Cuscuz de Tapioca com calda de goiabada

Se joga nesta delícia!

Quer coisa mais brasileira que cuscuz de tapioca? Quando era criança, sempre ficava ansiosa pela chegada na praia durante as férias para brincar, é claro, e para comer cuscuz de tapioca. Aqueles que vendem no calçadão da praia com leite condensado… huuuummmm.

Esta versão, respeita o modo de preparo do cuscuz e dá um toque especial com a calda de goiabada. Sucesso na certa!

E você não imagina como é fácil fazer!

Filme produzido pela Frame22, receitas deste blog aqui. Feito com carinho para a Casa&Video, onde você encontra todos os utensílios usados aqui.

Coco, coco, cocada ♪♫♩♫ é cocada pro Natal!

Se tem coco, eu gosto! E cocada então, nem se fala! Cocada tem gosto de festa e de Natal também, por que não? 

Teve um tempo que eu fazia cocada e  presenteava! Colocava em um pote de vidro grande  e quem ganhava, chegava enjoar de tanta cocada rsrs!

Ok, com essa quantidade de açúcar e gordura ( mesmo sendo vegetal é gordura!) não é tão saudável, mas em dia de festa pode! O coco tem  excelente teor de sais minerais, como potássio, sódio, fósforo e cloro, assim como fibras.

O bacana é que os que estão evitando lactose podem comer! Essa cocada foi fotografada pela minha irmã para quem tenho cozinhado os quitutes sem lactose, na verdade ela é intolerante a caseína, a proteína do leite, a bichinha fica toda empolada se come algo com sua inimiga rsrs!

coco orgânico

 Pra quem não consegue encontrar coco fresco com facilidade  existe o Finococo que além de ser orgânico tem um preço bastante justo! Como sou viciada em coco,  sempre tenho em casa! Dura bastante porque é embalado a vácuo.

Enfim, uma sobremesa brasileira, deliciosa que pode até virar presente!

Até a próxima com mais ideias de Natal! Beijos.

 

Cocada
Print
Ingredients
  1. 3 xícaras de coco ralado orgânico
  2. 3 xícaras de açúcar orgânico
  3. 1 1 1/2 de água
Instructions
  1. Em uma panela, de preferência de cobre, em fogo alto, coloque a água, o açúcar e misture. Quando atingir o ponto de fio, adicione o coco. Misture bem. O liquido vai secando e você mexendo de vez em quando. Quando a quantidade de líquido diminuir por mais da metade está pronta. Em uma superfície limpa, de preferência de mármore, coloque a cocada às colheradas.Quando estiver seca, vai soltar facilmente.
Notes
  1. Ponto de fio é quando ao derramar o liquido de uma colher a última gota desce densamente formando um fio bem fininho. Para saber se a cocada está no ponto, coloque uma colher de chá de cocada sobre uma superfície limpa e lisa, o mármore, se o liquido escorrer, se separando da cocada, ainda não está pronta. O ponto é quando o liquido fica denso e não escorre sobre a superfície, assim a cocada ficará molhadinha por dentro.
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Docinho bem saudável para comemorar!

Docinho de tâmaras e damascos
Print
Ingredients
  1. 6 damascos secos
  2. 6 tâmaras secas sem caroço
  3. 1/2 xícara de água
  4. 6 nozes
  5. 1 colher de sopa de agave ( ou mel)
  6. 50g de coco ralado
Instructions
  1. Em uma panela coloque as tâmaras e os damascos com a água. Quando ferver, desligue.
  2. Depois que esfriar os damascos e tâmaras, processe ( se não tiver processador, use a função pulsar do liquidificador) todos os ingredientes, apenas reserve metade do coco para decorar os docinhos
  3. Forme bolinhas com uma colher de chá da massa, envolva com o coco ralado e sirva.
Adapted from Nutrição Holística
Adapted from Nutrição Holística
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/
Ficou bonito demais este Memórias, né gente?! E a ocasião é pra comemorar, aniversário da Patrícia, aniversário da Letícia, esse visual novo lindo e o meu aniversário domingo que vem!
Quando a gente pensa em festa, ninguém pensa em equilibrar o cardápio, enfia o pé na jaca mesmo rs! Fiz uma palestra semana passada em uma academia, meu amigo professor de aula de ritmos, aquela que as pessoas dançam e queimam calorias a beça, estava se despedindo e como ele casino pa natet é muuuuito amado, fizeram uma festinha surpresa.E ai foi engraçado porque depois daquele falatório todo, o que foi que serviram? Fritura, bolo com camadas generosas de creme entre outros rsrs! Saí de lá pensando, acho que estão faltando opções de comidinhas pra festejar que sejam bem prazerosas e saudáveis! Então aqui vai o meu docinho DELICIOSO sem açúcar ( só a frutose natural) e leite !!!!O damasco é rico em fibras, vitamina C, potássio e outros minerais como o magnésio, cálcio e sódio. As tâmaras secas também contém minerais essenciais para a boa nutrição como cálcio, magnésio, potássio, cobre e selênio.Os principais nutrientes das nozes são: Ômega-3 e 6, vitaminas C e E, zinco, potássio.Isso sem falar do coco, com potássio, sódio, fósforo e cloro! Então, um brinde à saúde!

Semifredo de côco com ameixa para refrescar o domingo!

semifredo de coco com ameixas1

semifredo de coco com ameixas1No verão, a gente quer sobremesas refrescantes. Mas eu estava cansada daquelas que eu fazia normalmente, mais cítricas. Queria algo com côco, chocolate… será que alguém me entende???

Então resolvi adaptar uma receita que adoro para uma versão digamos mais frozen!

Ela ficou tão gostosa que fiz na época do Natal para uns amigos e minha mãe, cozinheira de mão cheia, depois que provou, não para de me ligar para pedir para eu escrever e mandar a receita… Mãe, aí vai! Antes tarde do que nunca…

 

Semifredo de Côco com  Ameixa

Para o doce de ameixa:

– 160g de ameixa (aprox. 1 xícara)

– 80g de açúcar

– 100g de água

Para o semifredo:

– 175g de chocolate branco (um tablete grande comprado em supermercado normalmente tem este peso – eu usei chocolate belga! Áh! Não seja tão purista dizendo que chocolate branco não é chocolate…)

– 90g de côco ralado em flocos grosso

– 300g de cream cheese

– 100g de açúcar

– 150ml de creme de leite fresco

– 1 col. (café) de pasta de baunilha (vc pode usar a essência ou até a fresca, neste último caso, utilize 1/4 da fava)

 

Decoração:

-Você pode escolher enfeitar com placas de chocolate branco ou com suas raspas ou até mesmo com flocos ou fitas de côco. Eu fiz as placas de chocolate branco em transfer estampado.

 

 

Modo de Preparo:

Doce de ameixa:

1- Colocar todos os ingredientes em uma panela cozinhar em fogo alto até levantar fervura. Depois, baixar o fogo e misturar até obter uma textura de geléia mole. Deixar esfriar.

Semifredo de Côco:

1- Derreter o chocolate (em banho-maria ou no microondas em potência média). Reservar.

2- Bater o creme de leite em chantily. Reservar.

3- Em uma batedeira, bater cream cheese, açúcar, côco, baunilha até ficar homogêneo. Acrescentar e incorporar o chocolate já frio.

4- Acrescentar 1/3 do chantily, misturando levemente com uma espátula. Incorporar o resto do chantily na sequência.

5- Despejar metade da mistura em uma forma de bolo inglês (indiquei esta forma por ser a mais fácil de se ter, mas utilizei uma em forma de semi-cilindro), forrada com papel filme o suficiente para cobrir toda a mistura.

6- Acrescentar o doce de ameixa, já frio,  no meio da forma, deixando uma borda sem o recheio para que ele não apareça. Despeje a outra metade do semifredo. Cubra com o papel filme e leve ao congelador por pelo menos 4 horas (até a hora de servir).

7- Desenformar e enfeitar à gosto.

Nota: na foto, o recheio aparece pois já havia cortado a primeira fatia para ele aparecer… Delicie-se!

Gostosuras e travessuras: Palha Italiana com Cereja e a Festa de uma Princesa

Bombom de Palha Italiana com Cereja

Festa princesa - detalhe decoraçãolembrancinhas da princesamesa docesA minha tão esperada pequena chegou no início deste mês, depois de 40 (quase 41) semanas de espera e paciência. Em meio a toda a alegria desta chegada, tive também que cumprir uma promessa feita à minha outra filha: organizar uma festinha de aniversário atrasado para ela poder trazer os coleguinhas de escola aqui em casa. Detalhe importante: tinha que ser uma festa de princesa, ter bolo de castelo e a festa aconteceu menos de 20 dias depois do nascimento da minha segunda filhota. Aaaaaaahhhhhhh! Mais um viva ao parto natural!!!

Não posso negar, esta foi uma promessa muito prazerosa. Afinal, voltei a colocar a mão na massa e organizei tudo com muito carinho. Cuidei da decoração e dos docinhos. O resto contratei na maior correria… Uma amiga nos presenteou com o bolo (tks god!) e popcakes! mesa de doces e minha ajudantemaçãzinhas da branca de nevebrigadeiros com raspas de chocolate belgaOutros amigos vieram ajudar a enrolar docinhos, arrumar decoração etc… Minha mãe, a aniversariante e meu marido também botaram a mão na massa e o mutirão valeu a pena!

O sol nos presenteou com sua presença ilustre, apesar de todas as previsões de tempo indicarem um dia frio e chuvoso. Enfim, tudo perfeito para celebrar a vida e os amigos!

Como a aniversariante ama cereja, em sua homenagem resolvi postar a receita deste docinho que sempre faz o maior sucesso! Confira abaixo:

Bombom de Palha Italiana com CerejaReceita de Bombom de Palha Italiana com Cereja:

– 1 lata de leite condensado

– 1 colher de sopa de manteiga

– 1 gema

– 175g de biscoito maizena

– 150g de cereja em calda (sem a calda) picada

– açúcar refinado para confeitar as bolinhas e papel celofane para embrulhar.

Modo de preparo:

1- Fazer o brigadeiro branco, em uma panela de fundo grosso levada ao fogo baixo com o leite condensado, a manteiga e a gema. Misturar até desprender do fundo, fazendo o ponto de enrolar. Deixar esfriar.

2- Acrescentar o biscoito quebrado em pedaços pequenos e a cereja. Misturar bem na massa do brigadeiro. Reservar.

3- Com as mãos untadas, fazer bolinhas, passar no açúcar refinado e enrolá-las no papel.

É só servir para a garotada de todas as idades!

 

 

 

 

O Sexo e a Cozinha – Hummmmmm!

sex and theDepois que entrei para o mundo da gastronomia conheci muita gente interessante. Na sua maioria ex-alguma coisa que um dia se encheu da vida corporativa e foi seguir o rumo das panelas. São várias histórias, algumas bem similares à minha outras nem tanto.

Tem gente que abandonou a profissão tem outros que foram abandonados! Depois de muito insistir não teve jeito; a gastronomia era o caminho a seguir.

Mas nem todos acabam atrás de um fogão!

Alessander Guerra, blogueiro do Cuecas na Cozinha é um exemplo disso. Ele criou o blog, escreveu o livro Escola de Maridos e Afins – Ed. Cooklovers, para auxiliar homens não muito talentosos com receitas fáceis e agora lança seu novo livro “Sex and The Kitchen – O Sexo e a Cozinha” – Ed. Melhoramentos

O livro fala da história de  um casal que se une pela gastronomia! Vejam só este trechinho que roubei do Ale (com autorização, claro!):

“G ficou ensandecido. Sentir aquilo, vê-la e enxergar nos olhos dela o profundo desejo de provar até a última gota da calda, servida em lugar mais do que apropriado, segundo seu ponto de vista, foi uma sensação quase orgástica.”
Jantar das Arábias.

Recheado de receitas maravilhosas de chefes convidados o livro é prazer do começo ao fim! Na página oficial do Facebook também tem a trilha sonora do casal! Amei!!

“Havia muita vontade, muito desejo pairando no ar. (…) A seleção musical, que tanto os inspirou até o momento, levando-os inclusive a um delicioso e excitante sexo, já havia acabado. Agora ‘All I Want is You’ [U2 – Rattle and Hum] teria para sempre outro significado em suas vidas.” (Trecho do capítulo “Às vezes transamos rock, às vezes transamos blues”

Agora se tudo isso não te animou, veja a receita que postamos abaixo. Quente e frio… Macio e crocante… Doce e azedo… Ui! De arrepiar!

 

 

Apple Crumble Pie (para 8 tortas individuais)

2 kg de maçã verde
200 g de açúcar
9 g de canela em pau
90 g de manteiga sem sal
2 ml de suco de limão
150 g de manteiga
150 g de farinha de trigo
150 g de farinha de amêndoa
75 g de açúcar
60 g de amêndoa laminada
sorvete de creme
Descasque as maçãs, retire as sementes e pique em cubos de tamanho médio.
Polvilhe o açúcar, junte a canela e deixe repousar por cerca de 2horas.
Em uma panela, derreta a manteiga, acrescente o suco de limão e a maçã e cozinhe até que esteja macia. Reserve.
Em um recipiente grande, misture a manteiga, as farinhas de trigo e de amêndoa, o açúcar e, por último, a amêndoa laminada.
Coloque o recheio de maçã nos ramequins até um pouco acima dametade. Complete com o crumble, cobrindo toda a superfície e formando pequenas bolinhas com o auxílio das mãos. Leve ao forno a180°C por cerca de 15 minutos, para dourar a superfície e aquecer o recheio. Sirva a torta quente com uma bola de sorvete de creme por cima.

Releitura 80’s: Pavê de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas VermelhasHá alguns dias, recebi alguns amigos queridos para almoçar aqui em casa. Com uma barriga de 9 meses, a preguiça ataca e a gente acaba querendo muita praticidade.

Para combinar com o sol e a piscina, optei por um galeto de televisão de cachorro (é…eu tenho uma e AMO!!!!!!) com legumes -mini batatas, cebolinhas, cenoura e beterrabas orgânicas – dourados na gordura e no tempero do próprio galeto com raminhos de alecrim. Foi só colocar no forno e curtir os amigos.

Para acompanhar este almoço, queria uma sobremesa leve e frugal. Lembrei-me de uma receita que aprendi no meu primeiro curso de culinária, aos 9 anos de idade… nem vou comentar quanto tempo faz.

Convidei minha filhota para fazer comigo e dei uns toques mais atuais. Foi o maior sucesso!

 

Receita de Pavê de Frutas Vermelhas – Releitura do Pavê de Morangos:

– 2 pacotes de biscoito champanhe.

– 2 caixas de morangos frescos

– 200g de framboesas congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis e bem mais caras…)

– 150g de amoras congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis…)

– 3/4 de xícara de açúcar mascavo

– 40ml de licor de laranja (Cointreau por exemplo)

– 500ml de creme de leite fresco

– 1/2 xícara de açúcar de confeiteiro

– raspas de uma laranja bahia

Modo de Preparo:

1- Macerar as frutas já limpas e picadas grosseiramente, com o açúcar mascavo e acrescentar o licor. Reservar.

Pave de frutas vermelhas preparo2- Na vasilha que você servirá o pavê, dispor o biscoito, cobrindo o fundo, colocar um pouco das frutas, com o caldo sobre estes biscoitos, cobrindo-os cuidadosamente. Repetir o processo, deixando 2 camadas de cada. Reservar.

3- Na batedeira, bater o creme de leite em ponto chantilly, acrescentando o açúcar branco aos poucos para incorporá-lo bem.  – Nota: Cuidado para não virar manteiga – é só bater bem velocidade média até ficar firme. Acrescentar as raspas de laranja.

4- Dispor o chantilly sobre o pavê. Você pode colocar uma camada uniforme ou, como eu, utilizar um saco de confeitar com bico pitanga. Fica a seu critérios…

Voilá! Leve para a geladeira até a hora de servir e vá curtir seu dia!

Bolo de laranja com mel para adoçar o fim de semana!

Bolo de Laranja e mel 2

Bolo de Laranja e MelEstou aqui na expectativa da chegada da minha filhota. Hoje começaram algumas contrações. Vamos ver se é agora ou se é alarme falso… Darei notícias em breve.

Para adoçar este fim de semana que promete, divido com vocês uma receita que adorei. Ainda mais porque sou apaixonada pela forma que usei para fazer o bolo. Nesta forma, não dá para ser diferente, o bolo tem que ser de mel ou ter mel…

Testei algumas receitas, mas esta foi a que ficou mais legal na forma. O bolo é simples, mas o sabor o sabor é especial.

Receita de Bolo de Laranja, Farinha de Amêndoas e Mel:

– 2 laranjas bahia, sendo 1 com casca (sem semente) e outra sem casca (e obviamente sem semente)

– 3/4 de xícara de óleo de canola

– 3 ovos

– 1 xícara de açúcar

– 1/2 xícara de mel

– 1 pitada de sal

– 1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

– 1 e 1/2 xícaras de farinha de amêndoas

– 1 colher de sopa de fermento em pó

Para a calda:

– 1 xícara de mel

– 3 colher (sopa) de suco de laranja

– 1 colher (sopa) de suco de limão

– 1 pau casino online de canela

– 2 cravos

 

Bolo de Laranja e mel 2Modo de Preparo:

1- Pré-aquecer o forno  a 180 graus.

2- No liquidificador, bater todos os ingredientes, exceto farinhas e fermento, até formar um creme homogêneo.

3- Peneirar farinhas e fermento em um bowl e reservar.

4- Despejar a parte líquida sobre as farinhas e agregá-las cuidadosamente. Despejar em forma untada e enfarinhada e levar para assar por cerca de 30 minutos ou até ficar dourado e o palito sair limpo no teste do palito.

5- Deixar esfriar para desenformar.

6- Enquanto isso, fazer a calda: levar todos os ingredientes ao fogo médio até reduzir pela metade. Regar o bolo já desenformado com esta calda.

 

Bom apetite!

Bolo de aniversário para quem fez a nossa vida mais florida!

bolo flores de m&m

bolo flores de m&mDepois de um post super saudável, chego eu com minhas receitinhas rock ‘n roll para animar o fim de semana!  Val, segunda preciso de uma dica detox! ; )

Nesta semana, foi aniversário da minha filhota. Como estou na reta final da gravidez, esperando a chegada de mais uma integrante da família a qualquer momento, combinamos que comemoraríamos mais para frente. Porém, não dava para passar totalmente em branco. Então, acertamos que levaríamos um bolo à escolha dela para escola.

Qual foi sua decisão? Este delicioso vasinho de flores de M&Ms (impossível de resistir, né?…)

Como postei a foto em uma rede social, várias pessoas entraram em contato comigo pedindo dicas de como fazer, o que é realmente bem simples.

O legal deste bolo é que as crianças podem ajudar em sua montagem.

Confiram aqui!

Receita (ou melhor dicas) do Bolo de Flores de M&Ms:

O Bolo:

Você pode fazer o bolo de sua preferência e assar em uma forma redonda de 25cm de diâmetro. O importante é ser alto o suficiente para recheá-lo. Fiz um bolo de chocolate à base de iogurte, cuja receita você encontra aqui.

O Recheio:

Fiz um recheio de brigadeiro branco com côco – escolha da garotinha.:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de manteiga (30g)

– 2 gemas

– 50ml de leite de côco

– 1 xícara de côco ralado

Modo de preparo: levar tudo, exceto o côco, ao fogo baixo, misturando sempre até soltar do fundo da panela. Acrescentar o côco e misturar.

Antes de rechear o bolo, gosto de umidecê-lo com um pouco de calda ou com guaraná, no caso de bolo infantil. Mas neste utilizei leite de côco apenas para ficar menos doce.

Dica: Depois de recheá-lo, recomendo congelá-lo por cerca de 4 horas o bolo para ficar mais fácil modelá-lo com a cobertura. Quando for fazer a cobertura, retirá-lo do congelador um pouco antes. Assim, ficará perfeito para aplicar a cobertura de brigadeiro (se for fazer ganache, não precisa congelar…)

A Cobertura:

Para a cobertura, recomendaria uma ganache de chocolate. Pois é melhor para dar forma ao bolo. Além de ser menos doce que brigadeiro. Mas como a petit chef era quem mandava, tive que cobrir com brigadeiro de chocolate:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de chocolate em pó

– 2 colheres de sopa de manteiga

 Modo de preparo: Levar todos os ingredientes ao fogo baixo, misturando sempre soltar do fundo e, em seguida, cobrir o bolo com o brigadeiro ainda quente.

A Decoração – esta parte que as crianças amam!:

– 1 pacote grande de M&M (ou vários pequenininhos – pode-se usar outras marcas similares, mas as cores do M&M são as mais bonitas)

– palitos de biscoito com cobertura de chocolate (podem ser substituídos por Bis, KitKat, Tubettes de chocolate etc)

Modo de preparo: separar os m&ms por cores. No centro do bolo, colocar como o miolo de uma das flores, um m&m amarelo. Em volta dele, coloque 6 m&ms de outra cor. A partir do meio, alternar as cores das flores até chegar na borda. Em seguida, colocar os palitos de chocolate em volta do bolo, um bem ao lado do outro.

E, se quiser, para finalizar amarre uma fita de cetim em volta do bolo.

Boa festa!

A parte doce da Vida!

Foto: Nigella Lawson

Abrir um negócio é como ter um filho. Você se planeja (as vezes não!!), faz escolhas, sonha diariamente, perde o sono e só fala nisso! É exaustivo, mas gratificante. Ainda mais quando tudo parece dar certo – apesar das noites não dormidas… E eu já estive dos dois lados!

Como a Letícia anunciou aqui faz um pouco mais de 20 dias que abri as portas do Romã Armazém Gourmet, em São Paulo. Como tudo na minha vida, foi algo que aconteceu de repente mas que abracei forte e não deixei escapar. Me dediquei muito a este projeto e tive que deixar algumas coisas de lado por um tempo, como o blog. Mas, entre trancos e barrancos aqui estou de novo!!!

Abrir esta loja me proporcionou muitas coisas boas em tão pouco tempo. Rever amigos que hoje só o Facebook nos colocava tão perto foi uma das melhores. Quase todos os dias alguma visita inesperada sobe os degraus da loja e aparece por lá. Me arrancam lágrimas dos olhos e emoção de um coração já transbordado. É aí que percebemos que amor, carinho e doçura nunca é demais!! docura

Outra situação que estou adorando é poder caminhar para ir ao trabalho. Descubro novos lugares desta cidade que parece nos engolir com o trânsito, com a pressa, sujeira e poluição. Mas descobri caminhos alternativos, ruelas cheias de árvores e crianças brincando na rua. Um cafezinho simpático escondido entre grandes avenidas com seus  motoboys enfurecidos… E comigo sempre um podcast! Vou ouvindo conversas de pessoas adoráveis que não conheço mas que se mostram tão apaixonadas quanto eu pelo mundo da gastronomia. Confesso que outro dia enquanto escutava até respondia como se eu estivesse ali, naquela mesa, participando da conversa. Perdi o rumo e fui parar além do meu destino!

Um destes podcasts falava de como a comida ajuda as pessoas a curar a saudade de entes queridos que já morreram. Falava de filhos que perderam suas mães e foram para a cozinha relembrar a deliciosa lasanha de domingo, da esposa que ficou viúva e se aprimorou na arte do churrasco e de um neto que ao pensar que a receita de pudim de pão de sua amada avó poderia desaparecer, vasculhou suas coisas e encontrou muito mais do que doces lembranças.

Ouvindo isso me lembrei de uma receita de pudim de pão da Nigella. Eu nunca gostei da textura dos pudins de pão. Aquela massa batumada me lembrava pudim mal feito de padaria. Mas esta receita, que é tipicamente gringa, pois o pão vai aos pedaços na massa, não tem como não agradar. É fácil, reconfortante e… hummmm. É isso!

Pudim de Croissant e Caramelo (Serve 4, mas se as memórias forem tão doces 1 sozinho acaba com a travessa)

Foto: Nigella Lawson

4 croissant amanhecidos (quanto mais duro melhor)

200 gr de açúcar refinado

4 colheres de sopa de água

250 ml de creme de leite fresco, se possível

4 colheres de sopa de Bourbon (ou rum)

4 ovos ligeiramente batidos

1 punhado de passas negras hidratas por 30 minutos no Bourbon acima

 

Aqueça o forno a 180 graus.

Despedace os croissant grosseiramente e coloque em um refratário que possa ir ao forno.

Em uma panela coloque o açúcar e a água e misture para dissolver. Leve ao fogo baixo e deixe criar um caramelo cor âmbar, cuidando para não deixar queimar, aproximadamente uns 5 minutos. Com o fogo baixo despeje cuidadosamente o creme de leite. Isso espirrará horrores, mas não desista! Mexa essa mistura até que os torrões de açúcar se dissolvam no creme. Retire do fogo e acrescente as passas com o Bourbon. Sem parar de mexer acrescente os ovos batidos. Mexa vigorosamente para que os ovos não cozinhem no calor do creme e virem ovos mexidos caramelados!

Coloque essa mistura sobre os croissants e deixe descansar por 20 minutos até que os pedaços de pão estejam encharcados!

Leve ao forno pré aquecido por 20 minutos e prepare-se para ter um dos momentos mais deliciosos da tua vida!

 

Esta receita é muito prática. Podem ser usados croissant de chocolate, outros tipos de pães como brioche, pain au chocolate, ou mesmo o bom e velho pão francês. Pedaços de maçã, pera, banana ou pêssego que estejam sobrando na fruteira, ou mesmo uma geléia abandonada no fundo da geladeira também incrementam este doce reconfortante!