Arroz de Bacalhau da preguiça

Esta é a receita da preguiça!

Sabe aquele dia que você não quer fazer nada além de relaxar e curtir preguiça. Mas também não quer deixar de comer alguma coisa gostosa?

Então, para este dia, basta ter um bacalhau dessalgado congelado, e voilà!

Almoço especial pronto!

Filme produzido pela Frame22, receitas deste blog aqui. Feito com carinho para a Casa&Video, onde você encontra todos os utensílios usados aqui.

Taças de delícia de maçã para surpreender!

Estas taças são super fáceis de fazer e incrementam qualquer almoço.

Experimente e apaixone-se! Só de assistir já me deu vontade de fazer de novo. E quer saber o melhor? Você já deve ter todos os ingredientes em casa!

As receitas destes vídeos, como disse no post anterior, foram desenvolvidas e executadas por mim.

O filme foi feito pela equipe da Frame22.

Tudo isso com bastante carinho para o projeto da Casa&Video. Todos os utensílios estão à venda no site deles. Passa lá e confira!

Ah! E não deixe de experimentar esta receita!

Sorvete de manga e maracujá

 

Como presente de aniversário, ganhei este lindo projeto para fazer. Fiquei estasiada!

Ansiosa mesmo para botar a mão na massa…

Depois de algumas semanas de planejamento, orçamento, aprovação. Voilà! Tudo pronto e as filmagens foram marcadas exatamente na véspera do meu aniversário. Presente melhor eu não podia ter!

Não foi fácil. A trabalheira é maior que eu imaginava. Mas foi incrível participar deste projeto deste o início.

Obrigada à Frame22 pela beleza dos filmes que fizeram. Obrigada à Casa&Video pela oportunidade de ajudá-los a ativar seu e-commerce!

À propósito, todos os utensílios usados nestes vídeos estão à venda lá no site deles. Clica aí!

Agora vamos à receita…

Esta receita é uma delícia!

Mas como foi a primeira que filmamos, confesso que a aparência final do sorvete não condiz com a cremosidade e textura que ele tem.

Sempre que faço este sorvete de manga com maracujá aqui, é sucesso total!

O mais legal é que ela não leva açúcar. Apenas o doce da manga bem madurinha. Experimente!

Minha dica especial: congele os cubos de manga antes de processá-los. O sorvete já sairá com a textura ideal!

yummmy!

Leite de coco fresco feito em casa! Tchau conservantes!

Eu sei que não é sempre que temos tempo, mas, sempre que possível, gosto de fazer o leite de coco fresco em casa. Dá outro sabor às suas receitas, além de ser bem mais saudável!

É tão fácil de se fazer que você irá se apaixonar.

Ah! E descobri que você pode congelar para usar naqueles dias de correria…

Então, vai lá! Anime-se e mãos à obra!

 

Ingredientes:

  • 1 coco maduro (se você quiser comprar o coco fresco na feira, já descascado, fica mais simples ainda! Utilize 2 xícaras do coco fresco ralado, aumente a quantidade de água morna para 600 ml e pule para o item 5 do modo de preparo.)
  • água do próprio coco
  • 500ml de água morna
  • Você também precisará de: uma peneira ou um pano de algodão tipo fralda

 

Modo de preparo:

1- Tirar a água do coco (eu furo com um saca-rolha)

2- Queimar a casca dura do coco (eu coloco direto em uma trempe do fogão)

3- Soltar o coco da casca e retirar aquela pele fina marrom

4- Lavar o coco em água corrente, apenas para tirar as marcas escuras.

5- Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater bem.

6- Coar em uma peneira ou pano de algodão e está pronto!

7- Utilize imediatamente ou congele  para usar no dia mais apropriado!

8- A polpa que sobrou, você pode congelar ou utilizar na sequência para um bolo como este de Mandioca com coco aqui!

Este leite de coco que fiz  foi para uma receita deliciosa de camarão um amigo meu. Mas isso já é outra história…

Pudim de pão com chocolate branco e calda de frutas vermelhas

Pudim de pão com chocolate brancoOntem, eu e minha irmã de coração fomos a um bistrô de uma tradicional loja de departamentos aqui na Flórida. O nosso objetivo era claro: comer a “white chocolate bread pudding” deles, O toque do chocolate branco com frutas vermelhas, a torna ainda mais convidativa…

A Jú é apaixonada por esta sobremesa e por isso já havia experimentado e testado as melhores daqui.

Ela já fez e testou esta receita que pode ser feita e congelada já fatiada. Assim, você fica com uma sobremesa maravilhosa e pronta para emergências.

No Brasil, a gente não tem o hábito de fazer muitas sobremesas com pães. Mas, sugiro que experimente esta e depois coloque a imaginação para funcionar: outras caldas, raspinhas de laranja, chocolate amargo… enfim, o seu toque pode transformar o pão nosso de cada dia em uma sobremesa nova e muito saborosa!

Esta receita que coloco aqui, é deste bistrô que visitamos (N bistrot, na loja Nordstrom), mas já com as nossas adaptação. Coloco o link da receita original, caso queiram experimentar também. Mas te garanto que a nossa fica melhor: mais calda de frutas vermelhas e um pouco menos de gemas!!!! ; D

Mais uma observação, a foto é da que comemos no bistrô, pois muita gente estava pedindo a receita para testar e, sinceramente, não estou podendo me acabar de comer estas delícias… projeto verão 2016… mas isso é outra história…

Bon appétit!

Pudim de Pão com Chocolate Branco e Frutas Vermelhas
Print
Para o pudim
  1. - 5 colheres de manteiga sem sal derretida (3 serão para a finalização na hora de servir)
  2. - 4 xícaras de creme de leite fresco
  3. - 2 xícaras de leite
  4. - 1 xícara de açúcar
  5. - 3 e 1/2 xícaras de chocolate branco (em gotas ou picados)
  6. - 6 ovos grandes e mais 6 gemas de ovos
  7. - 1 colher de chá de essência de baunilha (se você puder utilizar, utilize uma fava raspada, fica mais legal)
  8. - 1 pão de rabanada ou uma baguete de qualidade (é importante que seja adormecido), cortado em fatias grossas de cerca de 2 cm. Você também pode fazer com brioche. Escolha um pão de qualidade boa pois isso influenciará a sua receita!
  9. Para a Calda de Frutas Vermelhas
  10. - 1/2 xícara de água
  11. - 1/2 xícara de açúcar mascavo
  12. - 2 colheres de chá de raspas de laranja
  13. - 3,5 xícaras de frutas vermelhas congeladas ou frescas (eu gosto de colocar morangos, mirtilos, amoras e framboesas)
  14. - 0,5 xícara de cereja em calda com a calda (Se você puder colocar as frescas melhor, aí acrescente mais 1/2 xícara de açucar e uma dose de rum)
Para a calda de Chocolate Branco
  1. - 1/2 xícara de creme de leite fresco
  2. - 1 xícara de chocolate branco (gostas ou picados)
  3. Guarnição: raspas de chocolate branco, frutas frescas (opcional) e folhas de hortelã
  4. Utensílios: forma e papel manteiga
Instructions
  1. 1.Preaquecer o forno à 180 graus. Cubrir uma forma retangular com papel manteiga e untar com duas colheres de sopa da manteiga derretida (reservar o resto da manteiga).
  2. 2. Misturar o creme de leite, o leite e o açúcar em uma panela. Levar ao fogo médio até aquecer. Retirar do fogo, misturar o chocolate até derreter. Reservar e deixar esfriar.
  3. 3. Misturar os ovos, gemas e essência ou fava de baunilha. Aos poucos, virar a mistura de creme já morna nos ovos , mexendo até ficar homogêneo e bem misturado (se o creme estiver quente os ovos cozinham e talham).
  4. 4. Colocar metade das fatias de pão na forma preparada . Verter a metade da mistura sobre pão e deixar que o líquido penetre bem. Colocar o resto do pão por cima e despejar o resto da mistura. Pressionar um pouco os pães até absorver bem o líquido. Cobrir com papel alumínio.
  5. 5. Levar ao forno e assar por uma hora. Descobrir e continuar a assar até que o líquido no centro tenha evaporado e o pudim dourar (cerca de 30 minutos) . Desenformar sobre uma grade. Deixar esfriar.
  6. 6. Cortar o pudim em seis retângulos (cerca de 5 x 8 cm mas pode variar de acordo com o tamanho da forma). Em seguida, corte cada retângulo em dois triângulos.
  7. Após esta etapa, você pode optar por finalizar e servir na hora ou congelá-los separando-os individualmente com papel manteiga ou filme e finalizar depois.
Para a calda de frutas vermelhas
  1. 1. Colocar todos os ingredientes, exceto as framboesas para cozinhar em fogo médio. Quando engrossar um pouco (ponto de calda grossa), acrescentar a framboesa misturando delicadamente para não desmanchar. Desligar e reservar.
Para a calda de chocolate branco
  1. 1- Aquecer o creme de leite em fogo médio. Quando estiver quente, desligar e acrescentar o chocolate. Mexer até obter uma mistura homogênea. Reservar.
No momento de servir
  1. 1. Preaquecer o forno a 180 graus. Untar uma folha de papel manteiga e colocar os triângulos sobre ele. Pincelar com o restante da manteiga derretida. Assar até dourar (aproximadamente 12 minutos).
  2. 2. Colocar um triângulo em cada prato. Regar com a calda de chocolate. e por cima colocar a calda de frutas. Você pode decorar com raspas de chocolate, frutas frescas e folhas de hortelã.
Notes
  1. 1. Não utilise cobertura de chocolate, elas tem muita gordura vegetal. Opte para o que está escrito chocolate apenas.
  2. 2. Você pode usar um descascador de legumes para cortar as fitas a partir de um pedaço de chocolate branco.
Adapted from Letícia Villela e Juliana Ortega
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Natal à brasileira com sobremesa de cupuaçu!

Creme de Cupuaçu com castanha do para Natal

É Nataaal!!!!

Creme de Cupuaçu com castanha do para Natal

 

 Sabe quando os dias já tem cheirinho de natal? Aqui em casa (ato falho: na casa dos meus pais) já está neste clima. Todos mais festivos, mais animados, mais amorosos. Da cozinha, vem aromas que me fazem viajar em minhas memórias. Encontros com os amigos, visita à familiares. Tudo me faz ter um fascínio especial por este período. Estar em Belo Horizonte me encanta mais ainda. Engraçado como estranhamente no meu coração tenho certeza que não volto a morar aqui, mas me sinto revigorada a cada volta. São as montanhas…

E sempre falta tempo.

Pela primeira vez na minha vida, não passarei o Natal aqui. É estranho. Quebra de paradigmas. Sou piegas. Achei estranho. Mas será bom. : /

Por sorte – foi mais por coincidência que por juízo – conseguimos nos reunir neste fim de semana anterior. Foi um Natal antecipado.

Uai! Tá ficando bom: 2 Natais em uma semana. Troca de presentes, piadinhas sem graça, e uma bela ceia. Tudo como deve ser.

Quem diria… não foi desta vez que não tive Natal em BH. Tive, mesmo que na data errada.

Para brindar esta época tão especial, divido com você a sobremesa que servimos neste encontro. Algo bem brasileiro e delicioso: Creme de Cupuaçu com Castanhas do Pará. Ouse. MUde. Quebre seus paradigmas. Mas não mude a essência. Não mude data do Natal, faça esta sobremesa! : D

Boas festas!!!

Creme (ou sorvete) de Cupuaçu com Castanhas do Pará
Print
Ingredients
  1. - 5 pacotinhos de polpa de cupuaçu
  2. - 1 xícara de açúcar
  3. - 2 latas de leite condensado
  4. - 3 latas de creme de leite sem soro
  5. - 100g de castanha-do-pará picadas finamente
Instructions
  1. 1- Colocar a polpa e o açúcar em uma panela e levar ao fogo brando para cozinhar por cerca de 20 minutos até soltar da panela como brigadeiro mole. Ele fica com o tom levemente dourado. Colocar para esfriar.
  2. 2- Despejar o leite condensado e creme de leite em uma batedeira ou liquidificador. Acrescentar o doce de cupuaçu já frio. E bater até ficar um creme firme.
  3. 3- Despejar na vasilha que você servirá e salpicar castanha-do-pará.
  4. 4- Levar à geladeira até a hora de servir.
Notes
  1. 1- Você pode utilizar o doce de cupuaçu já pronto se for fácil em sua região.
  2. 2- Você pode aumentar a quantidade de castanhas-do-pará e alternar as camadas: doce, castanha, doce, castanha. Vasilhas individuais dão um charme especial.
  3. 3- Neste calor, leve este creme ao congelador. Ele virará um sorvete especial!
Adapted from Receita da D. Alfa, vizinha da minha mãe em BH
Adapted from Receita da D. Alfa, vizinha da minha mãe em BH
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

Chutney de Manga com Damascos para presentear amigos e para perfumar sua ceia de Natal!

Chutney de Manga

Chutney de MangaPromessa de Mamãe Noel é dívida! Conforme prometido e dando continuidade às nossas dicas de presentes e receitas especiais para as festas de fim de ano, hoje a dica é esta receita de Chutney de Manga super fácil e que dá um toque especial à sua ceia ou pode ser um ótimo presente para aqueles que você ama!

Se você nunca fez chutney, sugiro que experiemente esta receita. Acredito que você entrará no maravilhoso mundo das conservas! Práticas, saborosas e curingas!!!

Este chutney é um acompanhamento maravilhoso para o tender fizemos aqui e combina muito com pratos mais picantes, como os com curry, carnes de porco. Funciona até mesmo como acompanhamento de queijos. É realmente super versátil!

Sucesso garantido. Experimente e compartilhe!

Nesta receita, substituí a tradicional uva passa por damasco picadinho. Mas você pode utilizar o que estiver disponível  na sua dispensa. Eu gosto muito do sabor que o damasco acrescenta.

Boas Festas!

Chutney de Manga e Damascos
Print
Ingredients
  1. 2 mangas palmers
  2. 6 damascos secos
  3. 1 cebola
  4. 1 dente de alho
  5. 1 pimenta dedo de moça
  6. 2 colheres sopa de gengibre ralado
  7. 1 rama pequena de canela
  8. 1 anis estrelado
  9. 2 cravos da índia
  10. 1/4 de xícara de açucar mascavo
  11. 1/4 de xícara de vinagre de maçãs
  12. 1/4 de xícara de água
  13. Sal e pimenta do reino
Instructions
  1. 1- Picar as mangas, damascos, cebola, alho e pimenta em cubinhos pequenos.
  2. 2- Colocar todos os ingredientes em uma panela e levar ao fogo médio para cozinhar até obter uma textura próxima à geléia.
  3. Está pronto!
  4. Se for presentear, coloque em vidros previamente lavados e esterelizados. Eles podem durar cerca de 3 meses.
Notes
  1. Você pode dosar a pimenta conforme seu paladar. Aqui em casa adoramos pratos picantes, mas esta quantidade deixa com um nível médio.
  2. Para esterelizar os vidros, forrar o fundo de uma panela com um pano de prato limpo, colocar os vidros, encher de água de deixar ferver por cerca de 15 minutos nesta água abundante. Escorrer e colocar o chutney.
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/

 

Quem nunca quis fazer picadinho, que jogue a primeira panela!

Picadinho indiano

Não… não vamos falar sobre momentos de fúria. Tão pouco sobre o tradicional picadinho, super comum nos almoços dos brasileiros, principalmente dos cariocas.

Este picadinho é importado! Alguns chamam de picadinho marroquino outros de indiano. Mas na prática, é uma receita com sabores bem brasileiros. Sua origem desconhecida deve ter sido uma inspiração nas mesas fartas destes países, mas adaptada à realidade brasileira. O importante é que o picadinho indiano é um sucesso com adultos e crianças. Ótima sugestão para aquele almoço despretencioso entre amigos. E tenha certeza: nunca haverá um picadinho igual ao outro. Logo, logo, você acrescentará algum item.

Eu fui apresentada à receita na casa da mãe de uma grande amiga de Curitiba. Por várias vezes, eu – que estava longe da família, ia filar o almoço de domingo. E, como em toda casa cheia, a solução tinha quer ser saborosa e prática. Lá a receita era nomeada: Picadinho Marroquino.

Anos depois, descobri que um tal de Picadinho Indiano era um dos sucessos da casa da minha sogra. A receita tinha o mesmo conceito da casa da minha amiga, mas já com suas variações.

Aqui postarei a receita da minha sogra, já com as minhas adaptações. Mas saibam de antemão que por várias vezes já a mudei. Tudo depende do que você tem em casa, do seu humor e uma super ideia: dos complementos dos convidados. Uma vez fizemos com uns amigos e foi super legal, pois cada um levou um item diferente.

Enfim, vamos ao que interessa!  

 picadinho indiano complementos

Picadinho Indiano
Print
Ingredients
  1. - 700g de carne moída
  2. - 2 cebolas (1 para refogar a carne e outra para servir) picada miudinha
  3. - 2 dentes de alho picados miudinhos
  4. - curry a gosto
  5. - 12 espetinhos de frango (você pode fazer o espetinho em casa se preferir com peito de frango cortado em cubos, marinado em uma mistura de iogurte, sal, pimenta do reino, páprica ou curry)
  6. - 8 ovos cozidos (cozinhe por 3 minutos a partir da fervura e mantenha na água quente, com fogo desligado por 10 minutos para a gema ficar amarelinha).
  7. - 1 maço de cheiro verde picadinho bem miudinho.
  8. - 100g de azeitonas verdes picadas miúdas
  9. - 150g de chutney de manga
  10. - 250g de amêndoas laminadas
  11. - 150g de queijo parmesão ralado
  12. - 200g de coco ralado
  13. - 4 tomates picados em cubinhos
  14. - 1 pimentão picado em cubinhos
  15. - 150g de passas
  16. - 300g de bacon fatiados e picados bem miudinhos
  17. - 8 bananas caturras ou da terra fatiadas e grelhadas
  18. - 1/2 abacaxi picado miudinho
  19. - 1 e 1/2 xícara de molho Satay - é um deliciosomolho de amendoim (½ xic de pasta de amendoim, 1 colher shoyu, 1 colher de melado de cana, 1 colher de óleo de gergelim tostado, 4 colheres de leite de coco, sal a gosto. Misture tudo até ficar com consistência cremosa e homogênea)
  20. - 2 xícaras de arroz ou couscous (cozinhar da forma tradicional)
Instructions
  1. 1- Refogar a carne com a cebola e o dente de alho. Reservar.
  2. 2- Preparar o arroz ou o couscous de forma tradicional. Reservar.
  3. 3- Pegar os ovos já cozidos, separar clara da gema. Passar as gemas por uma peneira para que fiquem miudinhas. Reservar em um potinho. Pegar as claras e picar miudinho. Reservar.
  4. 4- Picar todos os itens conforme descrito. Colocar cada item em um potinho para ir à mesa (isso inclui a carne e arroz).
  5. 5- Na hora de servir, grelhar os espetinhos.
  6. 6- Levar tudo à mesa.
  7. 7- Cada um se serve com o que quiser e como quiser. A dica é fazer uma montanha, começando pelo arroz (ou couscouz), carne e complementos. Fica bom demais!!!!
Notes
  1. Você pode substituir itens. Por exemplo, trocar a amêndoa por amendoim ou pistache.
  2. Ouse: coloque outros itens que você acha que podem combinar!!!
  3. Ah! E você pode preparar boa parte dos itens com antecedência.
Adapted from Letícia Villela
Adapted from Letícia Villela
Memórias Gastronômicas http://memoriasgastronomicas.com.br/