Gnocchi alla Romana

Mais uma vez o dia 29 vem chegando (como em todos os meses!!!) e os mais supersticiosos querem comer o Nhoque da Fortuna!

E prá vocês que já experimentaram as duas receitas maravilhosas postadas aqui no blog tenho uma grande surpresa. Bom, pelo menos para mim foi. Fui “apresentada” para os Gnocchi alla Romana.

Uma amiga argentina, a Violeta, que hoje, depois que a Ana Paula se foi, é a minha melhor cliente, me pediu para preparar estes nhoques. Nunca tinha ouvido falar nesta preparação que, ao invés de batatas é feito de semolina. Fui dar uma fuçada na internet pois fiquei um pouco desconfiada de que este prato fosse uma invenção argentina, com todo aquele sotaque italiano que nossos hermanos gostam de  ter. E não é que encontrei várias receitas autênticas italianas deste gnocchi? Eu é que estava desinformada!

Como toda a pasta na Itália, existem variações e formatos quase incalculáveis, assim acontece com o nhoque. Esta preparação está mais perto de uma polenta pelo método de cocção, mas é feita com semolina e não fubá. E leva este mesmo nome, pois a palavra gnocco (gnocchi no singular) que significa pelota, grumo é o que dá origem ao nome da pasta. Teorias à parte, fiquei muito feliz com o resultado desta nova experiência gastronômica. Agora é esperar o dia 29 para ver se serei afortunada com uma crítica positiva da minha cliente!

 

 

Gnocchi alla Romana (serve 4)

 

1 litro de leite

sal, o quanto baste

pimenta do reino recém moída, o quanto baste

noz moscada, o quanto baste (para mim nunca é suficiente, vocês já sabem!)

120 gr de manteiga

250 gr de semolina

120 gr de queijo parmesão ralado

3 gemas

 

Aqueça o leite em uma panela grande acrescentando o sal, pimenta e a noz moscada. Assim que ferver, abaixe o fogo e adicione 80 gr de manteiga para fundir. Vá acrescentado a semolina em forma de chuva e mexendo vigorosamente com um batedor de globo (fuet) para não formar grumos. Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos até que a mistura esteja bem grossa e borbulhando. Desligue o fogo, acrescente 100 gr de queijo parmesão e as gemas, uma a uma, mexendo bem para que se incoporem à massa.

Coloque a mistura em uma assadeira previamente untada com manteiga ou azeite espalhando bem com a ajuda de uma espátula molhada para formar uma camada de, mais ou menos, 1,5 cm de espessura.

Deixe a preparacão descansar por, pelo menos 1 hora. Deve estar bem fria antes de começar a cortá-la.

Aqueça o forno a 200 graus e unte um pirex grande ou 4 individuais. Comece a cortar a massa com um cortador redondo. Eu gosto de usar o de 5 cm de diametro, mas os menores também ficam lindos e mais parecidos com bolinhas de nhoque!

Coloque os nhoques sobrepostos no pirex até preenchê-lo por completo.

Imagens: giallozafferano
Imagens: giallozafferano

Derreta a manteiga restante e despeje sobre os nhoques. Polvilhe com o queijo parmesão restante e leve ao forno por 20 minutos ou até que estejam bem dourados!

Também existem muitas variações desta massa. Você pode agregar na massa, antes de estendê-la, presunto picado, tomate seco picado, espinafre, ervas… coloque sua imaginação para funcionar!

Você já foi a um jantar húgaro?

Gulyas - sopa de carne e legumes húngara

Antes de partir para o México, uma amiga húngara, convidou-me para um jantar típico, que ela mesmo prepararia, para que conhecéssemos um pouco mais da suas tradições.  Eu nem pestanejei, aceitei na hora, afinal, a combinação pessoas divertidas + comida feita com carinho já é irrecusável. Quando se adiciona ainda o fato de ser um jantar húngaro original, fui ansiosa para ver o que teria por lá…

Ela preparou tudo desde o pãozinho da entrada, até as sobremesas, com a maior riqueza de detalhes. A culinária húgara usa e abusa da páprica, que tempera, dá cor e aquece! Uma delícia! Especialmente para este friozinho  que está chegando…

O melhor de tudo é que ela topou dividir estas receitas com todos aqui.  Então, vamos ao que interessa, com receitas e fotos da Orshi!

Nota: Reparem as porcelanas. Pois é, elas também são típicas de lá… linda!

Receitas húngaras com o toque da Orshi

Lecso - comida húgara refogado de pimentão cebola e tomateLecso

– 1kg de pimentão vermelho
– 500g de tomate
– 1 cebola grande
– 4 colheres de sopa de óleo
– 1 colher de sopa de páprica
– 2 ovos grandes (ou 3 pequenos)

Modo de preparo:
Retire os talos e as sementes dos pimentões e corte em tiras de um centímetro de largura. Pique também os tomates e a cebola. Refogue a cebola no óleo até ficar transparente. Acrescente os pimentões e os tomates. Corrigir o sal e tampá-lo e deixar cozinhar por cerca de dez minutos ou até os legumes estejam macios. Quebre os ovos e mexa. Também pode colocar lingüiça em rodela para torná-lo mais de uma refeição completa. Você pode servir com arroz, nhoque ou sozinho.

Gulyas - sopa de carne e legumes húngaraGulyas
– 4 batatas cortadas em cubos

– 4 cenouras cortadas em cubos

– 1 cebola grande picada em cubos

– 500g de carne da sua preferência limpa cortada em cubos (músculo é uma ótima opção mas é necessário cozinhar bem para ficar macia)

– 2 fatias de bacon (sem gordura, apenas a carne do mesmo)

– 1 colher de sopa de páprica (doce ou picante – de acordo com sua preferência – eu amo a picante)
Modo de preparo:

Aqueça o óleo e refogue a cebola até que fique translúcida. Acrescente a carne e toucinho com sal, pimenta e páprica e cozinhe-o a ser bem feito. Adicione os legumes na panela e adicione o máximo de água que você precisa cobrir todos os legumes. Feche a tampa e cozinhe em fogo baixo até que todos os legumes estejam macios.
Enquanto a sopa está cozinhando, faça o Nhoque.

nhoque, gnocci, noqui húngaroNhoque de trigo

– 2 colheres de sopa de farinha

– 1 pitada de sal

– 1 colher de chá de água (ou o quanto baste para a farinha dar liga)

– Água para cozinhar o nhoque

Note que este nhoque não é o que estamos acostumados a comer no Brasil. Até o seu formato é diferente.

Misture a farinha com uma pitada de sal e água. Apenas adicione água suficiente para fazer a mistura farinhenta pegajosa, mas não muito duro. Colocar a água para ferver. Quando levantar fervura, com o fogo ainda ligado, Pegue a massa e passe por uma peneira grossa, jogando-a direto na água (ou se não tiver a peneira, corte em pedacinhos bem miúdos).

Chicken Paprikas - Frango com pápricaFrango na Páprica
– 1 kg de peito de frangoem cubos
– 1 cebola grande em cubos
– 2 colheres de sopa de óleo
– 1 colher de sopa de páprica
– 1 2/3 xícaras de creme de leite
– 1 colher de sopa de farinha de trigo

Modo de Preparo:
Esquente o óleo, refogue a cebola,  misturando ocasionalmente. Adicione a Páprica. Acrescente os cubos de frango e deixe cozinhar bem. Reduza o fogo, adicione o sal, pimenta do reino, como desejado.
Misture o creme de leite com a farinha até ficar homogêneo. Acrescente ao frango em fogo baixo.
Sirva tanto com bolinhos de massa, nhoque, macarrão ou arroz. Delícia!!!

madar tej - Leite de pássaroMadar Tej (Leite de Passaro)

– 2 litros de leite

– 1 fava de baunilha

– 3 ovos

– 1 colher de açucar de confeitero para as claras (raspinhas de 1 limão também dão um toque saboroso)

– 100 gramas de açucar para o leite

– Canela para decorar

 Modo de Preparo: Leve o leite (menos um copo) para ferver com a baunilha. Enquanto isso, bata as claras em neve dura, acrescente o açúcar. Cozinhe as colheradas da clara no leite. Assim que elas estiverem, cozidas (resistentes), retire e reserve-as.  Dissolva as gemas no leite frio e acrescente esta mistura, ao leite quente. Adicione também o açúcar. Cozinhe até engrossar um pouco (Ele não é grosso, a textura dele é líquida cremosa). Deixe esfriar, retorne com as claras cozinhas. Sirva frio e salpique um pouco de canela em pó por cima.

Fase light… mas com sabor! Gnocchi de ricota e espinafre

Gnocci de Ricota com Espinafre - Receita

Gnocci de Ricota com Espinafre - ReceitaPassei uma semana no Rio. Essa cidade é maravilhosa mesmo! Como é bom ter aqueles dias ensolarados, brisa do mar… é impossível não se animar a dar uma passeada no calçadão, a comer uma comidinha mais saudável…

E para completar tudo isso, minha sogra resolveu me dar de presente uma semaninha de spa urbano, com direito a malhação, massagens e comidinhas maravilhosas planejadas pela Pique o espinafre bem miudinho. Pegue a ricota, de uma espremida com a mão para sair um pouco de soro e misture ao espinafre. Acrescente noz moscada, sal e pimenta do reino (eu pus bastante noz moscada). Molde bolas (como almôndegas) de cerca de 2 – 2,5cm de diâmetro e coloque em forma untada com um pouco de óleo. Com o dedo faça um buraco (um vale na verdade) no centro de cada bolinha, coloque um pedacinho de tomate em cada gnocci, salpique pistache e o queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido em 180 graus. Deixe assar por uns 15 minutos ou até o queijo dar uma leve dourada.

Servir imediatamente. Para cada prato, colocamos ao fundo um pouquinho do molho, por cima cerca de 7 – 8 bolinhas de gnocchi.

Maravilhoso!