Dica de menu fácil e delicioso

frango com tangerina

frango com tangerina Uma coisa que tem me dado muito prazer ultimamente é juntar um grupo de amigos que estão a fim de cozinhar e dividir o pouco que conheço deste universo.

São sempre encontro super agradáveis e saborosos!!!!

Este último foi uma turma que queria aprender o be-a-bá, mas com um toque especial. Apelidamos o grupo do “Adeus ao caldo Knorr” – nada contra, mas dá pra evitar, né?

Receitas práticas e gostosas. Então, aproveitei algumas receita que já havia feito para o blog e outras novas… Faça você também!

Saladinha de cenoura e cominho: esta receita está aqui no blog 

Frango ao molho de Tangerinas. (serve de 4 pessoas) 

 – 4 Filés de frango partidos em escalopes.
– 2 xícaras de suco de tangerina

– 1 colher (sopa) de farinha de trigo

– 1 dente de alho espremido

– 1 colher de chá de páprica

– 1 colher de sopa de sálvia seca

– raspinhas da casca de 2 tangerinas

– sal e pimenta à gosto

– 8 gomos de tangerina para enfeitar

Modo de Preparo:

1- Temperar o frango com alho, sal, pimenta e sálvia. Deixar marinar por 15 minutos.

2- Dourar o frango em panela com óleo quente. Acrescentar a farinha de trigo, o suco de tangerina e demais ingredientes (exceto raspas e gomos). Deixar levantar fervura e encorpar o caldo. Acrescentar as raspas e gomos e servir imediatamente.


Batatas gratinadas ao forno (serve 4 pessoas)

 – 4 batatas médias

– 2 colheres de manteiga ou 6 colheres de azeite

– ramos de alecrim ou sálvia

– Sal grosso e pimenta do reino

 Modo de Preparo:

1- Descascar as batatas e partí-las em rodelas finas. Cozinhá-las rapidamente para ficarem ao dente. Dar um choque em água gelada para cessar cozimento e escorrê-las.

2- Em um tabuleiro untado com a manteiga ou azeite,  dispor as batatas e regá-las com manteiga ou azeite também.

3- Salpicar sal e pimenta do reino e assar em forno médio, virando-as de lado até dourarem.

 

Arroz com amêndoas (serve 4 pessoas)

– 2 xícaras de arroz

– 4 xícaras de água morna

– ¾ xícara de amêndoas em lâminas

– 2 dentes de alho espremido

– ¼ de cebola média picada miúda

– 1 colher (chá) sal

– fio de azeite ou 2 colheres de manteiga – opcional

 Modo de Preparo:

1-      Em uma panela com o óleo, em fogo médio, refogar a cebola até ficar ficar transparente. Acrescentar o alho, sal e a água. Quando levantar fervura, acrescentar o arroz. Abaixar o fogo, tampar parcialmente a panela e deixar cozinhar até secar. Provar e verificar tempero e textura. Se necessário, acrescentar mais água.

2-      Desligar a panela. Em uma frigideira com azeite (ou manteiga), refogar as amêndoas e acrescentar o arroz – Se não quiser acrescentar a manteiga, apenas tostar rapidamente as amêndoas e acrescentar o arroz). Misturar e servir imediatamente.

Bolo de Cenoura com mix de castanhas – também está aqui no blog. Confira!

Dia dos Pais

Shanks de Cordeiro

Quer curtir seu pai e toda a familía com o melhor presente? Então, cozinhe você o almoço! 

Sugerimos aqui um menu super simples, delicioso, confortante e que não levará horas para fazer. Enquanto está tudo no forno você curte o paizão e ainda ganha os méritos de cozinheira do ano!

Nota especial: Este menu foi preparado carinhosamente para os pais maravilhosos que nossos filhos tem! Feliz Dia dos Pais!

Sugestão para 6 pessoas

Entrada:  Salada de rúcula e camembert

Prato Principal:  Shank de Cordeiro com polenta cremosa

Sobremesa: Torta de maçã

Salada de Rúcula e Camembert

– 3 maços de rúcula orgânica

– 6 queijos camembert pequenos (3cm de diâmetro)

– 2 ovo

– 1  xícara de farinha de rosca

– 1 xícara de castanha de cajú moída

– 3 colheres de sopa de vinagre balsâmico com pera (este é melhor porque é mais adocicado e a pera combinha com o queijo, mas pode-se substituí-lo pelo tradicional)

– 9 colheres de sopa de azeite de qualidade

– sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Lavar as folhas de rúcula, secar, dispor em pratos individuais e reservar.

Bater ligeiramente com um garfo os 2 ovos em uma vasilha aberta. Misturar a farinha de rosca e castanha e colocar em outra vasilha aberta. Pegar os queijos e empanar, passando-os pelo ovo e depois pema mistura da farinha. Repetir este processo por 2 vezes, cobrindo toda a superfície do queijo.

Colocar os queijos empanados para dourar em uma frigideira antiaderente, untada com óleo,  aquecida em fogo baixo. Virar cuidadosamente com uma pinça ou espatula, até dourá-lo por completo, inclusive as laterais.

Enquanto isso, misturar o azeite, vinagre, sal e pimenta, emulsionando ligeiramente com um misturardor ou garfo até engrossar um pouco. Distribuir o molho sobre as folhas e colocar os queijos sobre tudo. Servir imediatamente.

Shank de Cordeiro com polenta cremosa

– ½ xícara de farinha de trigo
– 6 shanks de cordeiro
– Sal e pimenta-do-reino, o quanto baste
– 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
– 2 colheres (sopa) manteiga
– 2 cenouras, finamente picadas
– 1 cebola, finamente picada
– 1 talo de salsão, finamente picado
– 1 ramo de alecrim picado
– 2 colheres (sopa) de tomilho picado
– 4 dentes de alho picados
– 2 xícaras de caldo de galinha
– 2 xícaras de vinho tinto
– 200 g tomate pelado, sem sementes e picados
– ½ litro de água
– ½ litro de leite
– 1 xícara de fubá de milho pré-cozido ou polenta pré cozida
– 4 colheres (sopa) de manteiga
– sal a gosto

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 160 graus. Cubra a ponta do osso de cada shank com papel alumínio. Isso ajudará que o pouco de carne que estiver no osso não se queime e manterá uma aparência melhor. Tempere a carne com sal e pimenta. Passe a carne pela farinha.

Em uma panela suficientemente grande que caibam os 6 shanks e que possa ir ao forno aqueça 2 colheres de azeite e 2 colheres de manteiga. Coloque a carne para dourar, uma de cada vez, para que a temperatura do azeite não caia e você não acabe cozinhando a carne ao invés de dourá-la. Reserve.

Em fogo médio, despeje as duas colheres restantes de azeite na panela. Adicione a cenoura, a cebola, o salsão, o alecrim e o tomilho e refogue, mexendo até que os vegetais estejam tenros – de 6 a 8 minutos. Acrescente o alho e cozinhe por mais 1 minuto.

Regresse a carne para a panela. Tenha o cuidado de colocá-las em pé, ou seja, os ossos para cima. Acrescente o vinho e espere que o alcool se evapore. Uns 3 a 4 minutos. Misture o caldo de galinha e os  tomates com o refogado da panela. Cozinhe em fogo baixo com alguns minutos de fervura e retire a espuma que vai se formando com uma escumadeira. Tampe a panela e leve ao forno por cerca de 2 horas, até que a carne esteja bem macia, começando a soltar do osso.

20 minutos antes de terminar o cozimento da carne, prepare a polenta. Coloque a água para ferver com a manteiga. Misture o fubá com o leite. Quando a água levantar fervura acrescente a mistura de fubá e cozinhe, em fogo baixo mexendo sempre até que a polenta esteja cremosa (o tempo de cozimento dependerá do fubá que você utilizar. Dê uma checada nas instruções da embalagem). Corrija o sal, se necessário.

Para servir (nada de panelas sobre a mesa!), retire o papel aluminio dos ossos. Coloque uma porção de polenta no prato e por cima um shank de cordeiro. Regue com o molho.

Torta de maçã

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
– 150 g de manteiga gelada, cortada em pedaços
– 4 a 6 colheres (sopa) de água

Recheio (pode ser preparado com antecedência):
– 1,5 kg de maçãs
– 1/3 xícara de farinha de trigo
– 1/2 xícara de açúcar mascavo
– 1/2 colher (chá) de canela em pó
– 1/4 colher (chá) cravo moído
– 1/4 colher (chá) anis estrelado moído
– Suco de 1 limão
– 2 colheres (chá) de conhaque

Cobertura:
– 1/3 xícara de açúcar
– 1 gema de ovo

Modo de preparo:

Aqueça o forno a 160° C. Misture a farinha, o açúcar e a manteiga num processador de alimentos utilizando a tecla pulsar até que obtenha a consistência de farofa. Não bata muito pois a manteiga se derreterá e não é isso que queremos! Transfira esta farofa para uma bancada de trabalho. Adicione a água, uma colher de cada vez e amasse delicadamente com as pontas dos dedos até formar uma massa homogênea. Leve à geladeira por aproximadamente 15 minutos para descansar.

Misture os ingredientes secos do recheio. Descasque e fatie as maçãs (para esta torta eu prefiro pedaços ou fatias grossas) acrescente o limão, o conhaque e a mistura acima aos poucos. Deixe descansar para formar caldo.

Montagem da torta:
Divida a massa em duas partes. Abra em superfície enfarinhada com um rolo na espessura de 3 mm ou entre duas folhas de clingfilm para facilitar a transferência para a forma.

Transfira a massa para uma forma ou pirex de 24 cm untada com manteiga, deixando uma borda para fechar depois com a parte superior. Coloque o recheio, mas sem muito caldo e cubra com o restante da massa. Aperte as laterais como na foto. Faça cortes na tampa para que saia o vapor.

Pincele com a gema e polvilhe o açucar. Asse em forno pré-aquecido por cerca de 45 minutos ou até dourar. Sirva quente acompanhada de uma bola de sorvete de creme.