Bolo de laranja e mel, versão funcional!

Estava eu com algumas laranjas pera deliciosas, daquelas doces sabe, farinha de amêndoas e um desejo: bolo de laranja. Mas tinha que ser um bolo com gosto marcante e cheiro de laranja. Vocês sabem, as receitas tradicionais são muito gostosas, mas o sabor é suave, vocês não acham?

 A minha busca foi no memórias porque eu me lembrava de ter comido um delicioso que Letícia tinha postado no ano passado, exatamente do jeito que eu queria. Receita encontrada, fiz a minha versão funcional, sem farinha de trigo, sem açúcar refinado e voilá! Ficou tão tão bom que resolvi dar vida a um projeto nosso de ter sempre duas versões do mesmo prato: uma leticiana e uma valeriana, ou seja uma gourmet e outra mais natureba rs!

Como é sem glúten ( ah, sem lactose hein!), resolvi fazê-lo em forminhas de cupcake, assim não esfarela tanto!

Para os puristas, segue o link da versão original que vale o repeteco sempre porque é simplesmente MARAVILHOSA. http://memoriasgastronomicas.com.br/2013/09/bolo-de-laranja-com-mel-para-adocar-o-fim-de-semana/

E, se quiser uma mais natureba ou funcional, experimente essa. Essa versão é também em quantidade reduzida pra gente comer menos, portanto menos calorias rs, simples assim rsrsrs!

Esse bolo combina  perfeitamente com o café da tarde!

Bom apetite! 

Bolo de Laranja e mel versão funcional
Print
Ingredients
  1. 2 ovos caipiras
  2. 1 xícara de farinha de amêndoas
  3. 1/2 xícara de flocos de amaranto
  4. 1/2 xícara de farinha de arroz integral
  5. 2 laranjas pera sem caroços, uma com casca e uma sem casca.
  6. 1/2 xícara de mel
  7. 1/2 xícara de açúcar demerara orgânico
  8. 1/2 xícara de óleo de girassol
  9. 1 colher de chá de bicarbonato de sódio.
Instructions
  1. Bata no liquidificador os ovos, as laranjas cortadas em 4 ou 6 ( para facilitar o processamento), mel, açúcar, óleo. A parte misture bem a farinha de amêndoas, farinha de arroz, flocos de amaranto e bicarbonato. Junte as duas misturas bem e delicadamente. Unte forminhas de cupcake ( 10 a 12), Asse em forno preaquecido a 180º por aproximadamente por 30 minutos.
Notes
  1. A receita original tem uma calda, mas esta versão é tão molhadinha que não tem a menor necessidade. Usei aproximadamente 2/3 das quantidades. Outra mudança foi no tipo da laranja que era bahia e por isso são duas porque as pera são pequenas, se quiser a bahia, use uma e meia..
Adapted from Leticia Villela
Adapted from Leticia Villela
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/
http://memoriasgastronomicas.com.br/2013/09/bolo-de-laranja-com-mel-para-adocar-o-fim-de-semana/

Almoço para o Dia das Mães

O dia das mães está chegando e aquela neura de compras, reservas de restaurantes, estresse já invade a casa de todo mundo. Hoje fui andar pelas ruas da vizinhança para me “adaptar” e vi que todos os restaurantes estão com faixas enormes de “reserve seu almoço para o dia das mães”. E todo ano é aquela mesma história: Filas enormes, mesas grudadinhas, preços absurdos (ainda mais caros dos que os restaurantes paulistanos estão praticando? Affff!). Meu conselho: fuja dessa roubada. Quer presentear sua mãe? Então não caia na ladainha e leve-a num dia mais tranquilo onde todo o almoço será mais prazeroso e honesto.

Mas aí fica a dúvida: quem vai cozinhar, então? Não é justo a sua mãe ir prá cozinha, não é mesmo? Pensando nisso me lembrei de uma receita deliciosa, com cara de almoço de domingo de Dia das Mães (não poderia ser qualquer domingo!) e que não vai deixar ninguém plantado na cozinha. Se você tiver 30 minutos para preparar a receita, o forno faz o restante. É tudo de uma vez!

E, para a sobremesa, abale o coração da sua mãe com um doce simples mas que alimenta corpo e alma: Pudim de Leite com Calda de Laranja.

 

Frango Assado da Condessa Descalça (Serve 4)

1 frango inteiro de aproximadamente 1,5kg (dê preferência para os frangos de granja, orgânicos, em razão da excessiva quantidade de hormônios dos frangos comuns)

100 gr de manteiga sem sal em temperatura ambiente

1 ramo de alecrim picado

1 ramo de tomilho

6 folhas grandes de sálvia picada

sal e pimenta a gosto

1 limão siciliano cortado em quartos

1 cabeça de alho grande cortada ao meio

2 cebolas roxa

2 cenouras

2 talos de salsão

1 batata doce

2 mandioquinhas

 

Retire o frango da geladeira 30 minutos antes de assar.

Em uma assadeira grande coloque os legumes, tubérculos e raízes cortados fazendo uma “cama” para o frango. Coloque também meia cabeça de alho com casca e tudo. Reserve.

Aqueça o forno a 200 graus.

Lave bem o frango, seque-o com papel toalha e retire o excesso de gordura. Levante a pele do frango cuidadosamente na parte do peito mas não desgrude totalmente (vide foto).  Tempere a cavidade do frango com sal e pimenta a gosto. Misture a manteiga com as ervas picadas e com as suas mãos coloque 2/3 dessa mitura debaixo da pele do frango, deixando o peito bem untado.

Recheie o frango com meia cabeça de alho e com 2 quartos do limão. Amarre as coxas para o recheio não sair e pincele o restante da manteiga sobre o frango, caprichando nas coxas! Esprema o limão restante sobre o frango, tempere com sal e pimenta e coloque-o na assadeira.

Asse na grade do meio do forno por 1 hora ou até que, quando espetado na coxa o líquido que saia seja claro sem vestígios de sangue. Talvez você pode precisar de mais 1/2 hora, dependendo do tamanho do seu frango. Também fique de olho na pele do frango que deve estar bem corada e crocante. Hummm!

Retire o frango da assadeira e deixe-o descansar por 10 minutos antes de cortá-lo. Sirva-o com os legumes que estarão tenros e cheios de sabor! Se quiser uma salada de folhas também é um bom acompanhamento.

 

Pudim de leite com calda de Caramelo de LaranjaPudim de Leite com Calda de Laranja

4 ovos

1 lata de leite condensado

a mesma medida (lata) de leite

raspas de 2 laranjas bahia

Para a Calda:

250g de açúcar

raspas de 1 laranja bahia

suco de 2 laranjas bahia

 

Comece pela calda: Em uma panela, coloque o açúcar e leve-o ao fogo para começar a caramelizar. Não pode queimar, mas deve ter aquela cor dourada.

Quando começar a formar esta cor, acrescente o suco e as raspas. Deixe ferver até formar uma calda de fio grosso. Forre o fundo da(s) forma(s) com esta calda, espalhano-a pelas laterais.

Em seguida, bata todos os ingredientes do pudim no liquidificador até ficar uniforme.

Coloque este conteúdo na(s) forma(s) e leve para assar em banho maria – coloque a forma do pudim sobre outra forma com um pouco de água – eu coloco também um pano de prato no fundo para não bater.

Ah! O forno deve ser pré-aquecido a 180 graus e deixe assar por cerca 40 min ou até ficar levemente dourado. Deixe esfriar e leve para a geladeira por pelo menos 2 horas antes de servir.

 

E no final curta a vida ao lado daqueles que você ama!

Será que parei no tempo?

Resolvi comemorar meu aniversario em grande estilo. Afinal de contas, não é todo ano que fazemos 37! Preparei-me com um mês de antecedência, bolando um cardápio que pudesse ser feito ao longo do tempo sem estresse (isso realmente é impossível na cozinha!) para meus 80 convidados.  Tudo perfeito. Contratei um DJ e um barman para fazer todos aqueles malabares como parte do entretenimento da festa. Servimos champagne, vinho, cerveja, drinks variados tais como Hi-Fi… An? Hi-Fi? Que loucura? Parei no tempo? Quem ainda toma Hi-Fi? E olha que Hi-Fi nem é do “meu tempo”! E descobri que ninguém toma Hi-Fi! Foram dúzias de fatias de laranja que deveriam enfeitar o copo dos convivas amontoadas na minha cozinha no dia seguinte! Ainda mais, ouvi de uma amiga que suco de laranja e vodka é screwdriver. Hi-Fi é refrigerante de laranja com vodka! Além de tudo fiquei com cara de… laranja!?!

Mas se a vida te dá uma laranja, não faca um suco porque te dará apenas ¾ de um copo. Faça um bolo rápido, facílimo e DIVINO! Juro que nunca comi um bolo de laranja que não parecesse um bolo comum com um… arominha de laranja. Este tem pedaços de laranja pois é feito com a laranja inteira! Isso mesmo.  Este bolo fiz com uma laranja que se chama Navel. Nunca a havia visto antes é deliciosamente doce e lembra muito a uma mixirica, mas é mesmo uma laranja. Descobri que é uma mutação de uma variedade de laranja que era cultivada em um monastério no Brasil lá nos idos de 1820. Tem este nome porque tem como um “umbigo” (navel, em inglês) em uma de suas extremidades que na verdade é uma outra laranja atrofiada. Nas minhas não percebi esta aberração, mas apenas o cheiro cítrico delicioso e doce.

orange cake, orange-cake, doce, lanche, receita da vovó Se foto tivesse cheiro…

Em tempo: esta receita aprendi com uma grande amiga chef de pasteleria em Londres. Fui a sua casa uma tarde e enquanto conversávamos na cozinha sem que eu percebesse ela fez este bolo. Viu como é rápido e fácil?

Bolo de laranja da Geisa

1 laranja grande (+/- 225gr)

1 xícara de óleo

3 ovos

2 xícaras de açúcar

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher de chá de fermento em pó

Pré aqueça o forno a 180 graus. Unte uma forma para bolos.

Corte a laranja em 4. Retire as sementes. No liquidificador bata a laranja, óleo e os ovos por 3 minutos.

Em uma tigela peneire a farinha, o açúcar e o fermento. Adicione a mescla de laranja e misture bem, mas sem bater.

Assar por 30 minutos ou até que um palito saia limpo.