congelada já fatiada. Assim, você fica com uma sobremesa maravilhosa e pronta para emergências.

No Brasil, a gente não tem o hábito de fazer muitas sobremesas com pães. Mas, sugiro que experimente esta e depois coloque a imaginação para funcionar: outras caldas, raspinhas de laranja, chocolate amargo… enfim, o seu toque pode transformar o pão nosso de cada dia em uma sobremesa nova e muito saborosa!

Esta receita que coloco aqui, é deste bistrô que visitamos (N bistrot, na loja Nordstrom), mas já com as nossas adaptação. Coloco o link da receita original, caso queiram experimentar também. Mas te garanto que a nossa fica melhor: mais calda de frutas vermelhas e um pouco menos de gemas!!!! ; D

Mais uma observação, a foto é da que comemos no bistrô, pois muita gente estava pedindo a receita para testar e, sinceramente, não estou podendo me acabar de comer estas delícias… projeto verão 2016… mas isso é outra história…

Bon appétit!

Pudim de Pão com Chocolate Branco e Frutas Vermelhas
Print
Para o pudim
  1. - 5 colheres de manteiga sem sal derretida (3 serão para a finalização na hora de servir)
  2. - 4 xícaras de creme de leite fresco
  3. - 2 xícaras de leite
  4. - 1 xícara de açúcar
  5. - 3 e 1/2 xícaras de chocolate branco (em gotas ou picados)
  6. - 6 ovos grandes e mais 6 gemas de ovos
  7. - 1 colher de chá de essência de baunilha (se você puder utilizar, utilize uma fava raspada, fica mais legal)
  8. - 1 pão de rabanada ou uma baguete de qualidade (é importante que seja adormecido), cortado em fatias grossas de cerca de 2 cm. Você também pode fazer com brioche. Escolha um pão de qualidade boa pois isso influenciará a sua receita!
  9. Para a Calda de Frutas Vermelhas
  10. - 1/2 xícara de água
  11. - 1/2 xícara de açúcar mascavo
  12. - 2 colheres de chá de raspas de laranja
  13. - 3,5 xícaras de frutas vermelhas congeladas ou frescas (eu gosto de colocar morangos, mirtilos, amoras e framboesas)
  14. - 0,5 xícara de cereja em calda com a calda (Se você puder colocar as frescas melhor, aí acrescente mais 1/2 xícara de açucar e uma dose de rum)
Para a calda de Chocolate Branco
  1. - 1/2 xícara de creme de leite fresco
  2. - 1 xícara de chocolate branco (gostas ou picados)
  3. Guarnição: raspas de chocolate branco, frutas frescas (opcional) e folhas de hortelã
  4. Utensílios: forma e papel manteiga
Instructions
  1. 1.Preaquecer o forno à 180 graus. Cubrir uma forma retangular com papel manteiga e untar com duas colheres de sopa da manteiga derretida (reservar o resto da manteiga).
  2. 2. Misturar o creme de leite, o leite e o açúcar em uma panela. Levar ao fogo médio até aquecer. Retirar do fogo, misturar o chocolate até derreter. Reservar e deixar esfriar.
  3. 3. Misturar os ovos, gemas e essência ou fava de baunilha. Aos poucos, virar a mistura de creme já morna nos ovos , mexendo até ficar homogêneo e bem misturado (se o creme estiver quente os ovos cozinham e talham).
  4. 4. Colocar metade das fatias de pão na forma preparada . Verter a metade da mistura sobre pão e deixar que o líquido penetre bem. Colocar o resto do pão por cima e despejar o resto da mistura. Pressionar um pouco os pães até absorver bem o líquido. Cobrir com papel alumínio.
  5. 5. Levar ao forno e assar por uma hora. Descobrir e continuar a assar até que o líquido no centro tenha evaporado e o pudim dourar (cerca de 30 minutos) . Desenformar sobre uma grade. Deixar esfriar.
  6. 6. Cortar o pudim em seis retângulos (cerca de 5 x 8 cm mas pode variar de acordo com o tamanho da forma). Em seguida, corte cada retângulo em dois triângulos.
  7. Após esta etapa, você pode optar por finalizar e servir na hora ou congelá-los separando-os individualmente com papel manteiga ou filme e finalizar depois.
Para a calda de frutas vermelhas
  1. 1. Colocar todos os ingredientes, exceto as framboesas para cozinhar em fogo médio. Quando engrossar um pouco (ponto de calda grossa), acrescentar a framboesa misturando delicadamente para não desmanchar. Desligar e reservar.
Para a calda de chocolate branco
  1. 1- Aquecer o creme de leite em fogo médio. Quando estiver quente, desligar e acrescentar o chocolate. Mexer até obter uma mistura homogênea. Reservar.
No momento de servir
  1. 1. Preaquecer o forno a 180 graus. Untar uma folha de papel manteiga e colocar os triângulos sobre ele. Pincelar com o restante da manteiga derretida. Assar até dourar (aproximadamente 12 minutos).
  2. 2. Colocar um triângulo em cada prato. Regar com a calda de chocolate. e por cima colocar a calda de frutas. Você pode decorar com raspas de chocolate, frutas frescas e folhas de hortelã.
Notes
  1. 1. Não utilise cobertura de chocolate, elas tem muita gordura vegetal. Opte para o que está escrito chocolate apenas.
  2. 2. Você pode usar um descascador de legumes para cortar as fitas a partir de um pedaço de chocolate branco.
Adapted from Letícia Villela e Juliana Ortega
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Chutney de Manga com Damascos para presentear amigos e para perfumar sua ceia de Natal!

Chutney de Manga

Chutney de MangaPromessa de Mamãe Noel é dívida! Conforme prometido e dando continuidade às nossas dicas de presentes e receitas especiais para as festas de fim de ano, hoje a dica é esta receita de Chutney de Manga super fácil e que dá um toque especial à sua ceia ou pode ser um ótimo presente para aqueles que você ama!

Se você nunca fez chutney, sugiro que experiemente esta receita. Acredito que você entrará no maravilhoso mundo das conservas! Práticas, saborosas e curingas!!!

Este chutney é um acompanhamento maravilhoso para o tender fizemos aqui e combina muito com pratos mais picantes, como os com curry, carnes de porco. Funciona até mesmo como acompanhamento de queijos. É realmente super versátil!

Sucesso garantido. Experimente e compartilhe!

Nesta receita, substituí a tradicional uva passa por damasco picadinho. Mas você pode utilizar o que estiver disponível  na sua dispensa. Eu gosto muito do sabor que o damasco acrescenta.

Boas Festas!

Chutney de Manga e Damascos
Print
Ingredients
  1. 2 mangas palmers
  2. 6 damascos secos
  3. 1 cebola
  4. 1 dente de alho
  5. 1 pimenta dedo de moça
  6. 2 colheres sopa de gengibre ralado
  7. 1 rama pequena de canela
  8. 1 anis estrelado
  9. 2 cravos da índia
  10. 1/4 de xícara de açucar mascavo
  11. 1/4 de xícara de vinagre de maçãs
  12. 1/4 de xícara de água
  13. Sal e pimenta do reino
Instructions
  1. 1- Picar as mangas, damascos, cebola, alho e pimenta em cubinhos pequenos.
  2. 2- Colocar todos os ingredientes em uma panela e levar ao fogo médio para cozinhar até obter uma textura próxima à geléia.
  3. Está pronto!
  4. Se for presentear, coloque em vidros previamente lavados e esterelizados. Eles podem durar cerca de 3 meses.
Notes
  1. Você pode dosar a pimenta conforme seu paladar. Aqui em casa adoramos pratos picantes, mas esta quantidade deixa com um nível médio.
  2. Para esterelizar os vidros, forrar o fundo de uma panela com um pano de prato limpo, colocar os vidros, encher de água de deixar ferver por cerca de 15 minutos nesta água abundante. Escorrer e colocar o chutney.
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

 

Dica para o fim de semana: petisco para receber os amigos

Petisco de Melão com Presunto de Parma

Petisco de Melão com Presunto de ParmaFim de semana chegando e eu nem vi a semana passar…

Mas hoje é sexta-feira! Dia de relaxar, encontrar os amigos e, no meu caso, despedir dos cantos que mais curto de Curitiba… mas esta história fica para outro post.

Hoje quero deixar aqui uma dica, nem posso chamar isso de receita…

Fui receber uns amigos em casa e na correria não preparei nada. Mas meus amigos sempre esperam alguma comidinha especial quando vem aqui. Acho que os eduquei mal… rsrsrsrs

Então faltando alguns minutos para eles chegarem, fui correndo para cozinha e 2 coisas me salvaram… te conto aqui como fazer este petisco fácil e delicioso:

 

Palitos de Melão Cantaloupe com Presunto de Parma
Print
Ingredients
  1. - 1/2 melão cantaloupe
  2. - 200g de presunto de parma
  3. Utensílios: palitinhos ou garfinhos charmosos
Instructions
  1. Retire as sementes e a casca do melão. Corte-os em 4 a 5 fatias e reparta-os em cubos.
  2. Enrolar as fatias de presunto de parma (de modo geral 1 fatia cobre 2 cubos pequenos) e coloque em palitinhos ou garfinhos.
  3. Pronto! Leve, charmoso e delicado! Experimente neste fim de semana e nos conte aqui!
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Abobrinha não é uma unanimidade. E você gosta?

Eu AMO abobrinha! Meu filho odeia! Meu marido come sem reclamar! Quem ama, como eu não entende a rejeição, afinal  ela possui vitaminas B1, B2, B6, C, K, betacaroteno, ácido fólico, cobre, magnésio, manganês, fósforo e potássio. É  rica em fibras e ajuda  a retardar a fome! Então, não acha que ela é muito injustiçada quando é sinônimo de falar só coisas sem conteúdo rsrs?!Esta receita leve  é  pra comer como aperitivo, mas pode muito bem acompanhar uma carne.

Ingredientes:

500 de abobrinha cortadas em fatias

3 dentes de alho triturados

5 a 6 colheres de sopa de azeite

4 a 5 colheres de sopa de vinagre de vinho branco ou maçã ou arroz

sal e pimenta a gosto ( eu gosto da dedo de moça nesta receita).

Grelhe as abobrinhas em frigideira bem quente sem óleo, de preferência panela antiaderente ( essa parte é chatinha, mas vale a pena o esforço, zero gordura). Reserve. Coloque o azeite e o alho em outra frigideira e ascenda o fogo mais baixo possível ( se usar a pimenta dedo de moça, acrescente bem picadinha neste momento). Doure o alho levemente, reserve até esfriar. Acrescente o vinagre, tempere com sal e pimenta ( se não usou a dedo e prefere outra). Coloque as abobrinhas em uma travessa e despeje o tempero sobre elas ( use um recipiente fundo que as abobrinhas fiquem mergulhadinhas no tempero). Deixe na geladeira e sirva depois de pelo menos 4 horas. Essa uma é uma daquelas receitas pra fazer no sábado e depois ir comendo durante a semana ou oferecer em uma reunião de amigos, o sucesso é garantido!

Boa semana e até a próxima!

Abobrinhas
Print
Ingredients
  1. 500 de abobrinha cortadas em fatias
  2. 3 dentes de alho triturados
  3. 5 a 6 colheres de sopa de azeite
  4. 4 a 5 colheres de sopa de vinagre de vinho branco ou maçã ou arroz
  5. sal e pimenta a gosto ( eu gosto da dedo de moça nesta receita).
Instructions
  1. Grelhe as abobrinhas em frigideira bem quente sem óleo, de preferência panela antiaderente ( essa parte é chatinha, mas vale a pena o esforço, zero gordura). Reserve. Coloque o azeite e o alho em outra frigideira e ascenda o fogo mais baixo possível ( se usar a pimenta dedo de moça, acrescente bem picadinha neste momento). Doure o alho levemente, reserve até esfriar. Acrescente o vinagre, tempere com sal e pimenta ( se não usou a dedo e prefere outra). Coloque as abobrinhas em uma travessa e despeje o tempero sobre elas ( use um recipiente fundo que as abobrinhas fiquem mergulhadinhas no tempero). Deixe na geladeira e sirva depois de pelo menos 4 horas.
Notes
  1. Essa uma é uma daquelas receitas pra fazer no sábado e depois ir comendo durante a semana ou oferecer em uma reunião de amigos, o sucesso é garantido!
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Alegria de ser super bem recebida por amigos e receita de brigadeiro de limão siciliano

Brigadeiro de Limão Siciliano

Brigadeiro de Limão SicilianoSemana passada tive o super prazer de ser convidada por um casal de amigos para ir jantar na casa deles. Já havíamos  tentado nos encontrar algumas vezes, mas sempre surgia um imprevisto. Só isso, já seria motivo de sobre para termos uma noite deliciosa. Mas quando lá chegamos, tive outra surpresa que me deixou realmente emocionada. Ela havia preparado para jantarmos uma receita deste humilde blog. Felicidade total! A moqueca estava uma delícia! Foi muito bom saber que vale a pena mesmo a gente se esforçar para pesquisar uma receita legal, testar, fotografar e escrever aqui. Vocês dão vida a essa brincadeira que amamos tanto!

Mais alegria tive quando ela também preparou para a sobremesa uma receita que aprendeu em uma das aulas que fez comigo… um Tiramissú divino – esta receita escrevo depois no o blog, pois as minhas fotos não ficaram legais ainda.

E você já testou alguma receita daqui do Blog? Conta pra gente!

A receita de hoje é em agradecimento a outra amiga, Pi, que me ajudou muito ontem, em meio à correria de uma entrega, a fotografar alguns doces para o site da DorothyPot, como esta que ilustra este post (linda, não?).

PARÊNTESES: como é bom ter amigos por perto, né?!

Receita de Brigadeiro de Limão Siciliano

– 1 lata de leite condensado

– 1 colher de sopa de manteiga

– 1 gema de ovo

– raspas de 1 limão siciliano

– suco de 1/2 limão siciliano

– confeito de chocolate branco para enrolar.

Modo de preparo:

1- Leve todos os ingredientes (exceto suco de limão) ao fogo baixo, misturando lentamente para não agarrar, por cerca de 15 minutos.

2- O ponto bom para enrolar é quando, ao passar a espátula no fundo da panela, a massa se solta facilmente do fundo.

3- Neste momento, deslique o fogo, deixe esfriar um pouco e acrescente o suco de limão. Misture até incorporá-lo por completo.

4- Quando completamente frio, enrolar as bolinhas.

Nota: Algumas pessoas fazem o brigadeiro no microondas, inclusive vários blogs conhecidos indicam este modo de preparo em suas receitas. Eu particularmente não gosto da textura e o gostinho da manteiga fica diferente. Mas é frescura minha. Se vc preferir, esta receita pode ser feita no microondas tb!

Salmão ao Molho de Maracujá da co-blogueira Vivi!

Foto: afraniorestaurante

Este post é uma delícia. Primeiro porque a receita é muito boa e super fácil de preparar. E segundo porque este post foi escrito pela Vivi de Araújo. Vocês se lembram do post do Rosbife da Lulu? Então, este aqui é igualzinho. Foi escrito com todo o carinho por uma amiga pessoal, e do Blog! Você também pode se meter no nosso blog, se quiser. Mande sua receita, testada e aprovada! e terá seu Dia de Blogueira(o)!

 

Recentemente, eu e meu marido Miguel convidamos Nick, um de nossos amigos para jantar. Miguel e eu adoramos massa. E acho que é uma opção sem margem de erro. Afinal, quem não gosta de massa?

Nick é filho de sicilianos, que me faz pensar que qualquer tentativa de fazer uma deliciosa massa seria como chover no molhado, nada de novo. Lembrei da receita de salmão ao molho de maracujá que minha mãe fazia. Maracujá, ou passion fruit, como eles chamam aqui nos esteites, não é muito popular, então seria uma surpresa.

Mas e os acompanhamentos? Adoro os desafios de preparar um prato novo então entrei no blog “memórias” e mergulhei nas histórias e receitas.

 

É difícil manter o foco num blog com tantas receitas e historias gostosas (ahhhhhh! Tive que me meter. Que linda esta Vivi puxando o nosso saco!!!). Fui a página dos bem-casados, passei pela torta de resto (minha família tambem faz!), cookies de creme de amendoim – esse será o próximo desafio.. e epa! Foco!!

Logo encontrei uma receita de salmão e tomates recheados com couscous marroquino que me deu agua na boca.

Parecia perfeito, mas eis que li mais uma dica: o prato seria muito light para homens famintos.

Fiz batata a dore acompanhando os acompanhamentos, se podemos assim chamá-los, e aí sim pude relaxar.

Tudo ficou uma delícia e foi gratificante ver que o Nick realmente se surpreendeu e se deliciou com tudo. Obrigada Memórias!! (Aqui, com lágrimas nos olhos, somos nós que agradecemos!!!)

 

Salmão ao molho de maracujá (Serve 3)

 

Foto: afraniorestaurante
Foto: afraniorestaurante

600 g de filés de salmão

300 ml de suco de maracujá

300 ml de vinho branco

1 cebola pequena cortada em cubinhos

sal e pimenta a gosto

400 ml de creme de leite sem soro

100 g de manteiga

1 pitada de acucar

azeite de oliva para fritar o salmão

 

 

Numa panela, junte o suco, o vinho e a cebola em cubinhos. Adicione sal e pimenta a gosto. Deixe ferver e reduzir pela metade. Adicione o creme de leite e reduza mais.

Desligue o fogo e numa batedeira, misture o molho com a manteiga. Adicione a pitada de açucar para equilibrar um pouco a acidez.

 

Tempere os filés de salmão com sal e pimenta e frite em azeite de oliva

Coloque o molho por cima e sirva imediatamente.

 

Em tempo: A Vivi, gulosa, comeu todo o salmão e não me mandou foto. Terei que prepará-lo e fotografar!!!

Dica de menu fácil e delicioso

frango com tangerina

frango com tangerina Uma coisa que tem me dado muito prazer ultimamente é juntar um grupo de amigos que estão a fim de cozinhar e dividir o pouco que conheço deste universo.

São sempre encontro super agradáveis e saborosos!!!!

Este último foi uma turma que queria aprender o be-a-bá, mas com um toque especial. Apelidamos o grupo do “Adeus ao caldo Knorr” – nada contra, mas dá pra evitar, né?

Receitas práticas e gostosas. Então, aproveitei algumas receita que já havia feito para o blog e outras novas… Faça você também!

Saladinha de cenoura e cominho: esta receita está aqui no blog 

Frango ao molho de Tangerinas. (serve de 4 pessoas) 

 – 4 Filés de frango partidos em escalopes.
– 2 xícaras de suco de tangerina

– 1 colher (sopa) de farinha de trigo

– 1 dente de alho espremido

– 1 colher de chá de páprica

– 1 colher de sopa de sálvia seca

– raspinhas da casca de 2 tangerinas

– sal e pimenta à gosto

– 8 gomos de tangerina para enfeitar

Modo de Preparo:

1- Temperar o frango com alho, sal, pimenta e sálvia. Deixar marinar por 15 minutos.

2- Dourar o frango em panela com óleo quente. Acrescentar a farinha de trigo, o suco de tangerina e demais ingredientes (exceto raspas e gomos). Deixar levantar fervura e encorpar o caldo. Acrescentar as raspas e gomos e servir imediatamente.


Batatas gratinadas ao forno (serve 4 pessoas)

 – 4 batatas médias

– 2 colheres de manteiga ou 6 colheres de azeite

– ramos de alecrim ou sálvia

– Sal grosso e pimenta do reino

 Modo de Preparo:

1- Descascar as batatas e partí-las em rodelas finas. Cozinhá-las rapidamente para ficarem ao dente. Dar um choque em água gelada para cessar cozimento e escorrê-las.

2- Em um tabuleiro untado com a manteiga ou azeite,  dispor as batatas e regá-las com manteiga ou azeite também.

3- Salpicar sal e pimenta do reino e assar em forno médio, virando-as de lado até dourarem.

 

Arroz com amêndoas (serve 4 pessoas)

– 2 xícaras de arroz

– 4 xícaras de água morna

– ¾ xícara de amêndoas em lâminas

– 2 dentes de alho espremido

– ¼ de cebola média picada miúda

– 1 colher (chá) sal

– fio de azeite ou 2 colheres de manteiga – opcional

 Modo de Preparo:

1-      Em uma panela com o óleo, em fogo médio, refogar a cebola até ficar ficar transparente. Acrescentar o alho, sal e a água. Quando levantar fervura, acrescentar o arroz. Abaixar o fogo, tampar parcialmente a panela e deixar cozinhar até secar. Provar e verificar tempero e textura. Se necessário, acrescentar mais água.

2-      Desligar a panela. Em uma frigideira com azeite (ou manteiga), refogar as amêndoas e acrescentar o arroz – Se não quiser acrescentar a manteiga, apenas tostar rapidamente as amêndoas e acrescentar o arroz). Misturar e servir imediatamente.

Bolo de Cenoura com mix de castanhas – também está aqui no blog. Confira!

Memórias de um estômago com muitas lembranças…

caneloni com abóbora

caneloni com abóboraHoje é um dia muito especial. Isso porque o Memórias está gerando um fruto muito especial: o site NaSavassi acabou de lançar a sua mais nova coluna quinzenal. Uma coluna de gastronomia com nada mais nada menos que euzinha no comando, ou melhor, no computador!

É… o Mémorias está no NaSavassi!!! Bom demais da conta. Precisávamos dividir isso com vocês, afinal aqui é o nosso porto seguro e vocês precisam saber destas novidades em primeira mão!

Desta vez, contei sobre a receita de um Caneloni recheado com Abóbora e Orapronobis. Delicioso. Vale a pena conferir e testar.

Mais ainda, para quem é de BH ou mora lá, vale a pena conhecer o NaSavassi e acompanhar sua programação.

E neste momento jabá, confira o causo e receita no NaSavassi

Sucesso da criançada: Bolo cor-de-rosa de beterraba

Bolo beterraba

Bolo beterrabaTenho uma tia que é cozinheira de mão cheia e  adora fazer doces (acho que deve ter alguma coisa genética, né?).  Eu tenho e uso várias receitas dela, mas nunca tive a oportunidade de fotografá-las e escrevê-las aqui.

Eis que a oportunidade surgiu. Pois, neste feriado, preparei um café-da-manhã especial com várias coisas gostosas, mas saudáveis, para receber alguns amigos e seus filhos aqui em casa.

Então, resgatei uma das receitas da tia Marília: Bolo Cor-de-Rosa de Beterraba. Eu fiz o bolo puro, mas pode-se colocar uma calda de chocolate com mel por cima. Delicioso e nutritivo! Sucesso com a criançada, principalmente com as meninas. Confira a receita abaixo.

 

Bolo de Beterraba da Tia Marília
 
– 1 xícara de suco de laranja

– 4 xícaras de beterraba picada (cerca de 4 beterrabas)

– 3 ovos

– 1 e 1/2 xícaras de açúcar cristal

– 3/4 xícara de óleo

– 3 xícaras de farinha de trigo

– 1 colher (sopa) de fermento em pó

– pitada de sal
 

Modo de preparo:

Bater o suco de laranja e as beterrabas no liquidificador. Reservar.
Bater as claras em neve e reservar.
À parte, bater as gemas, o açúcar e o óleo, na batedeira. Desligar a batedeira e acrescentar, aos poucos, o suco batido. Adicionar a farinha de trigo e misturar bem, incorporando tudo. Por último, colocar as claras em neve, o fermento e o sal. Misturar tudo e levar a assar em forma untada e enfarinhada.
Assar em forno à 180 graus.

Olha pro céu, meu amor… foi aberta a temporada da canjica!

canjica

canjicaAinda em ritmo de festa junina, fiz a minha primeira leva de canjica! E todo ano me pergunto: por quê a gente só faz canjica nesta época???

Bem, no meu caso, a resposta é simples: porque me acabo de tanto comer. Definitivamente, não consigo ficar só num pratinho!

É aquela receita fácil de comer e fazer, mas tem seus truques. E, como várias pessoas me perguntaram como preparar, coloco aqui a receita que sempre utilizo.

Eu gosto de preparar uma quantidade maior, pois a cada dia ela vai ficando mais gostosa. 

 Só neste ano, descobri que tenho uma sócia: minha filha apaixonou-se também! Acho que vou ter que fazer mais!!! canjica

Receita de Canjica (simples e com complementos deliciosos – serve 12 porções)

– 500g de canjica (deixada de molho em água de um dia para outro, pelo menos por 8 horas)

– 1,5l de água

– 2l de leite

-500ml de leite de côco

– 100g de côco ralado

– 300g de açúcar

– 2 a 3 pauzinhos de canela

– 3 cravos da índia

– opcional 1: 200g de amendoim torrado e moído

– opcional 2: 200g de queijo minas em cubinhos (coisa de mãe mineira…)

Modo de Preparo:

1- Deixar a canjica de molho de um dia para o outro. Escorrer a água e colocá-la para cozinhar em fogo brando com a água. Deixar ferver por cerca de 1h30min, mexendo de vez enquando para não grudar.

2- Após este período, acrescentar a canela, cravo, leite e leite de côco. Deixar ferver novamente. Acrescentar o açúcar e o côco. Deixar cozinha por mais uns 45 minutos até os grãos estarem bem macios e o caldo mais grosso.

3- Você pode servir com um pouco de amendoim torrado e moído ou com cubinhos de queijo ou com tudo junto misturado… Uma delícia!

Bom apetite!