Releitura 80’s: Pavê de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas Vermelhas

Pave de Frutas VermelhasHá alguns dias, recebi alguns amigos queridos para almoçar aqui em casa. Com uma barriga de 9 meses, a preguiça ataca e a gente acaba querendo muita praticidade.

Para combinar com o sol e a piscina, optei por um galeto de televisão de cachorro (é…eu tenho uma e AMO!!!!!!) com legumes -mini batatas, cebolinhas, cenoura e beterrabas orgânicas – dourados na gordura e no tempero do próprio galeto com raminhos de alecrim. Foi só colocar no forno e curtir os amigos.

Para acompanhar este almoço, queria uma sobremesa leve e frugal. Lembrei-me de uma receita que aprendi no meu primeiro curso de culinária, aos 9 anos de idade… nem vou comentar quanto tempo faz.

Convidei minha filhota para fazer comigo e dei uns toques mais atuais. Foi o maior sucesso!

 

Receita de Pavê de Frutas Vermelhas – Releitura do Pavê de Morangos:

– 2 pacotes de biscoito champanhe.

– 2 caixas de morangos frescos

– 200g de framboesas congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis e bem mais caras…)

– 150g de amoras congeladas (as frescas são ótimas, mas nem sempre disponíveis…)

– 3/4 de xícara de açúcar mascavo

– 40ml de licor de laranja (Cointreau por exemplo)

– 500ml de creme de leite fresco

– 1/2 xícara de açúcar de confeiteiro

– raspas de uma laranja bahia

Modo de Preparo:

1- Macerar as frutas já limpas e picadas grosseiramente, com o açúcar mascavo e acrescentar o licor. Reservar.

Pave de frutas vermelhas preparo2- Na vasilha que você servirá o pavê, dispor o biscoito, cobrindo o fundo, colocar um pouco das frutas, com o caldo sobre estes biscoitos, cobrindo-os cuidadosamente. Repetir o processo, deixando 2 camadas de cada. Reservar.

3- Na batedeira, bater o creme de leite em ponto chantilly, acrescentando o açúcar branco aos poucos para incorporá-lo bem.  – Nota: Cuidado para não virar manteiga – é só bater bem velocidade média até ficar firme. Acrescentar as raspas de laranja.

4- Dispor o chantilly sobre o pavê. Você pode colocar uma camada uniforme ou, como eu, utilizar um saco de confeitar com bico pitanga. Fica a seu critérios…

Voilá! Leve para a geladeira até a hora de servir e vá curtir seu dia!

Fim de semana relax com suflê de bacalhau!

souflê de bacalhau

souflê de bacalhauSabe aquele mês que é uma loucura? Pois é, acabei de passar por um… muito trabalho (tks god!), minha ajudande de férias, eu e minha filha pegamos 1 semana de gripe, início de férias da pequena, viagem pra lá, viagem pra cá… loucura, loucura, loucura!!!! Mas, nada de lamentação, foi um mês bom demais da conta (fora a gripe que ninguém merece!!!!). Só estou mais elétrica que nunca!!!!

É só parar um pouquinho que apago! Sabe quando acaba a bateria de algum brinquedo? É assim que estou ultimamente. Por isso (é aí que vc e o nosso blog entram na história), quando chega o fim do dia ou o fim de semana, quero comer coisas gostosas, mas quero sossego…

Esta receita é para estes momentos! Muitas vezes a faço como prato único, apesar de ser uma excelente entrada ou acompanhamento. Mas nestes dias corridos é só ela e uma saladinha verde!

Perfeita! Se a sua semana estiver como a minha, vale o teste!!!

PS: Este suflê fica super alto, bem bonito, mas no dia da foto, quando já estava colocando-o na forma, minha ajudante pediu um só para ela, então tive que retirar um pouco da massa. Não quis esperar mais para dividí-la com vcs… então perdoem-me pela foto!!!

Receita de Suflê de Bacalhau

Serve 4 porções

Ingredientes:

– 70g de manteiga sem sal

– 70g de farinha de trigo

– 500ml de leite

– 4 gemas

– 4 claras em neve

– sal e pimenta à gosto

– noz moscada à gosto

– 400g de bacalhau dessalgado

– 50g de azeitonas pretas em rodelas

– cheiro verde a gosto

Modo de Preparo:

1- Fazer um molho bechamel, colocando em uma panela a manteiga e a farinha, refogá-la até virar uma massinha de cor dourada clara (roux).

2- Em seguida, acrescentar o leite aos poucos enquanto mistura para formar um creme. Temperá-lo com sal, pimenta e noz moscada. Deixar esfriar.

3- Com o molho bechamel já morno, acrescentar as gemas misturando sempre.

4- Em seguida acrescentar o bacalhau, azeitonas e cheiro verde.

5- Bater as claras em neve. Acrescentar 1/3 dela à mistura do souflê, mexendo suavemente até incorporá-la por completo.

6- Acrescentar o resto das claras e repetir o processo até ter um creme uniforme.
7- Colocar em uma forma untada (encher até ¾ da forma). Levar para assar em forno pré-aquecido a 220 graus por cerca de 10 a 15 minutos.

8- Servir imediatamente!

Bom apetite e ótimo fim de semana!

Deus salve as Quiches!!!

Quiche

QuicheEstou recebendo visitas de longe ao longo desta semana e acabei tendo que bolar um cardápio prático e gostoso para a turma. Não queria passar o dia na cozinha, optei por pratos fáceis de fazer ou que pudessem ter o preparo antecipado.  E na hora de fechar a lista, não pude resistir, tive que incluir uma quiche! Simples, rápida e muuuuito gostosa!

Na verdade, fiz mini quiches que ficaram bem bonitinhas e dava para comer em uma bocada só!

Fiz duas opções de recheio: uma de alho poró e outra, lorraine, mas as possibilidades são infinitas e vc sempre pode inventar o seu sabor!

Confira e receita abaixo:

Receita de Quiche

Massa (utilizei uma receita tradicional de massa brisée, que pode ser utilizada em outras tortas salgadas e doces)

– 2 xíc. de farinha

– 2 gemas

– 1 pitada de sal (se vc for fazer uma massa para torta doce, acrescente 1col. de sobremesa rasa de açúcar)

– 3 col. (sopa) cheias de manteiga

Recheio base

– 300g de queijo meia cura (o da sua preferência – eu utilizo o queijo minas padrão)

– 100g de queijo gruyere

– 100g de queijo parmesão

– 500ml de creme de leite fresco (pode-se utilizar o de caixinha, mas eu prefiro o resultado com o fresco)

– 100g de requeijão cremoso

– 200ml de leite

– 4 ovos

– nóz moscada (eu ponho muita!!!), pimenta do reino branca e sal a gosto (importante colocar o sal somente depois de bater esta mistura, pois o queijo já é bem temperado, muitas vezes, nem precisa colocar mais sal)

Recheio alho poró: 3 alhos porós picados finamente em rodelas

Recheio Lorraine: 200g de bacon picado em cubos bem pequenos e fritos em frigideira no fogo baixo até ficarem bem dourados. Deixar escorrer e secar. / 1 cebola picada em cubos bem pequenos.

Modo de preparo:

Massa: Misturar todos os ingredientes com as pontas dos dedos até a massa ficar homogênea. Deixar descansar por 25 minutos. Depois abrir a massa em uma forma redonda de 23 a 25cm. Fazer uns furinhos com o garfo para ela não subir (ou colocar grãos sobre ela) e pré-assá-la em forno pré-aquecido a 200 graus por 10 minutos ou até ficar levemente esbranquiçada.

Recheio base: Bater no liquidificador todos os ingredientes, exceto os temperos (sal, noz moscada e pimenta do reino branca) que vc acrescentará depois de colocar o complemento do sabor (alho poró, lorraine etc).

Após obter um creme uniforme, misturá-lo com uma espátula, incorporando o alho poró ou a cebola e bacon, ou o ingrediente do sabor que você quiser fazer.

Virar esta mistura na massa pré-assada e levá-la ao forno pré-aquecido a 200 graus por 30 minutos ou até começar a ficar dourada por cima.

Está pronta!

Dica 1: Sirva com uma salada de folhas e com umas fatias de salmão defumado ou roast beef.

Dica 2: Se vc quiser congelar esta quiche, retire do forno um pouco antes de dourar e quando for servir, termine o processo.

Foto da versão tamanho família com um salmão maravilhoso! Post esta receita depois…

Quiche de alho poró