Um jantar das Mil e Uma Noites (marroquinas)!

spices marrakesh

Rever fotos antigas é uma atividade que eu simplesmente adoro. Me traz à lembrança coisas já deixadas num cantinho da memória, mas que nunca foram esquecidas!

Eu sou muito displicente com minhas fotos, confesso. Raramente faço download das fotos, nem ao menos deleto as fotos ruins… Não tenho uma câmera fotográfica, nem nunca tive, além das Kodak comuns no mercado. Sempre foi um sonho. Mas pensar em carregar aquele instrumento por todos os lados? Não é comigo… Além do que viajo muito leve, muitas vezes com uma mochila tamanho bebê onde cabe uma garrafinha d’água e o celular. E é este que sempre me socorre nestas horas. Com a tecnologia atual confesso que meu celular captura fotos muito melhores que minha antiga câmera…

Tudo isso para dizer que passei horas na frente do computador revendo fotos de viagens, fotos do meu bebê, quando ele ainda era bebê(!), e, claro, fotos de comida. As minhas memórias gastronômicas!

Numa dessas me deparei com a nossa viagem a Marrakesh. Um lugar exuberante, exótico e que desperta muito nossa imaginação e criatividade. Revi as coloridas fotos dos souks, do mercado de comidas na praça central Jama’a El Fna, e de um prato que já estava naquele cantinho da minha memória.

Num restaurante lindo, um antigo Riad , localiza-se o restaurante onde comi pela primeira vez o Tajine de Frango com Limão em conserva. Um prato de sabor marcante, cheio de especiarias e aromas do Marrocos. Uma delícia que qualquer um pode reproduzir e transformar um jantar comum nas Mil e Uma Noites!

 

Tajine de Frango com especiarias e Limão em Conserva

0-1

4 sobrecoxas de frango

1/4 de colher de chá de canela em pó

1/4 de colher de chá de gengibre em pó

1/4 de colher de chá de cúrcuma

1/4 de colher de chá de pimenta do reino

1 cebola média ralada

2 dentes de alho ralados

azeite de oliva, o quanto baste

600 ml de caldo de frango

1 limão em conserva*

1/4 de xícara de azeitonas verdes sem caroço

sal a gosto

1 colher de sopa de salsinha picada

1 colher de sopa de coentro picado

1/4 de xícara de amêndoas laminadas

* o limão em conversa não é um item fácil de se encontrar nos mercados comuns. Alguns empórios especializados e no Mercado Central de São Paulo já encontrei. Mas é muito mais fácil prepará-lo! Só precisará de tempo para ele marinar.
6 limões sicilianos bem lavados
1/4 de xícara de sal grosso

lemon preserve

Cortar as pontas do limão e depois cortá-lo em 4 no sentido do comprimento sem cortar até a base, deixando os quartos unidos.
Colocar sal nos limões e colocá-los em um vidro esterelizado. Aperte bem para que caibam todos e para que os limões soltem seu sumo. Caso não haja sumo suficiente para cobrir os limões esprema mais alguns. O vidro deve estar cheio até a borda para que quase não haja ar. Feche bem e guarde em local protegido do calor e da luz por 2 semanas. Quando abrir o pote de vidro deverá liberar um aroma ácido e cítrico. Guardar na geladeira por vários meses.

Temperar as sobrecoxas de frango com a canela, gengibre, cúrcuma, pimenta do reino, cebola e alho e deixar marinar. Quanto mais tempo ficar na marinada melhor (12 horas é o ideal), mas se você estiver com pressa 15 minutos darão.

Em uma panela tajine ou uma panela de fundo grasso coloque um fio de azeite e deixe esquentar a fogo alto. Colocar as sobrecoxas e tampar a panela. Deixar fritar por 5 minutos e virar os pedaços de frango. O ideal é que o frango fique bem dourado até mesmo um pouquinho queimado.

Coloque o caldo de frango e deixe levantar fervura. Assim que ferver, tampe a panela abaixe o fogo e cozinhe por 30 minutos. Após esse tempo coloque os limões em conserva. Os limões deverão ser lavados para retirar o excesso de sal e o bagaço descartado, utilizando somente a casca que estará bem macia. Deixe a panela destampada, e cozinhe por mais 15 minutos. Se necessário adicione mais caldo para não queimar. 0

Acrescente as azeitonas verdes, desligue o fogo e tampe a panela por 5 minutos. Prove o sal levando em conta que as azeitonas são salgadas.

Ao servir polvilhe a salsinha, o coentro e as amêndoas laminadas.

Este prato é tipicamente servido sobre couscous (semolina), mas também pode ser servido com arroz branco.

 

souk marrakesh spices marrakesh mkt marrakesh goat marrakesh

 

Memórias Gastronômicas no Google+ Restaurant Week

Afff! Depois do post anterior não tem como vir inspiração para escrever nada. Só ficar babando…

Que festa linda, deliciosa e prezerosa! O que melhor que se juntar com uma grande amiga para realizar este projeto? Talvez aparecer ao vivo para mais de 7 bilhões de pessoas? Ok, ok. Exagerei? Nem todo mundo tem acesso a internet… Nem todo mundo fala português… Então seriam 82 milhões de usuários te vendo ao vivo e a cores! 🙂 Veja aqui!

Foi esse o nosso sentimento ao realizar o Hangout que foi ao ar no dia 13/09/2012 as 17 horas. Que falavamos para um mundão de gente. E com essa responsabilidade fizemos 2 receitas e falamos sobre dicas, ainda no tema do piquenique, que  deixamos registradas aqui para vocês! Esperam que curtam e não se esqueçam de fazer em casa, também.

 

Mini Cake de Maracujá e Doce de Leite 

1 pote de 170 ml de iogurte
a mesma medida de óleo
3 ovos
1 e 1/2 xícaras de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

polpa de 1 maracujá azedo bem maduro
1/4 de xícara de farinha de trigo
doce de leite para rechear

Aquecer o forno a 180 graus

Bater os 4 primeiros ingredientes no liquidificador e incorporar nos 2 últimos peneirados.  Esta é uma receita base que você poderá usar e abusar com vários sabores. Neste caso, acrescentamos a polpa do maracujá e um pouco mais de farinha de trigo (1/4 de xícara) para dar a consistência correta.

Colocar a massa em forminhas untadas com manteiga e enfarinhadas ou forradas com forminhas de papel até 1/3 da capacidade. Rechear com uma colherada de doce de  leite e completar o outro 1/3 da capacidade com massa. Assar em forno pré aquecido por 20 minutos ou até que esteja firme e dourado. Faça o teste do palito.

 

Salada de Frango ao Curry e Manga (Serve 2 porções) 

120 gr de peito de frango cozido e cortado em cubos*
1/2  xícara de folhas de salsão picadas
2 colheres de sopa de pimentão vermelho picado em cubinhos pequenos
100 gr de mangas Tommy descascadas e cortadas em cubos
3 colheres de sopa de maionese
3 colheres de sopa de iogurte natural
suco e raspas de 1 limão
2 colheres de chá de curry
sal e pimenta, o quanto baste

* Para cozinhar o frango tempere o peito com sal e pimenta e leve ao forno a 220 graus por 20 minutos ou até que perfurado o líquido saia claro, sem vestígios de sangue.

Quando o frango estiver trio corte-o em pequenos cubos. Acrescente o pimentão, as folhas de salsão e a manga.

Em uma tigela misture a maionese, o iogurte, o suco de limão e o curry. Misture bem até ficar bem homogêneo.

Tempere a mistura de frango com o molho de curry. Acrescente sal e pimenta e prove o tempero.

Almoço para o Dia das Mães

O dia das mães está chegando e aquela neura de compras, reservas de restaurantes, estresse já invade a casa de todo mundo. Hoje fui andar pelas ruas da vizinhança para me “adaptar” e vi que todos os restaurantes estão com faixas enormes de “reserve seu almoço para o dia das mães”. E todo ano é aquela mesma história: Filas enormes, mesas grudadinhas, preços absurdos (ainda mais caros dos que os restaurantes paulistanos estão praticando? Affff!). Meu conselho: fuja dessa roubada. Quer presentear sua mãe? Então não caia na ladainha e leve-a num dia mais tranquilo onde todo o almoço será mais prazeroso e honesto.

Mas aí fica a dúvida: quem vai cozinhar, então? Não é justo a sua mãe ir prá cozinha, não é mesmo? Pensando nisso me lembrei de uma receita deliciosa, com cara de almoço de domingo de Dia das Mães (não poderia ser qualquer domingo!) e que não vai deixar ninguém plantado na cozinha. Se você tiver 30 minutos para preparar a receita, o forno faz o restante. É tudo de uma vez!

E, para a sobremesa, abale o coração da sua mãe com um doce simples mas que alimenta corpo e alma: Pudim de Leite com Calda de Laranja.

 

Frango Assado da Condessa Descalça (Serve 4)

1 frango inteiro de aproximadamente 1,5kg (dê preferência para os frangos de granja, orgânicos, em razão da excessiva quantidade de hormônios dos frangos comuns)

100 gr de manteiga sem sal em temperatura ambiente

1 ramo de alecrim picado

1 ramo de tomilho

6 folhas grandes de sálvia picada

sal e pimenta a gosto

1 limão siciliano cortado em quartos

1 cabeça de alho grande cortada ao meio

2 cebolas roxa

2 cenouras

2 talos de salsão

1 batata doce

2 mandioquinhas

 

Retire o frango da geladeira 30 minutos antes de assar.

Em uma assadeira grande coloque os legumes, tubérculos e raízes cortados fazendo uma “cama” para o frango. Coloque também meia cabeça de alho com casca e tudo. Reserve.

Aqueça o forno a 200 graus.

Lave bem o frango, seque-o com papel toalha e retire o excesso de gordura. Levante a pele do frango cuidadosamente na parte do peito mas não desgrude totalmente (vide foto).  Tempere a cavidade do frango com sal e pimenta a gosto. Misture a manteiga com as ervas picadas e com as suas mãos coloque 2/3 dessa mitura debaixo da pele do frango, deixando o peito bem untado.

Recheie o frango com meia cabeça de alho e com 2 quartos do limão. Amarre as coxas para o recheio não sair e pincele o restante da manteiga sobre o frango, caprichando nas coxas! Esprema o limão restante sobre o frango, tempere com sal e pimenta e coloque-o na assadeira.

Asse na grade do meio do forno por 1 hora ou até que, quando espetado na coxa o líquido que saia seja claro sem vestígios de sangue. Talvez você pode precisar de mais 1/2 hora, dependendo do tamanho do seu frango. Também fique de olho na pele do frango que deve estar bem corada e crocante. Hummm!

Retire o frango da assadeira e deixe-o descansar por 10 minutos antes de cortá-lo. Sirva-o com os legumes que estarão tenros e cheios de sabor! Se quiser uma salada de folhas também é um bom acompanhamento.

 

Pudim de leite com calda de Caramelo de LaranjaPudim de Leite com Calda de Laranja

4 ovos

1 lata de leite condensado

a mesma medida (lata) de leite

raspas de 2 laranjas bahia

Para a Calda:

250g de açúcar

raspas de 1 laranja bahia

suco de 2 laranjas bahia

 

Comece pela calda: Em uma panela, coloque o açúcar e leve-o ao fogo para começar a caramelizar. Não pode queimar, mas deve ter aquela cor dourada.

Quando começar a formar esta cor, acrescente o suco e as raspas. Deixe ferver até formar uma calda de fio grosso. Forre o fundo da(s) forma(s) com esta calda, espalhano-a pelas laterais.

Em seguida, bata todos os ingredientes do pudim no liquidificador até ficar uniforme.

Coloque este conteúdo na(s) forma(s) e leve para assar em banho maria – coloque a forma do pudim sobre outra forma com um pouco de água – eu coloco também um pano de prato no fundo para não bater.

Ah! O forno deve ser pré-aquecido a 180 graus e deixe assar por cerca 40 min ou até ficar levemente dourado. Deixe esfriar e leve para a geladeira por pelo menos 2 horas antes de servir.

 

E no final curta a vida ao lado daqueles que você ama!

Receita Centenária: Puchero da Bisa Candú

No último dia 16 de setembro minha avó completaria 100 anos. A Bisa Candú, como era conhecida na família foi uma mulher muito dura. 

Não tenho a imagem da avó carinhosa e doce, mas de alguém que sofreu muito na sua vida e lutou para criar 5 filhos sozinha, pois meu avó estava sempre viajando… As lembranças que tenho é de que não nos era permitido muito quando estávamos em sua casa… Nada de doces, nada muita tv, dormir cedo… Definitivamente a casa da Bisa não era um lugar onde queríamos passar as férias!!

Mas com o tempo fui aprendendo a lidar com minha avó e entender o seu jeito de ser. Entender que o que ela nunca teve na vida não podia nos dar. Sinto muito que isto tenha sido tão tarde. As coisas na vida são sempre assim… Mas antes tarde do que nunca, tive tempo de viver alguns momentos especiais.

Foi com ela que aprendi a comer uma saladinha de beterraba, cebola roxa, salsinha e limão, um omelete de vagem manteiga delicioso e o maior legado que ela poderia ter me deixado: Puchero Gallego.

Infelizmente não existe um caderno de receitas da Bisa, pois minha avó mal sabia escrever o seu nome. Mas as memórias que tenho deste prato são mais valiosas que qualquer pergaminho. E é assim que eu imagino como minha querida avó teria preparado este prato!

Bisa, se ainda não for muito tarde, eu te amo e sinto sua falta!

 

Puchero Gallego da Bisa Candú (Serve 4)

 

500 gr de grão-de-bico (eu uso já cozido, mas se você for cozinhar, siga as instruções do pacote e não esqueça de tirar a casquinha!)

2 colheres de sopa de azeite de oliva

1 cebola pequena picada

2 dentes de alho picados

1 paio  cortado em rodelas

2 linguiças calabresa cortadas em rodela 

2 coxas de frango sem pele

2 sobrecoxas de frango sem pele (minha avó fazia com pé de galinha e pescoço!!!!!)

3 tomates maduros sem pele nem sementes picados (eu uso 1 lata de tomati pelatti)

2 cenouras pequenas cortadas em rodelas

2 batatas pequenas cortadas em cubos

1 salsão cortado em pedaços pequenos

300 ml caldo de frango

sal e pimenta do reino, o quanto baste

Salsinha picada

 

Aqueça o azeite em uma panela e frite a cebola e o alho até dourar, Acrescenteo paio, a linguiça e deixe fritar a fogo médio. Se soltar muita gordura, escorra. Acrescente o frango e doure. Junte os tomates, as cenouras, as batatas e o salsão. Deixe refogar por uns 3 minutos sem mexer para não romper as carnes. Acrescente o caldo de frango e  a salsinha picada. Tempere com sal e a pimenta a gosto. Tampe a panela e cozinhe por 15 minutos. Junte o grão-de-bico e deixe cozinhar a fogo baixo por mais 10 minutos. Sirva quente, como uma sopa.

Dica de menu fácil e delicioso

frango com tangerina

frango com tangerina Uma coisa que tem me dado muito prazer ultimamente é juntar um grupo de amigos que estão a fim de cozinhar e dividir o pouco que conheço deste universo.

São sempre encontro super agradáveis e saborosos!!!!

Este último foi uma turma que queria aprender o be-a-bá, mas com um toque especial. Apelidamos o grupo do “Adeus ao caldo Knorr” – nada contra, mas dá pra evitar, né?

Receitas práticas e gostosas. Então, aproveitei algumas receita que já havia feito para o blog e outras novas… Faça você também!

Saladinha de cenoura e cominho: esta receita está aqui no blog 

Frango ao molho de Tangerinas. (serve de 4 pessoas) 

 – 4 Filés de frango partidos em escalopes.
– 2 xícaras de suco de tangerina

– 1 colher (sopa) de farinha de trigo

– 1 dente de alho espremido

– 1 colher de chá de páprica

– 1 colher de sopa de sálvia seca

– raspinhas da casca de 2 tangerinas

– sal e pimenta à gosto

– 8 gomos de tangerina para enfeitar

Modo de Preparo:

1- Temperar o frango com alho, sal, pimenta e sálvia. Deixar marinar por 15 minutos.

2- Dourar o frango em panela com óleo quente. Acrescentar a farinha de trigo, o suco de tangerina e demais ingredientes (exceto raspas e gomos). Deixar levantar fervura e encorpar o caldo. Acrescentar as raspas e gomos e servir imediatamente.


Batatas gratinadas ao forno (serve 4 pessoas)

 – 4 batatas médias

– 2 colheres de manteiga ou 6 colheres de azeite

– ramos de alecrim ou sálvia

– Sal grosso e pimenta do reino

 Modo de Preparo:

1- Descascar as batatas e partí-las em rodelas finas. Cozinhá-las rapidamente para ficarem ao dente. Dar um choque em água gelada para cessar cozimento e escorrê-las.

2- Em um tabuleiro untado com a manteiga ou azeite,  dispor as batatas e regá-las com manteiga ou azeite também.

3- Salpicar sal e pimenta do reino e assar em forno médio, virando-as de lado até dourarem.

 

Arroz com amêndoas (serve 4 pessoas)

– 2 xícaras de arroz

– 4 xícaras de água morna

– ¾ xícara de amêndoas em lâminas

– 2 dentes de alho espremido

– ¼ de cebola média picada miúda

– 1 colher (chá) sal

– fio de azeite ou 2 colheres de manteiga – opcional

 Modo de Preparo:

1-      Em uma panela com o óleo, em fogo médio, refogar a cebola até ficar ficar transparente. Acrescentar o alho, sal e a água. Quando levantar fervura, acrescentar o arroz. Abaixar o fogo, tampar parcialmente a panela e deixar cozinhar até secar. Provar e verificar tempero e textura. Se necessário, acrescentar mais água.

2-      Desligar a panela. Em uma frigideira com azeite (ou manteiga), refogar as amêndoas e acrescentar o arroz – Se não quiser acrescentar a manteiga, apenas tostar rapidamente as amêndoas e acrescentar o arroz). Misturar e servir imediatamente.

Bolo de Cenoura com mix de castanhas – também está aqui no blog. Confira!