Love me, Tender… O Natal está chegando e o Tender voltou. Oba!

Tender classico natal

Tender classico natalEu também sou da turma que ama Natal! Desde criancinha. Gosto do clima festivo, gosto do clima (aquele calor chuvoso…), gosto dos ingredientes que voltam a ficar disponíveis nos mercados, enfim… gosto de tudo um pouco. Uma das opções que dá as caras é o Tender. Gostaria de começar uma campanha para que ele fique para sempre! #euamotender

Acho uma opção super prática que pode funcionar como petisco, prato principal, recheio de sanduíche, parte de uma salada… um coringa de fato. É prático mesmo. Até quem não sabe cozinhar, pode arriscar-se!

Assim que apareceu no supermercado, lá fui eu atacá-lo!

Como acompanhamento fiz um chutney de manga, que amo (já, já posto a receita e algumas ideias). Mas pode comprar já pronto.

Para o tender, fiz a receita mais tradicional. Acredito que é importante respeitar os clássicos. Claro que gosto de inventar (inclusive com o tender), mas tem tradição que nem precisa. É bom e ponto.

Neste dia, comemos, acompanhado por uma salada verde. Mas, para o Natal, vale caprichar na salada, fazer um couscous, por exemplo aquela receita que a Val postou aqui, ou arroz especial… mas fique tranquilo, ao longo deste mês daremos algumas dicas para você dar um show nas festas de final de ano!

Um brinde!

Receita Clássica de Tender com molho de tangerina
Print
Ingredients
  1. - 1 tender bolinha (em torno de 1 – 1,2kg)
  2. - suco de 2 tangerinas
  3. - cravos, o quanto baste
  4. - 2 colheres de sopa de mel
  5. Utensílio que facilita a vida: saco próprio para assar (dá para fazer sem, mas suja menos)
Instructions
  1. 1- Fazer cortes leves cortes na horizontal e vertical do tender, apenas para marcar e, em cada cruzamento, colocar um cravo. Passar o mel sobre a superfície do tender e colocar no saco para assar.
  2. 2- Dentro do saco, colocar o suco de tangerina e fechar, deixando um furinho para passar o vapor.
  3. 3- Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus e assar por cerca de 40 minutos.
  4. 4- Está pronto! O suco de laranja vira um delicioso molho de acompanhamento. Confira se está muito líquido. Em caso positivo, colocar em uma panela para reduzir um pouco e engrossar o molho. Não utilizo espessantes como farinha de trigo ou amido de milho, mas pode ser uma opção.
  5. Sirva com o acompanhamento que preferir.
  6. Boas Festas!
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Dica para o fim de semana: petisco para receber os amigos

Petisco de Melão com Presunto de Parma

Petisco de Melão com Presunto de ParmaFim de semana chegando e eu nem vi a semana passar…

Mas hoje é sexta-feira! Dia de relaxar, encontrar os amigos e, no meu caso, despedir dos cantos que mais curto de Curitiba… mas esta história fica para outro post.

Hoje quero deixar aqui uma dica, nem posso chamar isso de receita…

Fui receber uns amigos em casa e na correria não preparei nada. Mas meus amigos sempre esperam alguma comidinha especial quando vem aqui. Acho que os eduquei mal… rsrsrsrs

Então faltando alguns minutos para eles chegarem, fui correndo para cozinha e 2 coisas me salvaram… te conto aqui como fazer este petisco fácil e delicioso:

 

Palitos de Melão Cantaloupe com Presunto de Parma
Print
Ingredients
  1. - 1/2 melão cantaloupe
  2. - 200g de presunto de parma
  3. Utensílios: palitinhos ou garfinhos charmosos
Instructions
  1. Retire as sementes e a casca do melão. Corte-os em 4 a 5 fatias e reparta-os em cubos.
  2. Enrolar as fatias de presunto de parma (de modo geral 1 fatia cobre 2 cubos pequenos) e coloque em palitinhos ou garfinhos.
  3. Pronto! Leve, charmoso e delicado! Experimente neste fim de semana e nos conte aqui!
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Bolo de aniversário para quem fez a nossa vida mais florida!

bolo flores de m&m

bolo flores de m&mDepois de um post super saudável, chego eu com minhas receitinhas rock ‘n roll para animar o fim de semana!  Val, segunda preciso de uma dica detox! ; )

Nesta semana, foi aniversário da minha filhota. Como estou na reta final da gravidez, esperando a chegada de mais uma integrante da família a qualquer momento, combinamos que comemoraríamos mais para frente. Porém, não dava para passar totalmente em branco. Então, acertamos que levaríamos um bolo à escolha dela para escola.

Qual foi sua decisão? Este delicioso vasinho de flores de M&Ms (impossível de resistir, né?…)

Como postei a foto em uma rede social, várias pessoas entraram em contato comigo pedindo dicas de como fazer, o que é realmente bem simples.

O legal deste bolo é que as crianças podem ajudar em sua montagem.

Confiram aqui!

Receita (ou melhor dicas) do Bolo de Flores de M&Ms:

O Bolo:

Você pode fazer o bolo de sua preferência e assar em uma forma redonda de 25cm de diâmetro. O importante é ser alto o suficiente para recheá-lo. Fiz um bolo de chocolate à base de iogurte, cuja receita você encontra aqui.

O Recheio:

Fiz um recheio de brigadeiro branco com côco – escolha da garotinha.:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de manteiga (30g)

– 2 gemas

– 50ml de leite de côco

– 1 xícara de côco ralado

Modo de preparo: levar tudo, exceto o côco, ao fogo baixo, misturando sempre até soltar do fundo da panela. Acrescentar o côco e misturar.

Antes de rechear o bolo, gosto de umidecê-lo com um pouco de calda ou com guaraná, no caso de bolo infantil. Mas neste utilizei leite de côco apenas para ficar menos doce.

Dica: Depois de recheá-lo, recomendo congelá-lo por cerca de 4 horas o bolo para ficar mais fácil modelá-lo com a cobertura. Quando for fazer a cobertura, retirá-lo do congelador um pouco antes. Assim, ficará perfeito para aplicar a cobertura de brigadeiro (se for fazer ganache, não precisa congelar…)

A Cobertura:

Para a cobertura, recomendaria uma ganache de chocolate. Pois é melhor para dar forma ao bolo. Além de ser menos doce que brigadeiro. Mas como a petit chef era quem mandava, tive que cobrir com brigadeiro de chocolate:

– 2 latas de leite condensado

– 2 colheres de sopa de chocolate em pó

– 2 colheres de sopa de manteiga

 Modo de preparo: Levar todos os ingredientes ao fogo baixo, misturando sempre soltar do fundo e, em seguida, cobrir o bolo com o brigadeiro ainda quente.

A Decoração – esta parte que as crianças amam!:

– 1 pacote grande de M&M (ou vários pequenininhos – pode-se usar outras marcas similares, mas as cores do M&M são as mais bonitas)

– palitos de biscoito com cobertura de chocolate (podem ser substituídos por Bis, KitKat, Tubettes de chocolate etc)

Modo de preparo: separar os m&ms por cores. No centro do bolo, colocar como o miolo de uma das flores, um m&m amarelo. Em volta dele, coloque 6 m&ms de outra cor. A partir do meio, alternar as cores das flores até chegar na borda. Em seguida, colocar os palitos de chocolate em volta do bolo, um bem ao lado do outro.

E, se quiser, para finalizar amarre uma fita de cetim em volta do bolo.

Boa festa!

Piquenique: uma ideia deliciosa de aniversário!

Pincnic

PincnicO mês de Setembro foi repleto de deliciosas surpresas para nosso Blog. Inicialmente, fomos convidados a participar da semana de Hangouts do Google+ / Restaurant Week. Mas sobre isso a Patrícia fala em outro post.

Mas o mais gostoso, foi que a Patrícia e eu tivemos uma oportunidade única de preparar uma festa juntas! Nós já cozinhamos algumas vezes juntas, na casa uma da outra, mas pela distância geográfica, nunca fizemos um evento. A oportunidade foi perfeita!!!

Era uma festa de 3 anos cujo tema era Chapeuzinho Vermelho. Como seria feito em uma deliciosa área gramada, e para entrar no clima da história, bolamos um cardápio estilo piquenique. E para completar, a festa foi pela manhã, o que favoreceu muito este clima informal. Assim, as crianças ficaram bem à vontade para fazer o mais importante: brincar!

A Pati ficou responsável pelo serviço e pelo cardápio salgado. Eu, pelos bolos e pequenas delícias feitas com açúcar e afeto… Mas tivemos várias colaborações especiais, como da Val, da dupla de Eloízas, do Augusto e muito mais… ah! E eu me aventurei em outra praia: identidade visual e decoração! Tive que buscar no fundo do baú, pois há muito não me metia nisso. Frio na barriga…

Mas nada como um pouco de planejamento… depois de alguns de dias de trabalho, o grande dia chegou. O sol nos presenteou com o clima perfeito e a pequena aniversariante ficou deslumbranda com cada detalhe. Eba!!!!

espetinhos de frutasNo menu, tivemos opções leves próprias para o horário. Começamos com espetinhos de frutas, iogurte com mel e granola, mini bolos de marcujá, banana e bolo de iogurte. Mas também oferecemos vários tipos de sanduíches, omeletes e quiches. No doces, também fizemos tortinhas de maçã, cheesecake de frutas vermelhas, doce de abóbora com côco, além dos tradicionais doces de aniversário.

O bolo foi uma história a parte… como um dos personagens principais, ele contou um pouco da história da festa. Foi realmente o desafio para mim, mas as crianças gostaram tanto que valeu cada minuto de dedicacao!

Vamos postar ao longo dos próximos dias algumas das receitas deste evento tao prazeroso para o Memórias… Hoje começarei, não com uma receita, mas com a explicação / dicas de como fazer este bolo. Pois isso foi o que mais recebi como pergunta nos últimos dias.

Então vamos la!

 

Bolo de Aniversario de casinhaO mais complicado e construir o layout do que quer fazer. Como a história era sobre Chapeuzinho, resolvi o cenário de onde se desenrola a história: a floresta e a casa da vovó.

Para isso fiz:

1- o chão da floresta: que nada mais era que 4 receitas de brownie feitas em uma forma bem grande. Cubra o bolo com a calda de chocolate da sua preferência e construa o gramado.

2- Gramado: côco seco coolorido com corante verde comestível

3- Caminho da floresta: delimitei o caminho com pedrinhas que na verdade eram pé-de-moleque de caramelo glaceados com chocolate. Na estrada pus m&m de uma única cor.

4- Árvores: PopCakes de beterraba (escolhi este sabor por ser mais saudavel…) glaceados com chocolate e confeitados com o mesmo côco da grama.

5- Flores: feitas de jujubas, delicados e M&Ms

6- A casinha… esta foi uma história  a parte… a fiz de biscoito de gengibre, mas glacei com chocolate para mantê-lo crocante. Como não tinha forma específica, fiz o molde para cortar o biscoito. Porém quando ele assa, cresce e deforma um pouco. Então, para colocar a casa de pé, pus, uma base de bolo de chocolate, do tamanho da casa e colei as paredes com chocolate. Depois de seco, pus o telhado. Esperei mais um pouco… E então, confeitei a casa com cereais, tubettes cortados, jujubas e m&ms. Dá trabalho, mas foi muito prazeroso ver a expressão de encanto da minha filha quando viu tudo pronto.

Para dar o toque final, colocamos tags com os personagens da história espalhados pelo bolo.

Se voce tem crianças tente, de vez em quando, fugir destes lindos e perfeitos bolos de pasta americana e tente fazer um destes. O esforço, vale o sorriso!

Boa festa!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De volta à ativa com cocada de fita especial

Cocada de fita

Estava louca de vontade de voltar ao ritmo com as matérias do blog. Não foi por falta de presença na cozinha. Na verdade, foi pelo excesso e por um probleminha básico: meu computador está sem memória por causa das fotos… sei que alguém vai dizer, faça um backup em um HD externo. A verdade é que já fiz, mas estou com medo de deletar estas fotos e perder parte da minha história… bons tempos aqueles dos negativos…. hahahaha. Mas serei corajosa e resolverei isso logo. Por enquanto… peguei o leptop da sogra emprestado…

Bem, e como estou de pernas para o ar nestas 2  semaninhas de férias,  será mole botar a vida em dia… ou não (como diria o Caetano)…

Nesta última semana, fiz os doces de um evento muito especial: o casamento da Lua e do Ted. Foi em Búzios, em um espaço lindo, a beira da Praia com direito a um pôr-do-sol espetacular! Para isso, mudei a sede da Dorothy temporariamente para este paraíso. É… a Dorothy Pot avançando fronteiras!!! Foi uma aventura!

Um dos doces desta festa deliciosa foi uma cocada de fita. É um doce simples, mas lindo, bem brasileiro, casino online src=”http://memoriasgastronomicas.com.br/wp-content/uploads/cocada-de-fita-300×225.jpg” alt=”Cocada de fita” width=”300″ height=”225″ />super alinhado com o evento e de sabor especial! Divido aqui a receita com vocês, mas se ficarem com preguiça de fazer… podem encomendar de mim!!! ; )

Receita de Cocada de Fita:

– 500g de açúcar refinado

– 200ml de água

– 300g de coco em fita (pode ser seco ou fresco, sendo que o primeiro tem uma durabilidade maior)

– 1 cravo

– 1 canela em pau pequena

Modo de Preparo:

Em uma panela, colocar todos os ingredientes (exceto o côco) para fazer uma calda. Quando levantar fervura, retire o cravo e a canela e acrescente o côco. Misture até a calda ficar bem incorporada ao côco e começar a cristalizar (esbranquiçar). Neste momento, desligue o fogo e vá retirardo as colheradas da cocada para formar montinhos para fazer unidades da cocada e deixar esfriar. Pronto! É uma delícia!!!

Nota: apenas umas dicas para fazer os montinhos de cocada, você pode utilizar forminha de empada para facilitar. E se começar a ficar muito quebradiça, leve ao fogo baixo para derreter o açúcar de novo.

Mais festa e fudge de chocolate com cereja para adoçar a semana

Fudge de Cereja

Fudge de CerejaDepois desta semana de comemorações, com o centésimo post sendo esta maravilha de homenagem da Pati aos 100 anos de nascimento da Bisa e do post celebrando o Ano Novo judaico, temos que continuar em festa.

E continuo falando sobre a festa da pequena…

Além das parceiras que já comentei no post anterior, contei com uma ajuda mais que especial: D. Eloíza, minha mãe.

Sei que já falei de suas prendas em outras matérias, mas não me canso de admirá-la. Ela me ajudou em todas as etapas, foi a principal responsável pelo almoço e também foi a responsável por lembrancinhas fofas: tercinho e divino espírito-santo pintados por ela! Coisas que ficam na nossa memória para sempre!

lembrancinha divino espírito santovasinho de floresVovóPara seguir a tradição, servimos um Bacalhau à Gomes de Sá e uma carne  assada. Tanto o  bacalhau como o vinho branco – o português Grandjó, foram iguais ao servido no meu batizado… celebração cheia de significados.

Mas chega de causo e, à pedidos, coloco aqui outra receita que fez o maior sucesso na festa: Fudge de Chocolate Meio Amargo com Cereja.

Esta é mais uma das receitas que aprendi no curso da Simone Izume que fiz na semana anterior e que contei no outro post. Apenas mudei o recheio. Super fácil e que dá um toque super especial!

Receita de Fudge de Chocolate Meio Amargo com Cereja

– 400g de chocolate Meio Amargo

– 1 lata de leite condensado

– 17 caramelos (eu usei aqueles tradicionais da marca Embaré)

– 50g de manteiga

– 200g de cereja glaçada seca (aqui no Brasil não se acha a cereja seca, então consegui esta glaçada. Ficou legal)

Equipamentos necessários: forma retangular pequena e papel celofane.

Modo de Preparo:

Derreter o chocolate em banho maria ou no microondas, em potência média. Reservar. Juntar o leite condesado com os caramelos em uma vasilha funda. Levá-los ao microondas até derreter o caramelo. Acrescentar a manteiga e misturar até derretê-la por completo. Acrescentar o chocolate já derretido e, por último, as cerejas.

Colocar a mistura em uma forma de cerca de 18 x 25 cm, já previamente, forrada com papel celofane. Cobrir com as pontas do papel celofane, cobrindo a massa completamente e nivelando-a.

Levar ao freeezer por volta de 1h ou até ficar bem dura. Retirar, cortar em quadradinhos ou no formato desejado, salpicar cacau em pó para decorar e servir.

Brigadeiro de festa num dia repleto de alegria.

Brigadeiro de Mel

Brigadeiro de MelEstou de volta! Passei um tempo distante, mas já estou aqui novamente e com força total! Neste período, muita coisa aconteceu. Algumas delas tristes – faz parte da vida, mas a maioria muito legal. Vou tentar colocar vocês a par de tudo, mas para este post não virar uma novela mexicana, vou contando em porções miúdas, ou melhor em bolinhas como as de brigadeiro!!!!

 Esta receita de hoje é um delicioso começo: brigadeiro de mel!

Pois é… um dos grandes acontecimentos dos últimos dias foi o aniversário e batizado da minha filha – xiiiiii, comecei de trás pra frente! Foi um momento muito especial pois recebemos em casa amigos queridos de longe e amados pais, avós, irmãos e sobrinhos. Tem hora que este aconchego é fundamental. E a hora era esta.

 Para celebrar esta data e presenças tão especiais, resolvi organizar uma festinha para a minha pequena. Foi corrido, mas o sorriso dela em cada momento é algo que não sairá da minha memória jamais. Faria tudo de novo!

 Para conseguir organizar esta confusão, contei com várias parceiras (as mulheres estão com tudo e não estão prosa) que indico aqui embaixo.

mesa de docesBolo de Coruja / Own CakeDesta vez, ainda trabalhei no tema jardim, mas com uma nova mascotinha: uma coruja, que trouxe todo o meu desejo de sabedoria e ampla visão para minha filhota. Nem preciso dizer que quis caprichar nos doces (apesar de ter feito a parte salgada tb e estar com umas 20 pessoas de fora da cidade circulando pela minha casa… parecia gincana de colégio..rsrsrs).

Preparei, então, alguns doces que já produzia, outros que tinha acabado de aprender em um curso sensacional que fiz em São Paulo com a  blogueira alto astral Simone Izumi, do Chocolatria.

Fudge de CerejaBombom de CôcoCupcake de Frutas vermelhasVou contar com mais detalhes e receitinhas no próximo post. Mas para começar, deixo aqui uma receita de um doce que fez o maior sucesso e é fácil e deliciosa. Você pode fazer hoje mesmo.

 Receita de Brigadeiro de Mel 

– 1 lata de leite condensado

– 1 colher de sopa de chocolate em pó

– 1 colher de sopa de manteiga

– 1 colher de sopa de mel

– Confeito de chocolate para cobrir (eu utilizei raspinhas de chocolate aromatizado com mel da Callebaut, mas pode-se utilizar outro confeito de sua preferência)

 Modo de preparo:

 1- Levar todos os ingredientes ao fogo baixo, misturando sempre até dar o ponto de enrolar. Este ponto pode ser facilmente verificado quando passa-se a colher no fundo da panela e ele não se junta com facilidade (você vê o fundo).

2- Despejar em uma vasilha untada com manteiga e esperar esfriar.

3- Agora é só enrolar e passar no confeito (isso se vc resistir e não atacar com colher mesmo!)

Parceiras:

Mesa CorujaA Ana, da Guloseimas de Papel, fez a decoração da mesa de doces e ambiente, além de ter criado a mascotinha Coruja e o convite.

A Priscila, da Feltrekos, fez as corujinhas, passarinhos e flores de lembrança e da decoração.

Um trabalho muito delicado das duas.

Bem, e os doces… da Dorothy Pot, meu alterego!

Pula a fogueira, ioiô…vai um pé-de-moleque aí?

pé de moleque

pé de molequeConcordo com a Patrícia, se tem uma coisa que sempre gostei no Brasil é da temporada de festa junina. Não sei se por causa do quentão, do clima da festa ou por causa das comidas… Elas combinam tanto com o friozinho desta época que a gente acaba abusando um pouco, mas faz parte, né?!

Para começarmos a entrar no clima de São joão, aí vai uma receita super fácil, gostosa e com um toque especial.

Desde que me entendo por gente, lá em casa se faz pé-de-moleque. Mas por várias vezes, eu fazia cara feia porque minha mãe colocava gengibre na receita. Nada como o passar do tempo e o aprimorar do paladar… Hoje sou eu quem faz o pé-de-moleque com gengibre. Uma delícia!

Pé de moleque

– 1 kg de rapadura

– 500ml de água

– 1kg de amendoim torrado, sem pele e inteiro

– 2 colheres de sopa de farinha de mandioca

– opcional: 1 colher de sopa de gengibre ralado

Modo de Preparo:

pé de moleque como fazerColocar a rapadura e a água para derreter até o ponto de bala mole (se for por o gengibre, coloque deste o início para pegar bem o gosto.  Desligar. Acrescentar o amendoim e bater com uma colher o espatúla (misturar vigorosamente) até começar esbranquiçar. Despejar sobre uma pedra (granito ou similar), que já está salpicado com um pouco de farinha de mandioca. Espalhar bem e quando amornar cortar. Outra opção é colocá-lo às colheradas para já fazê-lo individualmente, mas é preciso ser ágil para não perder o ponto e ele ficar duro.

Dica:

1- ele vai começar a grudar na borda da panela e vc terá dificuldade de soltá-lo.

2- Como verificar este ponto: em uma vasilha colocar água gelada e pingar um pouco do melado. Com as pontas dos dedos ajuntar o melado. Se formar uma bala mole, está no ponto.  Se estiver muito dura, colocar mais um pouco de água, pois passou do ponto.pé de moleque como fazer

Bolo de fubá de Festa Junina

Acho que uma das coisas que mais sinto falta do Brasil são as Festas Juninas. Não comemoramos em Londres, nem tampouco aqui no México.

Tentei alguns ensaios mas o clima atual da cidade do México – 26 graus na sombra! – não ajuda ninguém a encarar fogueira, quentão ou vinho quente…

Acho que a melhor parte destas festas são mesmo as comidas. Muita gente nem sabe ao certo o que se comemora nestas datas, algum Santo, ou coisa parecida. Não importa! Mas vá a uma quermesse sem uma deliciosa canjica, pipoca, doce de abóbora ou paçoquinha? Nem pensar!

Esta semana, um pouco nostálgica, fiz um bolo de fubá com côco com o maior capricho e este bolo rendeu histórias para toda a semana! Na verdade, nem foi pensando em festa junina, mas em uma amiga que estava com desejos de bolo de fubá! E dele sairam muitos pedidos para organizarmos uma festinha. Me animei.

Quem sabe adaptamos um pouco e pelo menos nos juntamos para comer este bolo!

Bolo de Fubá com côco (do Caderno de Receitas da minha mãe)

200 gr de manteiga a temperatura ambiente

300 gr de açucar

3 ovos grandes, separados

250 gr de fubá (eu usei o pré cozido)

120 gr de farinha de trigo

200 ml de leite de côco sem açucar

350 ml de leite integral

1 pitada de sal

1 colher de sopa de fermento em pó

100 gr de côco ralado

Aqueça o forno a 180 graus. Unte uma forma de buraco de 25 cm com maeiga e farinha de trigo. Bata as claras em neve e reserve. Peneire o fubá, farinha de trigo, sal e fermento e reserve.

Na batedeira, bata o açúcar e a manteiga até obter um creme liso e amarelo pálido. Acrescente as gemas, uma a uma, e continue a bater por uns 3 minutos.

Sem bater, acrescente os secos e misture com uma espátula alternando com o leite de côco e o leite integral. Quando a mistura estiver bem homogênea, junte o côco ralado e misture. Por último junte as claras batidas em neve em movimentos suaves para as claras não “baixarem”.

Coloque na forma e asse por 40 minutos ou até que ao espetar um palito no centro do bolo este saia limpo. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma gradinha. Desenforme o bolo frio. Se quiser, polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Se estiver no Hemisfério Sul acompanhe-o com chá ou uma xícara de café. Por aqui, chá gelado foi uma excelente companhia!!!

Finalmente!

Kit promoção

Kit promoçãoFinalmente o kit da promoção chegou às mãos de quem de direito!

Demorou um pouquinho porque, como a sorteada era de BH, combinamos que, ao invés de enviar o kit pelo correio, ela receberia no final de março quando tinha alguém indo de Curitiba. Com isso, a demora foi recompensada com guloseimas que jamais chegariam intactas pelo correio.

Para deixar todo mundo com água na boca, o kit oferecido pela Dorothy Pot continha ao total 50 itens para comemorar os 50 posts, divididos assim:

– 12 Biscoitinhos de Limão com Pistache

– 12 Quadradinhos Mágicos (nozes, coco e chocolate)

– 6 Pop Cakes

– 10 Brigadeiros especiais com chocolate belga

– 5 Copinhos de Chocolate Branco, Ganache e Cereja

– 5 Copinhos de Chocolate Amargo e Damasco (que não apareceu na foto pois estava embaixo de tudo…)

Quel, espero que tenha gostado. Foi feito com muito carinho.

E para não perdermos o costume,  segue uma receitinha rápida: Kit e a ganhadora

Receita de Pop Cake

– Utilize a receita de bolo de sua preferência. Eu usei a receita do bolo de iogurte, que já pus aqui no Blog (só retirei as frutas vermelhas e acrescente 1 xícara de castanhas). Outra opção é aproveitar, bolos que você já tenha pronto.

– 1 receita de brigadeiro mole (apenas atenção para retirar a massa de brigadeiro antes do fogo)

– 500g de chocolate meio amargo para cobrir

– 20g de chocolate em pó para finalizar

Modo de Preparo:

Esfarelar o bolo e misturar com o brigadeiro mole, fazendo uma massa homogênea. Fazer bolinhas do tamanho que quiser utilizar. Eu gosto de fazer com cerca de 2,5 cm de diâmetro.

Picar o chocolate da cobertura. Levar metade ao microndas em potencia média por 1 minuto para derreter. Retirá-lo e misturar com uma espátula. Se estiver todo derretido, acrescentar a outra metade e misturar até derretê-la com o próprio calor da parte que já estava na vasilha. Caso seja necessário, leve por mais 30 segundos ao microndas.

Com o chocolate todo derretido e com a ajuda de um garfo, levar as bolinhas, uma a uma ao chocolate e glaçá-las, cobrido-as por completo. Deixar escorrer um pouco e colocá-las para secar sobre papel manteiga ou siplat. Deixar em ambiente arejado, mas longe de umidade. Se estiver calor, levar a geladeira. Jamais ao freezer.

Salpicar o chocolate em pó sobre as bolinhas para finalizar (ou utilizar a decoração mais adequada ao evento). Está pronto!

* Esta receita faz um super sucesso com a garotada, tanto na hora de cozinhar como na hora de comer!

Deliciem-se!